A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos

Procurando um BMW cupê de seis cilindros? Então veja este 325i E46 de 192 cv

Há até pouco tempo o BMW Série 3 da geração E36 era bem acessível mas, com a redução da oferta de exemplares em bom estado, isto está mudando. Os preços estão cada vez mais altos e por um pouco mais de dinheiro talvez seja uma boa ideia mirar na geração seguinte para assegurar um bom negócio. Este 325i E46 cupê que encontramos à venda nos parece um belo começo.

Podemos dar alguns motivos: é relativamente raro, tem motor potente na medida certa, mecânica robusta e está num preço legal.

O Série 3 E46 começou a ser importado para o Brasil em 1999, um ano depois de seu lançamento na Europa. Vinha em três versões: 320i, com um seis-em-linha de dois litros e 150 cv; 323i, com deslocamento de 2,5 litros e 170 cv; e 328i, no qual o motor de 2,8 litros entregava 193 cv.

325iachados (5)

Em 2001, algumas mudanças: o 320i ganhava um motor de 2,2 litros e 170 cv; o 323i passava a se chamar 325i e o motor, a 192 cv; e o 328i se tornava 330i, com motor 3.0 de 231 cv. A maioria esmagadora das unidades trazidas para o Brasi era de sedãs, o que faz deste cupê raro por natureza — e mais ainda na versão 325i.

O carro das fotos é um 325i fabricado em 2001 (modelo 2002). Ou seja, veio com o seis-em-linha de 2,5 litros e 24 válvulas que entrega seus 192 cv a 6.000 rpm e torque de 25 mkgf a 3.500 rpm. Era o suficiente para ir de 0 a 100 km/h em 8,4 segundos, com máxima de 237 km/h. Não são números alucinantes, mas são suficientes para curtir a estrada e até um track day, se você não tiver grandes pretensões.

325iachados (1)

Isto não significa, claro, que o carro não seja ágil — sua tração traseira e suspensão bem acertada (independente nas quatro rodas, com braços sobrepostos na traseira e McPherson na dianteira) contribuem para isso.

Outro ponto forte do E46 é seu visual, que muitos consideram a última expressão do design clássico da marca bávara — e, neste caso, como é um cupê, o 325i guarda muita semelhança com o M3 E46, embora, obviamente, o M3 seja mais musculoso. Colaboram para isto as rodas de 19 polegadas idênticas às do M3 CSL, uma das versões mais icônicas do modelo M em todos os tempos (leia mais sobre ele aqui!).

Segundo o anúncio no Webmotors, o carro está “extremamente novo e pouco rodado”. De fato, para um carro que acaba de completar seus 13 anos de idade, 76 mil km rodados são um número baixo.

325iachados (2)

E o estado de conservação também é condizente com o uso: as fotos mostram um carro bem cuidado por fora e por dentro, cujo único aspecto fora da originalidade são os detalhes com aspecto de carbono no painel e as rodas — elas podem ser muito bonitas e vir de um dos melhores BMW da história, mas talvez sejam grandes demais para as proporções da carroceria de um Série 3 que não seja o M3 CSL. Mas só talvez.

E o preço, afinal? São R$ 44.900 que, à primeira vista, parecem meio salgados para um Série 3 fabricado no início da década passada, mas passam a fazer mais sentido quando este é o preço de um popular 0km razoavelmente equipado ou um sedã compacto básico. Se gastos com combustível ou manutenção não são suas maiores preocupações, este pode ser um bom carro para usar regularmente na cidade e curtir o fim e semana na estrada. O que você acha?

[ via Webmotors ]


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! na qual selecionamos e comentamos anúncios de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de uma reportagem aprofundada e não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios – todos os detalhes devem ser apurados com o anunciante.

Matérias relacionadas

Quem está a fim de uma rara Caravan Diplomata bem conservada a um preço razoável?

Dalmo Hernandes

Esta Ferrari Daytona de único dono passou os últimos 25 anos parada e agora busca um novo lar

Dalmo Hernandes

Procurando um hot hatch francês? Este Peugeot 205 turbo de 184 cv está à venda!

Dalmo Hernandes