FlatOut!
Image default
Zero a 300

Porsche 911 Turbo S conversível chega ao Brasil por R$ 1,2 milhão, a primeira Ducati Senna, BMW M2 em Nürburgring e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas (ou não) do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Porsche 911 Turbo S conversível chega ao Brasil por R$ 1,2 milhão

PorscheBrasil-000

A Porsche anunciou quatro novos modelos para o mercado brasileiro. Os primeiros são os irmãos Boxster e Cayman GTS, que saem por R$ 440.000 e R$ 460.000 respectivamente e receberam 15 cv e 1 mkgf extras no motor 3.4 flat-six. Com o aumento a potência do Cayman para 345 cv e do Boxster para 335 cv, que levam o roadster aos 280 km/h depois de chegar aos 100 km/h em 4,7 segundos, enquanto o cupê chega aos 285 km/h e cumpre a aceleração de zero a 100 km/h em 4,6 segundos — ambos com o câmbio PDK. Porsche.

Além das novidades mecânicas, os modelos serão equipados com o pacote Sport Chrono, que altera a dinâmica de condução ao toque de um botão. Os pneus 235/35 na frente e 265/35 na traseira calçam as rodas Carrera S de 20 polegadas, que são pintadas de preto para diferenciar os modelos GTS dos S.

PorscheBrasil-002

A outras duas novidades são novas versões da linha 911. A primeira delas é o modelo Targa 4S, que por R$ 740.000 traz o clássico teto removível — que agora tem um acionamento elétrico altamente hipnotizante e usa o motor 3.8 de 400 cv capaz de levá-lo aos 100 km/h em 4,2 segundos e despentear o seu cabelo a 292 km/h. A tração é integral e conta com o sistema Porsche Traction Managenent, responsável por otimizar a distribuição do torque entre as quatro rodas em qualquer situação.

PorscheBrasil-001

O outro é a nova versão mais cara do 911 no Brasil o Turbo S Cabriolet, que sai por R$ 1,2 milhão. O modelo é equipado com o mesmo motor 3.8 biturbo de 560 cv do cupê, que também envia a força para as quatro rodas para chegar aos 100 km/h em 3,2 segundos antes de chegar aos 318 km/h.

 

Família de Senna recebe a primeira Ducati Panigale Senna produzida no Brasil

ducati-div-670

A italiana Ducati entregou a primeira das 161 unidades da 1199 Panigale S Senna à família de Ayrton Senna. O modelo foi criado especialmente para relembrar os 20 anos da morte do piloto brasileiro. A moto foi entregue à sobrinha de Ayrton, Bianca Senna, pelo diretor da Ducati no Brasil, Ricardo Susini.

ducati-1199-panigale-s-senna-6

A Ducati Senna custará R$ 100.000 e parte da renda obtida com a venda das motos será destinada aos programas educacionais do instituto Ayrton Senna. Como dito anteriormente, serão feitas apenas 161 unidades do modelo, uma referência ao número de GPs disputados por Ayrton em sua carreira na Fórmula 1. A Ducati 1199 Panigale S Senna usa o motor Superquadro de 1.198 cm³, com o tradicional sistema desmodrômico de comando de válvulas da Ducati. A potência máxima é e 195 cv e o torque de 13,5 mkgf.

 

BMW M2 é flagrado em Nürburgring novamente

O engenheiros da BMW estão trabahando duro no sucessor do aclamado 1M. O protótipo do M2 foi flagrado novamente em testes no circuito de Nürburgring, desta vez com menos disfarces que no flagra anterior e com o ronco do motor N55 mais nítido. Embora seja um vídeo curto, ele é suficiente para termos um gostinho da capacidade dos cerca de 380 cv do motor seis-em-linha turbo e do trabalho da divisão M nos freios e na suspensão. Leia mais sobre o modelo em nossos posts anteriores.

 

Jaguar abre oficina de restauração e reparos de clássicos

jaguar-e-type-01

A divisão especial para modelos históricos da Jaguar inaugurou uma oficina exclusivamente dedicada aos clássicos da marca. A nova oficina da Jaguar Heritage fica em Browns Lane, em Coventry (sede da Jag) e oferecerá serviços de manutenção e restauração de todos os modelos produzidos pela marca britânica desde 1948.

É desta oficina que sairão os seis exemplares do E-Type Lightweight que serão terminados depois de 50 anos. Ela será comandada por Marty Hollingsworth, um engenheiro cuja família trabalha com a Jaguar há três gerações. Todos os serviços serão executados com garantia e dentro dos padrões certificados pela marca.

Jaguar_Mark2_front_20070822

Os serviços serão oferecidos a todos os clientes que cadastrarem seus clássicos. Eles poderão visitar a oficina durante a realização dos serviços e até solicitar um ensaio fotográfico com o processo de manutenção/restauração. Para os clientes britânicos, a Jaguar busca e entrega os carros em qualquer lugar do Reino Unido. Os estrangeiros, contudo, precisam enviar o carro à Inglaterra por conta própria e só então terão seus carros recolhidos pela Jag.

 

Sem Montezemolo Ferrari irá aumentar a produção anual

ferrari-f12-production

Quando Luca Di Montezemolo assumiu a Ferrari, ele percebeu que poderia ganhar mais dinheiro limitando a oferta de seus produtos, fazendo com que ela fosse menor que a demanda. Foi por isso que ele decidiu no começo deste ano limitar a produção a 7.000 unidades, ainda que a fabricante tenha expandido sua área de atuação para novos países.

A ideia funcionou muito bem: a Ferrari anunciou um aumento de 14,5% no faturamento no primeiro semestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado, que por sua vez já tinha um aumento de 7,1 % em relação ao ano anterior. Mas agora, o sucessor de Montezemolo, Sergio Marchionne, já planeja uma estratégia diferente.

Marchionne pretende aumentar a oferta para atender à crescente demanda, e para fazer isso ele irá aumentar o limite da produção anual de 7.000 para 10.000 carros produzidos. Ele acredita que com a expansão para novos mercados há pouco risco de saturação da marca. Um modelo que está na mira do CEO é a F12berlinetta, que pode ter sua produção aumentada para reduzir o tempo de espera pelo modelo. Esta é a primeira de muitas mudanças que devem acontecer nesta “nova era” da Ferrari.

Matérias relacionadas

Este Pontiac Firebird 400 1968 com câmbio manual está à venda no Brasil!

Dalmo Hernandes

Fluxo, dutos e válvulas: a arte da preparação de cabeçotes

Rodrigo Passos

Os games de corrida mais legais da era 32-64 bits – parte final

Dalmo Hernandes