A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Porsche lança o novo Cayenne Coupé, Aston Martin Vanquish terá versão conversível e de pista, STJ derruba suspensão das placas do Mercosul e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas (ou não) do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

Ainda não é assinante do FlatOut? Considere fazê-lo: além de nos ajudar a manter o site e o nosso canal funcionando, você terá acesso a uma série de matérias exclusivas para assinantes – como conteúdos técnicoshistórias de carros e pilotosavaliações e muito mais!

 

FLATOUTER

Membro especial, com todos os benefícios: acesso livre a todo o conteúdo do FlatOut, participação no grupo secreto no Facebook (fique próximo de nossa equipe!), descontos em nossa loja, oficinas e lojas parceiras!

A partir de

R$20,00 / mês

ASSINANTE

Plano feito na medida para quem quer acessar livremente todo o conteúdo do FlatOut, incluindo vídeos exclusivos para assinantes e FlatOuters.*

De R$14,90

por R$9,90 / mês

*Não há convite para participar do grupo secreto do FlatOut nem há descontos em nossa loja ou em parceiros.

Porsche apresenta o Cayenne Coupe

O Porsche Cayenne, SUV que ajudou a salvar a marca no começo dos anos 2000, acaba de ganhar sua versão cupê. O SUV já havia aparecido em alguns flagras e teasers, e ontem foi revelada a versão de produção. O Cayenne Coupe será posicionado acima da versão comum e terá apelo mais esportivo, sob medida para encarar o Audi Q8, o BMW X6 e o Mercedes-Benz GLE.

Na prática, ele é um Cayenne como qualquer outro, porém com uma traseira fastback que torna seu perfil mais esportivo – e também diminui o espaço para a bagagem. O que provavelmente não importa para seus clientes em potencial, que só querem juntar o porte e o desempenho do Cayenne a uma carroceria mais arrojada. Com a mudança no teto, o para-brisa também ficou mais inclinado, e o Cayenne Coupe é cerca de 20 mm mais baixo que o modelo tradicional.

Outra diferença é o par de spoilers: há um fixo no topo do vigia traseira, e um segundo spoiler ativo na tampa traseira, que se levanta quando o Cayenne Coupé atinge os 90 km/h – e também atua como freio aerodinâmico nas reduções de velocidade. Como opcional, o teto pode trazer um teto solar panorâmico ou ser feito de fibra de carbono.

O novo teto também levou a mudanças no interior do carro: a fileira traseira de bancos ficou 30 mm mais baixa, para que os ocupantes não raspem a cabeça no teto, e o porta-malas perdeu capacidade: o Cayenne tradicional leva 770 litros de bagagem, enquanto o Cayenne Coupé carrega 625 litros no modelo de entrada e 600 litros no Coupé Turbo.

Por ora, o Cayenne Coupe será oferecido em duas versões: básica, com motor V6 biturbo de 340 cv e 45,8 kgfm, e Turbo, com um V8 biturbo de 550 cv e 78,5 kgfm de torque. A primeira é capaz de ir de zero a 100 km/h em 5,9 segundos e máxima de 243 km/h; enquanto a segunda leva 3,9 segundos para ir de zero a 100 km/h e atinge os 286 km/h. Ambas são equipadas com câmbio automático de oito marchas e tração integral.

O Porsche Cayenne Coupé começará a chegar às concessionárias europeias no fim de maio. Ainda não há previsão para seu desembarque no Brasil mas, considerando que o novo 911 levou menos de seis meses para ser lançado por aqui, não nos surpreenderemos se o Cayenne Coupé vier antes do fim do ano. (DH)

 

STJ derruba liminar que suspendeu placas do Mercosul e as considera seguras

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) derrubou em caráter definitivo a liminar concedida à Associação das Empresas Fabricantes e Lacradoras de Placas Automotivas do Estado de Santa Catarina, a Aplasc. Segundo o STJ, as placas são seguras e sua anulação causará prejuízo aos cofres públicos.

O relator do processo, o ministro João Otávio de Noronha, afirmou que “os procedimentos tendentes a implementar o novo sistema já avançaram no tempo, a ponto de não mais permitirem o retorno ao ‘status quo ante'” e que há um “evidente avanço em matéria de segurança pública em relação à placa cinza”. Até agora o sistema integrado que permitirá a verificação de carros roubados e punição de infratores estrangeiros não começou a ser desenvolvido, bem como o sistema de chip de validação e rastreio das placas.

Além disso, o ministro Noronha afirmou que as novas placas irão gerar uma economia de R$ 25 milhões ao Denatran, embora não tenha especificado como. O valor corresponde a cerca de 20% das despesas anuais do Departamento.

A presidente da Aplasc, Andrea Lenz, que acionou a justiça contra as placas, disse que a ação ainda será julgada, e irá estudar medidas para cancelar a placa. (LC)

 

Aston Martin revela mais detalhes do novo Vanquish

Depois de apresentá-lo na forma de “conceito” (na verdade uma versão ultra-estilizada do modelo final), a Aston Martin divulgou novos detalhes do novo Vanquish. Durante uma entrevista ao site Top Gear o presidente da Aston Andy Palmer confirmou que o carro será oferecido na versão Volante e AMR.

A intenção é clara: fazer o Volante para competir com os modelos Spider da McLaren, Ferrari e Lamborghini,  enquanto a versão AMR Pro seria um rival para os modelos LT da McLaren, para os modelos SV/Superleggera/Performante da Lamborghini e para a linhagem da Ferrari 488 Pista.

Como já havíamos visto anteriormente, ele usará um monocoque de alumínio — onde se diferencia dos McLaren, que usam um monocoque de fibra de carbono — e terá um V6 biturbo auxiliado por um motor elétrico tipo KERS como a próxima Ferrari V6 híbrida. A potência deverá ficar na casa dos 750-800 cv.  (LC)

 

Porsche 992 Turbo gravado em vídeo

Lembra das fotos de dentro da fábrica que mostravam o novo Porsche 992 Turbo? Elas eram tão boas que dava até para duvidar de sua veracidade, mas um novo flagra em vídeo mostra o carro sendo testado nas ruas da Alemanha  – e, a nosso ver, confirma que as fotos eram legítimas.

O vídeo foi postado no YouTube pelo canal walkARTvideos, e mostra um protótipo camuflado do 992 em movimento. Diversas características batem com as fotos: o formato do spoiler traseiro, que parece ter dois andares, o difusor traseiro com quatro saídas de escape quadradas. Só não é possível ver as entradas de ar nos para-lamas traseiros. E as rodas parecem diferentes do que se via nas fotos – a impressão é que elas usam um sistema de cubo rápido, com apenas um parafuso.

Ainda é cedo para cravar informações a respeito do motor – se a Porsche seguir o cronograma habitual, o 911 Turbo pode levar ainda mais um ou dois anos para chegar, como aconteceu com a geração 991. (DH)

 

Volkswagen diz que não vai fazer um Beetle elétrico

Nesta semana, o CEO da Volkswagen, Herbert Diess, fez uma declaração categórica à revista Motor Trend sobre o futuro do Fusca. Ou melhor: ele disse que o Fusca não tem futuro, porque a Volkswagen não pretende fazer uma nova geração depois que a atual deixar de ser produzida.

O Fusca, que ganhou uma Final Edition no fim do ano passado, está prestes a sair de linha – o que colocará um fim no modelo mais icônico da Volkswagen. Já houve, no passado, boatos de que o próximo Fusca aproveitaria a nova plataforma elétrica modular da Volkswagen, mas Diess foi categórico ao negar tais planos. “Temos que fazer um carro com apelo emocional, mas não acho que possamos cobrir todos os modelos históricos da Volkswagen com carros elétricos. E acho que não deveríamos”, disse Diess.

Em contrapartida, ele mesmo assumiu que uma das vantagens da plataforma elétrica é justamente a facilidade em utilizá-la para construir modelos de nicho. Mas Diess argumenta que a nova Kombi elétrica, que se chamará I.D. Buzz, já cumpre o papel de satisfazer a nostalgia do público. Por outro lado, Diess diz que é considerada uma versão de produção do conceito I.D. Buggy, apresentado no Salão de Genebra 2019.

Nos parece um posicionamento meio radical – e um tanto difícil de engolir. O Fusca tem um apelo nostálgico mais forte que a Kombi, e a Volkswagen dificilmente descartaria tão cedo a ideia de um novo Fusca com visual retrô feito sobre a plataforma MEB, justamente porque ela flexibiliza as possibilidades na hora de desenvolver novos tipos de carroceria. Mais do que isto: seria a chance perfeita para desenvolver um Fusca elétrico menor, com tração traseira, e mais fiel à proposta do original. É aguardar para ver. (DH)

 

Mercedes-Benz anuncia recall de três modelos por falha no cinto de segurança

A Mercedes-Benz divulgou ontem (21) a abertura de um recall para o C180 Coupé, o Mecedes-AMG S 63 L 4 MATIC+ e o Mercedes-AMG S 65L. Foi detectada nos três modelos uma falha no sensor dos fechos dos cintos de segurança.

O defeito pode prejudicar a ação do pré-tensionador, o que aumenta o risco de danos físicos e materiais aos ocupantes e a terceiros. O reparo, que envolve a troca dos fechos dos cintos de segurança, já pode ser agendado e é gratuito. Todos os exemplares envolvidos foram fabricados entre junho e agosto de 2018.

Para obter mais informações, os clientes podem ligar para o número 0800 970 9090 ou acessar o site da fabricante. (DH)

Matérias relacionadas

Pagani Zonda Fantasma Evo: quase falecido em um acidente, renascido muito mais brutal

Dalmo Hernandes

Os games de corrida mais legais de 128 bits – Parte final

Dalmo Hernandes

Quais são os faróis mais legais já usados em um carro?

Dalmo Hernandes