A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos Projetos Gringos

Por R$ 48 mil, este Opala V8 350 é um verdadeiro muscle car

Por mais que os fãs do Opala sejam apaixonados pelo seu seis-em-linha, lá no fundo existe aquele irresistível desejo de que o Chevrolet mais icônico do país tivesse a opção de um V8 debaixo do capô – como o seu primo australiano Holden Monaro GTS. E é nesta hora que eu sou jurado de morte pelos opaleiros. Justo no dia de estreia do FlatOut!?

Pois é, meus amigos! O Jalop se foi, mas toda a equipe está de volta nesta belezinha que você está acessando neste momento — um site melhor, mais rápido e, se tudo correr bem, maior do que nunca. E, se eu estou de volta, os Achados Meio Perdidos também estão, e nada mais apropriado do que (re)abrir a seção de Achados com um Opala que certamente é perfeito para pisar fundo.

Digo isto pois acelerar um “seis canecos” original já é uma experiência e tanto, independentemente de suas preferências, mas existe uma razão para que o swap por um motor V8, em especial o Chevrolet small block de 350 pol³, seja tão popular. Ou seriam várias? Além do ganho potencial de torque e potência e do custo relativamente baixo (o V8 350 é o motor de oito cilindros mais popular nos EUA), o peso do bloco fica mais bem distribuído (afinal, um V8 tem quatro cilindros enfileirados em duas bancadas) e você ainda causa sérias confusões mentais em donos de Dodge e de Maverick – seus grandes rivais das pistas e das ruas.

O carro das fotos, um Opala 1975 na cor grená, é um belo exemplo disso. Além de (provavelmente) andar muito, o carro foi customizado, segundo o próprio dono, no estilo “muscle car old school” — uma personalização de época sem exageros, descolada e classuda ao mesmo tempo — note os faróis com lentes amarelas e as rodas pretas com calotas cromadas. Nada de Pro Touring, nada de perfumaria – somente a boa e velha bandidagem.

opala-v8 (1)

Por dentro, o carro apresenta grau considerável de originalidade,com exceção do conta-giros montado na coluna de direção e dos mostradores instalados em um console abaixo do rádio. Não é um carro impecável — uma olhada rápida pelas fotos já revela algumas marcas do uso —, mas não há nada que nos impeça de babar nele um pouquinho. Até porque, na real, o grande atrativo deste carro não se percebe com os olhos, mas com os ouvidos e com o pé direito.

Debaixo do capô está um Chevy V8 small block de 5,7 litros, acoplado a um câmbio manual Clark 260F de quatro marchas com diferencial Dana 44 – combo de transmissão clássico usado pelos opaleiros com motores preparados, pois este conjunto (que originalmente equipa os Dodge Dart/Charger e Maverick) segura melhor a porrada de torque. Nada revolucionário, mas não é preciso reinventar a roda para fazer um carro insanamente bacana. Segue a ficha técnica completa:

Opala 1975 Coupe Grená em Excelente estado de conservação estilo Muscle Car Old School
Motor V8 350
Pistões flat top medida 0,40 taxa de compressão 9,8:1
Cabeçotes camara pequena retificados com valvulas novas
Balanceamento dinamico e estático do conjunto Retisan
Virabrequim Zero GM com bronzinas STD GM
Buchas de Comando Clevite novas
Damper Armonico Procomp
Bomba d´água High Volume de Alumínio Procomp pescoço curto
Kit de Polias POLY-V em alumínio Billet by ARTBILLITS
Alternador de 90A Bosh
Bomba Elétrica Bosh
Comando Edelbrock 278×288
Embreagem de Ceramica 6pastilhas com plato de 1200lbs by FF EMBREAGENS
Coletores de Escape Dimensionados com saida de 2,5pol de AÇO INOX By ORIENTE ESCAPES ESPECIAIS
Canos de Escape em AÇO INOX 2,5pol feitos em Dobradeira de escapes
Abafadores FLow MASTER SERIES SUPER 10
Distribuidor HEI 3×1 (bobina, modulo e distribuidor) marca Procomp
Velas de Ignição NGK BP8f
Cabos de vela ACCEL 8.0mm
Coletor de Admissão Edelbrock Performer RPM
Carburador Quadrijet Holley 650 Cfm Double Pumper Street HP
Cambio Clark 260f com trambulador de engate rápido
Diferencial Dana 44 com tampa cromada relação 3,73:1
Kit de Freio a Disco do Opala 92 (dianteiro e traseiro)
Rodas Originais Dianteiras com Folhas aro 15×6 e pneus 215/65 R15 Cooper Cobra
Rodas Originais TRaseira com Folhas aro 15×8 e pneus 255/60 R15 Cooper Cobra
Amortecedores by Impacto Suspensões especiais
Buchas de Suspensão de PU by AJBUCHAS
Contagiros Monster com corte de giro, Relógio de Pressão de Comb e Óleo e Voltímetro Linha SS by Cronomac
Aparelho de som JVC KD-AVX77 El Kamaleon

Detalhe para a relação do diferencial Dana: 3,73:1. Quem entende do assunto já sabe o que isto significa, mas quem não entende pode confiar nas palavras do Juliano Barata que, enquanto conversávamos sobre o carro, disse que a relação encurtada no diferencial faz uma baita diferença no quesito diversão (na verdade ele falou algo sobre arrancadas em semáforos, mas não estamos incentivando nada!). Para se ter uma ideia, a relação original do Maverick V8, que usa o mesmo diferencial, é de 3,07:1.

opala-v8 (8)

E qual é o preço disso tudo? O dono pede por ele R$ 47.990. Antes que você saia por aí reclamando de novo do absurdo que estão os preços dos antigos no Brasil, vamos fazer umas contas: para importar um crate engine  Chevy 350 de lojas gringas como a Summit Racing, você gastaria entre R$ 25 mil e R$ 30 mil. Um Opala em bom estado não custa menos de R$ 10 mil, e pode colocar mais R$ 10 mil na conta para cobrir os gastos com a dupla câmbio + diferencial (com miolo refeito), além de toda a mão de obra e o trabalho de encontrar uma oficina que faça um trabalho bem feito. Só nesta brincadeira a soma já ultrapassa, facilmente, os R$ 50 mil. Se você quer um Opala bacana e não acredita que o melhor de ter um carro preparado é fazer tudo sozinho, talvez este seja o carro perfeito para você.

opala-v8 (4)

opala-v8 (2) opala-v8 (8) opala-v8 (7)

É um preço justo ou você conseguiria fazer melhor por menos dinheiro? Ou você não abre mão do berro rouco dos “seis canecos”?

[Autodynamics]

Matérias relacionadas

Um BMW E36 seis-cilindros com câmbio manual, um Fiat 147 “modernizado”, um Astra belga 2.0 Flex e mais no GT40

Dalmo Hernandes

Que tal um belo conversível italiano de tração traseira? Este Alfa Romeo Spider 2000 1972 está à venda!

Dalmo Hernandes

Este Gol Star 1989 é raro, bem cuidado e original – e está à venda

Dalmo Hernandes