A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Games Top

Os games de corrida para smartphones mais bacanas da atualidade – parte 2

Se você é entusiasta (o que é provável) e tem um smartphone (o que também é provável), certamente você já gastou alguns minutos, ou mesmo um dia inteiro, jogando algum game de carros – hoje em dia, dá para levar um punhado deles no bolso.

Pensando nisso, perguntamos a nossos leitores quais são os games de carros e corridas mais legais que um gearhead pode ter no celular. Nossa sugestão foi o completaço Real Racing 3 por seus gráficos, som e jogabilidade – ainda que com ressalvas por conta de seu esquema free-to-play –, e vocês também deram ótimas sugestões na primeira parte desta lista. Agora, vamos à segunda!

Asphalt 8: Airborne

Sugerido por: Rodrigo Piasecki

Quando foi lançado, em 2013, para iOS e Android, Asphalt 8 cativou logo pelos gráficos caprichados, pela boa quantidade de carros licenciados (eram 47 no início, mas o número subiu para 182 depois dos updates) e pela jogabilidade simples e divertida: trata-se de um arcade clássico com a adição de rampas para manobras – que são uma forma de conseguir pontuação extra.

Boa parte do conteúdo de Asphalt 8 é gratuito, mas para conseguir alguns carros – como o Ford Mustang 2015 ou o Mercedes-Benz SLS AMG Final Edition –, é preciso gastar dinheiro de verdade ou vencer eventos disponíveis por tempo limitado. Por outro lado, os desenvolvedores continuam a atualizar o game com novos recursos. O mais recente foi a adição dos Blueprints, diagramas usados para “construir” alguns carros em vez de comprá-los.

 

Need for Speed: Most Wanted

Sugerido por: HotRod

port para Android e iOS de Need for Speed: Most Wanted (a versão de 2012) ficou muito bem feito. O game, que foi lançado primeiro para PC e trazia uma mistura das perseguições policiais dos clássicos com as corridas de rua e modificações dos títulos do início dos anos 2000, foi um dos últimos a ser realmente bem recebidos pela crítica e pelo público.

Nos smartphones, o port da Electronic Arts ganhou gráficos realmente caprichados, exigindo uma plataforma relativamente poderosa para rodar sem soluços. No mais, o preço de apenas R$ 0,99 para Android é uma bela pechincha. Para iOS, o preço é de US$ 5, ou cerca de R$ 15.

 

GT Racing 2

Sugerido por: Vinícius

GT Racing foi a resposta da Gameloft ao sucesso de Real Racing, da EA Games, e uma forma de oferecer algo mais realista como alternativa a Asphalt, o arcade da desenvolvedora. Não faltam comparativos entre Real Racing 3, de 2013, e GT Racing 2, lançado em 2014, na internet. A jogabilidade de GT Racing 2 é, no geral, mais amigável e o game conta com mais carros disponíveis desde o início – 81 modelos de 37 fabricantes diferentes. São 13 circuitos, incluindo locações do mundo real.

Com uma boa trilha sonora e jogabilidade mais fácil, GT Racing 2 peca no mesmo ponto que Real Racing 3: conteúdo pago. Só gastando dinheiro de verdade é possível comprar todos os carros, o que pode ser frustrante para quem não curte “trapacear”.

 

Asphalt Xtreme

Sugerido por: nós mesmos

O mais recente título da série Asphalt é XTreme, lançado no fim do ano passado. O conceito é o mesmo de Asphalt 8: Airborne, exceto que não há, bem asfalto. Contradizendo o próprio título da franquia, Asphalt: XTreme é um game off road, com obstáculos em estradas de terra, lama e neve. Lembra do clássico Test Drive: Off Road? É mais ou menos a mesma coisa: você disputa corridas fora-de-estrada em um grid misto de carros de rallycross, picapes, SUVs, Buggies e até muscle cars. E todos são licenciados, do Ford Fiesta ST ao Dodge Challenger SRT8.

De início, estão liberados 35 carros, cada um deles com características diferentes – carros maiores e mais pesados não conseguem realizar manobras muito elaboradas, por exemplo. Os circuitos são baseados em locações reais ao redor do planeta.

 

 

Motorsport Manager Handheld

Sugerido por: Felipe Sarkis

Motorsport Manager é um simulador diferente. Em vez de pilotar carros de corrida, o game te coloca na pele de um chefe de equipe, e você é responsável por contratar pilotos e mecânicos, desenvolver os carros, fechar contratos com patrocinadores, investir na infra-estrutura de sua sede e, literalmente, muito mais. É uma simulação extremamente profunda e cheia de nuances e, apesar de jamais te colocar ao volante, consegue transmitir a emoção e a pressão de uma corrida de verdade. O game te coloca em situações verdadeiramente cabeludas como, por exemplo, decidir entre chamar um pit-stop para trocar um câmbio com defeito ou arriscar terminar a corrida assim mesmo, correndo o risco de irritar seu piloto e perder pontos valiosos no campeonato.

É uma versão mais flatouter daqueles games em que você é o técnico de uma equipe de futebol, e um sucesso desde 2014, quando foi lançado para iOS e Android. Na verdade, Motorsport Manager foi tão bem recebido que até recebeu um port para Windows no fim de 2016.

 

SBK16

Sugerido por: Francisco Neto

Não é um game de carros, mas SBK16 é um belo simulador de corridas de moto para Android e iOS. O game da Digital Tales tem bons gráficos, pilotos e equipes reais e circuitos de verdade, jogabilidade correta e uma boa trilha sonora. Além de contar com o modo carreira, no qual você precisa disputar toda a etapa 2016 do Campeonato Mundial de Super Bike, SBK16 tem os modos de corrida rápida e desafio. E basicamente é isto.

Reviews do game criticaram SBK16 por não ter modo multiplayer (nem offline, nem online), mas elogiaram pelo fato de ser totalmente gratuito, com a opção de pagar para retirar os anúncios – ainda que seja possível fazê-lo vencendo o Test Mode. Um game honesto, divertido e de graça? Para nós, ótimo!

 

Horizon Chase

Sugerido por: S30Zenzow

Já falamos deste game aqui: Horizon Chase é como uma versão atualizada de Top Gear para smartphones, com trilha sonora retrô (composta pelo mesmo cara que fez a trilha do clássico), uma boa seleção de carros e quase 80 circuitos diferentes. Os gráficos são coloridos e bem feitos, assim como a jogabilidade, que é corretíssima. O fator nostalgia fala alto, mas Horizon Chase também é um bom game por si só, daqueles que a gente só larga quando consegue terminar. E, uma das coisas mais bacanas: é 100% desenvolvido no Brasil. Você pode ler mais a respeito aqui!

 

Matérias relacionadas

I believe I can fly: as mais bonitas, icônicas ou insanas asas traseiras da história

Dalmo Hernandes

Especial simuladores de corrida, pt.1: a chave para conseguir pilotá-los

Juliano Barata

Anti-Super Trunfo: os carros que são divertidos mesmo sem números impressionantes – parte 1

Dalmo Hernandes