A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!

Por que o FlatOut é um site pago?

Juliano Barata

Autosport, New York Times, Estadão, Quatro Rodas, FlatOut, dentre outros: a era do jornalismo gratuito está acabando e isso está deixando muita gente com a boca amarga. É fácil concluir que se trata de ganância. Afinal, além de obter receita com publicidade, cada vez mais veículos estão cobrando dos leitores por meio destes tais paywalls, pedágios que barram conteúdos exclusivos para assinantes.

Por que isso está acontecendo?

Desde quando as plataformas programáticas (como o Adsense, PopAds, etc) monopolizaram o mercado de mídia, o valor da publicidade veiculada em banners despencou na vertical. Ao longo da última década, testemunhamos o rendimento obtido com peças deste tipo cair em mais de dez vezes. As contas não fecham mais. Com receita cada vez mais magra, equipes reduziram, estruturas técnicas estão cada vez mais magras, veículos estão fechando (vide a Car and Driver) e outros acabam tendo de fazer uso de campanhas de afiliados (os famosos “links recomendados”, lotados de chamadas provocativas do tipo click-bait) ou banners agressivos e invasivos (como os clássicos pop-up) para obter alguma receita. O uso destes recursos deixa a experiência de uso do site horrorosa.

Ultimamente, a principal fonte de receita dos veículos de mídia têm sido ações e conteúdos patrocinados para marcas. Contudo, há uma limitação de quantidade e de tipos de conteúdos que possam ser feitos sem afetar a credibilidade do próprio site – bem, ao menos para os veículos que se importam com isso. E nós nos importamos e por isso somos bastante seletivos com estas ações.

O FlatOut é um site pago porque esta é a única forma na qual encontramos viabilidade para produzir jornalismo independente, com credibilidade e com capacidade para investir em produções fotográficas, em vídeo e tecnológicas. Mesmo veículos grandes e tradicionais não possuem duas frentes fortes (site mais canal de YouTube) como o FlatOut. Essa qualidade e diversidade possui um custo.

O investimento dos leitores permite que a empresa tenha saúde financeira e isso é revertido para os leitores. Com esta saúde, o site foi todo reconstruído, produções de diversos tipos estão sendo realizadas, a equipe se expande e diversas famílias dos membros do FlatOut estão pagando as contas. Somos uma microempresa, com uma equipe que cabe em duas mãos, e temos orgulho disso.

Se você gostar dos conteúdos (veja aqui uma seleção para degustação de matérias premium) e achar que vale a pena pagar, seja um Assinante. Se você gosta tanto que quer estar mais próximo à equipe e ter descontos e outras facilidades com nossos parceiros, é o plano FlatOuter que você quer. Em qualquer um dos casos, você está ajudando a viabilizar não apenas os conteúdos pagos e o site em si, mas também produções abertas, como os vídeos do FlatOut Midnight e FlatOut Driving Academy.

No momento em que você achar que não vale mais o investimento, basta cancelar o seu plano. É uma troca honesta e transparente.

Um abraço,
Juliano Barata, fundador do FlatOut

FLATOUTER

Membro especial, com todos os benefícios: acesso livre a todo o conteúdo do FlatOut, participação no grupo secreto no Facebook (fique próximo de nossa equipe!), descontos em nossa loja, oficinas e lojas parceiras!

A partir de

R$20,00 / mês

ASSINANTE

Plano feito na medida para quem quer acessar livremente todo o conteúdo do FlatOut, incluindo vídeos exclusivos para assinantes e FlatOuters.*

De R$14,90

por R$9,90 / mês

*Não há convite para participar do grupo secreto do FlatOut nem há descontos em nossa loja ou em parceiros.