A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Porsche lança o 911 Speedster, as novas gerações do Chevrolet Tracker e Nissan Sentra, a volta da GMC Syclone e mais!

Bom dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco.

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

Porsche 911 Speedster, o último 991, é revelado

O Porsche 911 992 já foi apresentado há alguns meses, mas as entregas ainda não começaram. Enquanto isto, o pessoal de Stuttgart aproveitou para criar aquela que, certamente, será a versão de despedida da geração 991: o Porsche 911 Speedster, que foi apresentado no Salão de Nova York.

O visual do carro lembra bastante o conceito apresentado no ano passado, apenas com algumas modificações para homologação da versão de produção. A maior parte das informações a respeito do carro já era conhecida: inspirado no clássico 911 Speedster de 1988, ele tem para-brisa mais baixo e uma capota de tecido mais minimalista, operada manualmente, que parece ter sido feita para não ser usada, além de santo-antônios aerodinâmicos atrás dos encostos de cabeça.

O motor, conforme o previsto, é o flat-six de quatro litros com 502 cv e 47,8 kgfm de torque já usado no Porsche 911 GT3, que é capaz de girar a 9.000 rpm e é acoplado exclusivamente a uma caixa manual de seis marchas. Com isto, o 911 Speedster será capaz de ir de zero a 100 km/h em 3,8 segundos, com máxima de 308 km/h.

A Porsche começará a fabricar o 911 Speedster ainda em 2019, em uma série limitada de 1.948 unidades, referência ao ano em que se iniciou a produção do Porsche 356, primeiro modelo de rua da companhia. Cada uma delas vai custar US$ 275.750 nos EUA, o que equivale a pouco mais de R$ 1 milhão em conversão direta.

O 911 Speedster certamente será vendido no Brasil, mas ainda não há informações sobre o preço. (DH)

 

Chevrolet apresenta novo Tracker no Salão de Xangai

A Chevrolet apresentou nesta semana, durante o Salão de Xangai, a nova geração do Tracker, que também será vendida no Brasil em um futuro próximo. O modelo será sutilmente maior que a atual geração, com um porte próximo do Hyundai Creta e Honda HR-V, e terá motores turbo para tentar recuperar espaço no segmento.

O novo Tracker é baseado na plataforma GEM, a mesma usada pela nova geração do Prisma/Onix, e também irá usar a mesma motorização turbo da dupla de compactos, o 1.0 de três cilindros com injeção direta,  com potência entre 120 e 125 cv e torque de aproximadamente 17 kgfm. Na China ele terá ainda um novo 1.3 turbo de 164 cv, ainda não confirmado para o Brasil.

O modelo chega em 2020, depois que a Chevrolet tiver estabelecido os novos Onix/Prisma, previstos para o próximo semestre. (LC)

 

Nissan GT-R também ganha edição especial de 50 anos e outras novidades

Além do Nissan 370Z 50th Anniversary Edition, que mostramos no Zero a 300 de ontem, o GT-R também ganhou uma edição comemorativa do cinquentenário da Nismo. Com o mesmo sobrenome, o GT-R 50th Anniversary Edition ganhou novos turbocompressores e um novo sistema de escape, o que levou a potência do V6 VR38DETT para 572 cv, acompanhados de 64,5 kgfm de torque.

Além disso, o carro ganhou um abafador de titânio e uma versão retrabalhada do câmbio de dupla embreagem e seis marchas, que oferece um modo “R”, que torna as reduções de marcha mais rápidas.

Esteticamente, a edição especial traz como novidade a volta do azul “Bayside Blue”, que foi visto pela última vez em 2002 no Skyline GT-R R34, com listras brancas. Também será possível comprar o GT-R 50th Anniversary em branco “Pearl White” com listras vermelhas, ou prata “Super Silver” com listras brancas. Por dentro, há um novo volante exclusivo da versão, e insertos de Alcantara nos bancos e revestimentos de porta.

A Nissan também anunciou novidades para a GT-R Nismo para torná-lo mais leve e aerodinâmico. A Nissan deu a ele novos para-choques dianteiro e traseiro, capô, teto, para-lamas, saias laterais e spoiler traseiro de fibra de carbono, que segundo a fabricante contribuem para uma redução de 10,5 kg no peso total do carro.

Fora isto, o carro perdeu outros 20 kg através de outras medidas de redução de peso, como rodas mais leves, forjadas, fabricadas pela RAYS. (DH)

 

Mini Cooper 60 Years Edition será vendido no Brasil

Apresentado recentemente para os mercados europeu e norte-americano, o Mini Cooper 60 Years Edition, feito para marcar os 60 anos do primeiro Mini, será vendido também no Brasil. A versão será limitada: apenas 25 unidades serão disponibilizadas em nosso mercado, todas elas equipadas com o motor 2.0 turbo de 192 cv e 28,5 kgfm de torque usado no Cooper S.

A Mini não confirma a transmissão usada mas, se acontecer como no Reino Unido, a única opção será a automática de sete marchas. Com este conjunto, o carro é capaz de ir de zero a 100 km/h em 6,7 segundos.

Sempre com duas portas, o Mini Cooper 60 Years Edition diferencia-se do modelo comum pela pintura em verde “New British Racing Green”, com teto contrastante em branco “Pepper”, além de emblemas alusivos à versão e rodas de 17 polegadas. Por dentro, o hot hatch tem revestimento em couro marrom “Dark Brown”. Por enquanto, nem o preço e nem a data de lançamento foram confirmados. (DH)

 

Honda registra novas CB500 e CBR500R no Brasil

A Honda registrou nesta semana, junto ao INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial), duas novas motos de 500 cm³: a CB 500 e a CBR 500 R.

As duas motos trazem uma versão atualizada do motor dois-cilindros de 471 cm³. Embora não tenham sido divulgados os números de potência e torque, a Honda realizou ajustes para aumentar o rendimento do motor em altas rotações, entre 5.000 e 8.750 rpm.

Visualmente, as duas versões ganharam novos faróis, que agora são full-LED, um novo painel digital com tela colorida, e novas carenagens, além de suspensão recalibrada e um sistema de escape formulado para tornar o ronco mais agressivo.

No caso da CBR 500 R, o posicionamento do guidão também foi modificado – o condutor agora ficará mais inclinado para a frente, melhorando a aerodinâmica da motocicleta em movimento e também a distribuição de peso.

Ambas as motos foram apresentadas no Salão de Milão em novembro de 2018, e deverão chegar ao mercado brasileiro no segundo semestre de 2019. (DH)

 

Nissan revela nova geração do Sentra

Outra novidade brasileira antecipada no Salão de Xangai foi a nova geração do Nissan Sentra. Batizado localmente como Sylphy, o sedã ficou mais agressivo e adotou desenvolvimentos aerodinâmicos que resultaram em um coeficiente 0,26 — o mesmo do GT-R.

Na China ele será oferecido com um motor 1.6 de 139 cv, mas não se sabe ainda qual motorização irá equipar o modelo brasileiro. Atualmente o Sentra usa um 2.0 de 140 cv, enquanto o americano usa um 1.8 de 132 cv, ambos aspirados.

Ainda não há prazo para o início das vendas na China, nem em outros mercados globais. O que sabemos é que ele deverá continuar importado do México, o que significa que ele só chegará ao Brasil depois que for lançado na América do Norte. (LC)

 

Preparadora lança GMC Syclone moderna

A GMC Syclone (e seu irmão SUV Typhoon) é uma das picapes mais desejadas e admiradas da história, ainda que tenha sido produzida somente em 1991 e tenha menos de 3.000 unidades — o que também a torna muito rara.

Para ajudar a diminuir um pouco a escassez de Syclones no planeta, a preparadora Specialty Vehicle Engineering (SVE, aquela responsável pelos Camaro e Corvette Yenko modernos) desenvolveu um pacote esportivo para transformar a GMC Canyon (a sucessora da Sonoma) em uma Syclone 2019.

O pacote inclui um supercharger para o motor V6 de 3,6 litros, o que eleva sua potência de 313 cv para 461 cv. Além disso, ela ganha novas pinças de freio forjadas de seis pistões na dianteira, discos frisados de 345 mm em vez dos originais de 310 mm, suspensão esportiva com redução da altura de rodagem em 5 cm na dianteira e 13 cm na traseira, amortecedores esportivos, buchas mais rígidas para a suspensão e uma nova barra estabilizadora na traseira.

A preparação é completada por um sistema de escape de aço inoxidável, rodas de 20 polegadas, pneus com índice de velocidade Y (300 km/h) e grafismos em vermelho e preto que remetem à identidade da Sonoma original.

A SVE irá produzir apenas 100 kits de conversão a um preço de US$ 40.000 cada — não inclui a picape a ser convertida. (LC)

 

Rally Dakar de 2020 será na Arábia Saudita

O Rally Dakar vem sendo realizado na América do Sul desde 2009 por causa de conflitos e ameaças terroristas no trajeto original, mas em 2020 ele muda de continente mais uma vez e vai para a Arábia Saudita. A Amaury Sport Organization, companhia francesa que organiza o rally, fechou acordo nessa segunda (15) com o país para receber a competição.

A Arábia Saudita começou a emitir vistos para turistas apenas no final de 2018 e no mesmo ano acabou a proibição das mulheres de dirigir. O país hoje está passando por polêmicas sobre violações de direitos humanos e está em guerra contra jornalistas, vários estão presos. Isso coloca em xeque a liberdade das mulheres e jornalistas que participam e acompanham o rally. O piloto qatarense Nasser Al-Attiyah, campeão do Dakar desse ano, declarou que o esporte está acima da política e exceções serão feitas para poder receber o rally .

Há planos de nos próximos anos o Dakar ser estendido para países próximos, como Omã, Jordânia e Egito. Mais informações sobre o Dakar de 2020 serão reveladas no dia 25 de abril. (ER)

 

VW Polo e Virtus são chamados para recall de acabamento que pode afetar os airbags laterais

A Volkswagen anunciou um recall de 114.523 unidade do Polo e do Virtus modelo 2018 e 2019 no Brasil. Segundo o fabricante há falhas na montagem do revestimento da coluna B e dependendo do caso isso pode atrapalhar o funcionamento dos airbags laterais.

A VW pede para os consumidores levarem os carros na concessionária para uma inspeção do revestimento, que dura 20 minutos. Se for detectada a falha é necessário agendar a substituição, que tem duração estimada de uma hora.

Os chassis envolvidos são JP000001 até JP900185 e KP000249 até KP553822 para o Polo. Para o Virtus são JP000001 até JP900185 e JP000001 até JP900185. (ER)

Matérias relacionadas

Governo anuncia novo acordo com caminhoneiros, mas manifestantes estão divididos sobre o fim da paralisação

Leonardo Contesini

Porsche 919 Evo quebra recorde da F1 Spa-Francorchamps – e quer o recorde absoluto em Nürburgring

Dalmo Hernandes

BMW M3 GTR E46: este foi o primeiro M3 com motor V8 já feito – e é o mais raro de todos

Dalmo Hernandes