A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Pilotos da F-Truck se recusam a disputar a temporada 2017, polícia descobre esquema de fraude em 250.000 veículos em Brasília, Honda ZSX aparece em forma de roadster e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Maioria de pilotos da Truck se recusa a participar de campeonato neste ano

SIND_027

Um grupo formado por nove equipes e seus respectivos pilotos do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck divulgou um comunicado nesta quinta-feira (9), dizendo que seus integrantes não participarão da temporada deste ano da categoria. O motivo é um conflito entre equipes e organizadores da F-Truck.

Segundo o comunicado, há um “conflito de ideais, falta de diálogo entre organização e equipes, incerteza de chancela do evento pelo órgão competente e falta de calendário prévio”. Nesta temporada, por exemplo, o calendário oficial foi divulgado somente na segunda quinzena de fevereiro, o que logicamente afeta o planejamento das equipes, uma vez que a prova inaugural está prevista para 19 de março, no Velopark, no Rio Grande do Sul.

Com a saída da Truck, as equipes e pilotos formaram uma associação para “manter a saúde financeira de dezenas de profissionais empregados nas equipes associadas, a credibilidade dos proprietários e pilotos dos referidos times junto aos seus parceiros comerciais e ao público, além de buscar soluções viáveis nas áreas organizacional, logística, comercial, financeira, técnica e desportiva, visando a solidez dos eventos de competições de caminhões”. Em outras palavras, eles deverão formar uma liga independente para organizar seu próprio campeonato e regulamento.

A associação é formada pelas equipes RM Competições, DF Motorsport, RVR Motorsports, Muffatão Racing, Dakar Motors, Fábio Fogaça Motorsports, Original Reis, Lucar Motorsports e Clay Truck Racing. Os pilotos são Felipe Giaffone, Renato Martins, Roberval Andrade, Leandro Totti, Beto Monteiro, Djalma Fogaça, Adalberto Jardim, Pedro Muffato, David Muffato, Débora Rodrigues, André Marques, Fábio Fogaça, José Maria Reis, Leandro Reis, Diogo Pachenki, Régis Boéssio, Luis Lopes, Alex Fabiano e João Maistro.

 

Universal publica mais um trailer de “The Fate of The Furious”

Faltando pouco mais de 30 dias para a estreia do novo filme de ação da franquia “Velozes e Furiosos”, a Universal Pictures decidiu publicar mais um trailer de “The Fate of The Furious”, que será lançado no Brasil como “Velozes e Furiosos 8”.

Como já sabemos, neste oitavo filme a fúria continua prevalecendo sobre a velocidade (tanto que o título finalmente abandonou a palavra “fast”). Dom Toretto se vê forçado a “trair” sua família após um encontro com a misteriosa vilã Cipher, interpretada por Charlize Theron.

Desta vez o trailer revela que Deckard Shaw (Jason Statham) irá se juntar à família de Toretto para enfrentar a vilã loira, ainda que ele tenha sido o responsável pela morte de Han Lue. Também vemos um flashback das cenas em Cuba, onde deve começar o filme, uma vez que mostra a lua-de-mel de Dom e Letty e o momento em que Cipher coopta Toretto para sua equipe.

Mais adiante, vemos uma série de perseguições, culminando com uma cena no gelo envolvendo tanques, um submarino e uma manobra quase constrangedora em que Hobbs desvia um torpedo usando apenas seus pés. Nós realmente não sabemos o que esperar deste oitavo filme. Mas sabemos que não poderemos esperar rachas, nem corridas, nem cultura automotiva.

“Furiosos e Furiosos 8” estreia no próximo dia 13 de abril.

 

Polícia descobre esquema de adulteração de quilometragem no Distrito Federal

Entre as fraudes mais comuns realizadas nas transações de carros usados está a redução da quilometragem exibida no hodômetro. Trata-se de uma prática fácil de executar por meio de softwares de diagnóstico e reparo desenvolvidos pelos fabricantes e para oficinas mecânicas para fins de reparo e manutenção. Por isso é preciso estar atento na hora de escolher seu carro usado. Em Brasília/DF, por exemplo, a Polícia Civil descobriu um grupo que pode ter adulterado nada menos que 250.000 veículos em circulação no Distrito Federal, cerca de 16% da frota local.

Batizada Operação Regresso, a ação da polícia prendeu 11 pessoas e apreendeu 30 carros. O grupo agia em parceria com revendas de veículos e oficinas localizadas em Brasília, Taguatinga e Ceilândia. Entre os presos estão sete pessoas que trabalhavam apenas com a adulteração de hodômetros — um deles há mais de 20 anos.

Como é o costume nesse tipo de fraude, depois de reduzir a quilometragem do carro, o veículo era anunciado como semi-novo ou pouco rodado, com valor acima da média do mercado.

 

Honda ZSX conceitual aparece em forma de roadster/speedster

honda-zsx-concept-spy-shots-2017-(5)

Talvez você lembre que em agosto do ano passado a Honda registrou o nome ZSX na Europa, aparentemente antecipando um futuro esportivo posicionado entre o Type R e o NSX. O modelo tem porte compacto, motor central-traseiro e estilo de design semelhante ao do NSX. A imprensa europeia até mesmo chegou a chamá-lo de “mini NSX”, mas até agora não sabíamos nada sobre ele.

 

Agora o modelo foi flagrado durante seu transporte nos EUA. O que ele está fazendo lá? Há duas possibilidades: ele pode  ter sido levado para estrear no Salão de Nova York, que acontece no início de abril; ou pode estar sendo desenvolvido na Califórnia, como seu irmão maior e real, o NSX.

honda-zsx-concept-spy-shots-2017-(7)

É preciso dizer, também, que o modelo flagrado em forma de conceito não é um cupê como mostravam as imagens do escritório de registro de patentes da Europa, e sim um roadster tipo speedster/barchetta, com para-brisa baixo (quase um defletor), cockpit aberto, sem capota. O modelo é claramente um mock-up, mas se chegar à linha de produção deverá usar uma variação do motor 2.0 turbo do Type R, combinado a motores elétricos, como o NSX — que vem sendo considerado pela imprensa mundial o grande responsável pela popularização da performance híbrida lançada pelos hipercarros atuais.

 

Porsche planeja versão híbrida do 911 e dos 718

5D3_5211

E por falar em híbridos, vejam só quem pode ganhar uma versão com motores elétricos auxiliares: os Porsche 911 e 718. A informação foi apuradas pela Reuters, que conversou com o diretor de vendas da Porsche Detlev von Platen no Salão de Genebra.

Segundo o sr. Von Platen, a Porsche está planejando outros modelos elétricos além do Mission.E, e o Macan “é um modelo que podemos imaginar eletrificado”. Além dele, o 911 e o 718 também estão na linha da eletricidade, contudo como híbridos. Com a hibridização dos três modelos (o 911 e os dois 718) a Porsche espera chegar às 300.000 unidades anuais em 2020.

Matérias relacionadas

Volkswagen up! com ágio, um novo Land Rover Defender, o Skyline de Paul Walker e mais!

Leonardo Contesini

Uma Ford F-100 com motor V8 Mopar (!), um Fusquinha 77 todo original, um Golf GTI de 290 cv e mais no GT40

Dalmo Hernandes

Como eram as atualizações de carros antigos nos anos 1980 e 1990?

Leonardo Contesini