A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Mercado e Indústria

Porsche terá Cayman GT4, Panamera Sport Turismo e 911 Turbo híbrido com mais de 700 cv

A Porsche parece finalmente ter decidido dar ao Cayman todo o potencial de desempenho que ele sempre teve reprimido. Segundo o plano da marca para os próximos três anos, revelado pela revista americana Motor Trend, a fabricante está preparando uma versão mais radical do Cayman, com um motor mais potente e o câmbio PDK do 991 GT3.

O motor que irá gerar essa potência extra ainda não foi definido, mas a resposta deve chegar depois das 24 Horas de Le Mans deste ano. Se o protótipo 919 não apresentar problemas e andar na frente com seu quatro-cilindros turbo híbrido, a Porsche certamente tentará recuperar o investimento adotando uma variação deste powertrain no Cayman GT4. Caso contrário, ele será equipado com uma variação do atual flat-6 de 3,4 litros. Independente do motor, uma versão mais potente do Cayman certamente andaria na frente de algumas versões do 911, considerando sua dinâmica exemplar.

A música do powertrain híbrido do 919…

Quanto aos demais planos da marca, em tempos em que 700 cv é o novo padrão para superesportivos, ter uma linha na qual o carro mais potente produz menos de 580 cv significa andar atrás e perder clientes. Pior ainda se ele for um sedã esportivo com foco no luxo em vez do desempenho. A Porsche definitivamente não tem algo para encarar o Lamborghini Aventador ou a Ferrari F12berlinetta, mas esse problema será resolvido com um pouco de energia elétrica.

… e a do powertrain híbrido do 918.

A tecnologia híbrida desenvolvida para o 918 Spyder deve ser adotada a partir de 2017 no Panamera Turbo S e no 911 Turbo S. Atualmente os dois modelos produzem 578 cv e 567 cv, respectivamente, mas com a adoção do sistema híbrido eles terão mais de 700 cv para a briga com os rivais.

Caso a Porsche consiga usar o mesmo motor elétrico do 918, que tem 156 cv, a potência ficará na casa dos 750 cv. Tudo isso, claro, não é motivado apenas pela concorrência, mas também é uma forma de atender às leis de emissões e eficiência cada vez mais restritas da União Europeia. O que ainda não se sabe é se os híbridos (e-Hybrid, na nomenclatura da Porsche) serão posicionados acima dos Turbo S, ou substituirão esses modelos.

PORSCHE PANAMERA SPORT TURISMO glavnaya. jpg

Por fim, ainda haverá outras duas novidades: o Cayenne Coupe, sobre o qual já falamos aqui, mas resumidamente será um rival para o X6 e o futuro Mercedes MLC, e um gêmeo alemão do Lamborghini Urus; e o Panamera Sport Turismo, aquela perua fodástica pela qual todos nós ficamos babando em 2012, quando ela foi apresentada no Salão de Paris. Segundo a Motor Trend, a Porsche espera que o Sport Turismo seja responsável por 20% das vendas do Panamera quando ele chegar ao mercado em 2017.

[ Fotos: Telegraaf.nl (projeção GT4), CarGround (Sport Turismo) ] 

Matérias relacionadas

Bertone está à beira da falência e pode ser liquidada. Veja o caso

Leonardo Contesini

Quais foram os carros que mais cresceram e os que mais diminuíram em vendas no Brasil em 2015

Gustavo Henrique Ruffo

Alfa Romeo investe na tração traseira, Fiat terá um novo roadster e as novidades de Ferrari e Maserati

Dalmo Hernandes