FlatOut!
Image default
Projetos Gringos Vídeo

Fúria Wankel: pegue uma carona épica com o Mazda 767B em Spa-Francorchamps

Entre os dias 16 e 18 de maio aconteceu o Spa Classic, um daqueles eventos que acontecem todo ano, e todo ano conseguem nos deixar embasbacados, boquiabertos, estonteados e todos os adjetivos similares. Neste ano, por exemplo, o Mazda 767B deu algumas voltas com outros protótipos pelo circuito belga de Spa-Francorchamps, que é um dos mais desafiadores do mundo — e o resultado é esse onboard alucinante!

Não há como não esboçar alguma reação diante do ronco alto, rouco e agudo do motor Wankel de quatro rotores. Os rotativos Wankel são famosos por sua altíssima potência específica — com apenas 2,6 litros de deslocamento, o motor do 767B entregava 600 cv. Neste vídeo, ele está liberando toda a sua fúria nas mãos dos pilotos Max e Moritz Werner:

Spa-Francorchamps é traiçoeiro — especialmente por causa das curvas Eau Rouge e Blanchimont —, mas o 767B e seu piloto o enfrentaram com muita desenvoltura. O carro chegou em sétimo na corrida de longa duração, competindo ao lado de outros protótipos de diferentes épocas.

O Spa Classic é promovido pela Peter Auto, companhia especializada em corridas de clássicos. Apesar de a primeira edição ter acontecido só há três anos, em 2011, O Spa Classic já é um dos eventos mais importantes do circuito de Spa, e reúne verdadeiras lendas sobre rodas das últimas década. A principal atração são as corridas de longa duração para carros de corrida clássicos — de turismo, monopostos ou protótipos.

Por incrível que pareça, o 767B não conseguiu resultados muito expressivos em seu tempo. Nas 24 Horas de Le Mans de 1988, os dois carros inscritos chegaram apenas em 17º e 19º. No All Japan Sports Prototype Championship daquele ano, as coisas foram um pouco melhores: a Mazda conseguiu o quarto lugar no campeonato de construtores. No ano seguinte, o carro competiu em Le Mans novamente — novamente com duas unidades, que terminaram em 7º e 9º.

mazda787b (1)

Em 1990, o carro foi atualizado e se transformou no 787B, é um dos maiores ícones do automobilismo mundial. O 787B se destacou por ser mais potente — o motor entregava pelo menos  700 cv — e por ser um vencedor, chegando em primeiro nas 24 Horas de Le Mans de 1991, com os pilotos Johnny Herbert, Volker Weidler e Bertrand Gachot revezando ao volante.

Foi a única vez na história que um carro japonês com motor sem pistões reciprocantes venceu as 24 Horas de Le Mans, mas foi o suficiente para que o carro laranja e verde entrasse para a história.

Matérias relacionadas

Brasil Game Show 2015: Need for Speed, Project Cars a 12K e… um estranho no ninho

Juliano Barata

O ronco deste Alfa Romeo Giulia Super é o melhor “bom dia” que você vai ouvir hoje

Dalmo Hernandes

Isto é um Porsche Boxster transformado em um 356 Speedster. Você teria um?

Dalmo Hernandes