A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Porsche 911 T confirmado no Brasil (com preços), protótipo XP05 do McLaren P1 está a venda, o interior do novo Mercedes Classe A e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Porsche confirma 911 T no Brasil

(PRNewsfoto/Porsche Cars North America, Inc.)

Há exatamente um mês a Porsche anunciou sua mais recente versão entusiasta, o 911 T, e agora, confirma o modelo e seus preços para o Brasil.

(PRNewsfoto/Porsche Cars North America, Inc.)

O modelo faz parte dos planos da Porsche em lançar modelos mais voltados ao entusiasta, e embora venha com o mesmo motor 3.0 turbo de 370 cv e 46,8 kgfm do Carrera básico, ele pesa 20 kg a menos, tem câmbio manual de série (o PDK é opcional, e não o inverso), diferencial com bloqueio mecânico, suspensão esportiva e eixo traseiro esterçante opcional.

(PRNewsfoto/Porsche Cars North America, Inc.)

 

Ele ainda não tem uma data certa para chegar, a Porsche fala apenas que ele virá em 2018, mas ao menos já revelou os preços e lista de equipamentos de série. Ele será vendido por R$ 519.000 na versão com câmbio manual e por R$ 541.000 com o câmbio automatizado PDK. Independentemente do câmbio o pacote básico inclui sistema de vetorização de torque, volante Sport GT, suspensão 20 mm mais baixa e o pacote Sport Chrono.

 

 

Protótipo do McLaren P1 está a venda

McLaren-P1-XP05-3

A McLaren vendeu apenas 375 unidades do seu hipercarro P1, mas isso não significa que ela tenha construído apenas 375 unidades do modelo. Diferentemente do F1, os 14 protótipos do P1 não entraram na conta da produção total e um deles agora está a venda.

McLaren-P1-XP05-7

Trata-se do protótipo número 5, ou XP05 segundo a nomenclatura da McLaren, que foi usado para desenvolver a transmissão do P1 e seu sistema de injeção da Bosch. Depois de servir de plataforma de testes, ele foi convertido no McLaren P1 GTR que foi exibido no Salão de Genebra em 2015.

Depois ele foi novamente convertido e recebeu a mesma especificação dos últimos P1 da série de 375 exemplares e foi vendido a um colecionador que solicitou que o carro fosse pintado com o laranja tradicional da McLaren entre outros opcionais da MSO. Desde então ele rodou apenas 480 km e agora está a venda na famosa loja britânica especializada em supercarros raros, a Tom Hartley Jnr. O preço? Só é declarado pessoalmente. Mas como sempre dissemos, se você precisa perguntar, provavelmente não pode comprar.

 

Jaguar começa a vender E-Pace no Brasil

jagepace18myfirsteditiononroaddynamic13071702-min

Quem também anunciou a chegada de um novo modelo no Brasil foi a Jaguar. A marca britânica começou a vender seu mais recente SUV, o E-Pace (aquele do salto parafuso). Não é algo tão entusiasta quanto um 911 T, mas é um carro bastante interessante.

jagepace18myonroaddynamic13071713-min

Ele compartilha a plataforma com o Range Rover Evoque e o Discovery Sport, e tem o visual inspirado no F-Type. Os preços partem de R$ 195.400 e podem chegar aos R$ 278.000 na versão R-Dynamic SE.

jaepace18MYinterior

Todas elas são equipadas com o novo motor Ingenium 2.0 turbo com injeção direta, 249 cavalos e 37,2 kgfm de torque (entre 1.200 e 4.500 rpm), e com o novo câmbio automático de nove marchas da ZF. Com esse conjunto, o F-Pace vai de zero a 100 km/h em 7 segundos e chega aos 230 km/h.

 

Mercedes revela o painel do novo Classe A

2018-Mercedes-A-Class-5

Aos poucos a Mercedes vai revelando os segredos da quarta geração de sua Classe A. Depois de mostrá-lo com menos camuflagem pelas ruas, agora a marca alemã revelou as primeiras imagens oficiais da cabine do modelo.

2018-Mercedes-A-Class-2

Elas mostram que, também aos poucos, o Classe A vai ficando mais próximo de seus irmãos — incluindo o Classe S, de quem pegou emprestado o painel com duas telas TFT, uma para o quadro de instrumentos e outra para o sistema de informações e multimídia. As saídas de ventilação em formato circular, tipo turbina, também são um elemento utilizado nas classes superiores da marca.

2018-Mercedes-A-Class-7

Ao que tudo indica a Mercedes não irá usar mais instrumentos físicos em seus carros. Mesmo no Classe A, o painel será sempre composto pelas duas telas, porém com variações de tamanho e materiais. Nas versões de entrada as duas telas serão de 7 polegadas, a versão intermediária terá uma tela de 7 polegadas para o quadro de instrumentos e outra de 10,25 polegadas para o sistema de informação/multimídia, enquanto as versões de topo e AMG usarão um painel com duas telas de 10,25 polegadas. O mesmo painel será usado em todos os derivados do Classe A — CLA, GLA, Classe B e o futuro sedã baseado nesta quarta geração.

2018-Mercedes-A-Class-9

O Baby-Benz também ficará mais luxuoso, eliminando de vez a sensação de se estar em um Mercedes barato por meio de elementos disponíveis também em modelos mais caros, como bancos com massageador e ventilação/aquecimento, e cabine com iluminação ambiente personalizável.

2018-Mercedes-A-Class-6

A nova geração também será sutilmente maior, com mais espaço interno, porta-malas com maior capacidade de carga (370 litros vs. 341 litros do atual) e ganhará uma nova versão AMG chamada A40, que deverá usar uma variação mais conservadora do 2.0 turbo com cerca de 300 cv enquanto o A45 usará uma configuração de 400 cv.

A estreia acontece em março de 2018, no Salão de Genebra.

Matérias relacionadas

O que é dupla-debreagem? Para que serve e como se faz?

Leonardo Contesini

A história do mítico Honda NSX-R GT feito pela Spoon Sports

Dalmo Hernandes

Challenge Stradale, Scuderia, Speciale: as Ferrari de pista que vieram antes da 488 Pista

Dalmo Hernandes