FlatOut!
Image default
Project Cars Project Cars #114

Project Cars #114: conquistando o título do campeonato de Time Attack com meu Toyota Celica

Por Airton Gaboardi Jr., Project Cars #114

E aí, Flatouters?! Nesse post número 12 vou comentar um pouco sobre as duas últimas etapas do Time Attack Paraguay e falar sobre uns pequenos upgrades.

Logo depois da segunda etapa do campeonato comecei a pensar em que poderia melhorar o carro para a etapa seguinte, mas o problema é que não tinha nenhum upgrade praticamente que eu pudesse fazer para resultar em uma melhora significativa no tempo, sem sair to regulamento da minha categoria.

Ainda não é assinante do FlatOut? Considere fazê-lo: além de nos ajudar a manter o site e o nosso canal funcionando, você terá acesso a uma série de matérias exclusivas para assinantes – como conteúdos técnicoshistórias de carros e pilotosavaliações e muito mais!

FLATOUTER

Membro especial, com todos os benefícios: acesso livre a todo o conteúdo do FlatOut, participação no grupo secreto no Facebook (fique próximo de nossa equipe!), descontos em nossa loja, oficinas e lojas parceiras!

A partir de

R$20,00 / mês

ASSINANTE

Plano feito na medida para quem quer acessar livremente todo o conteúdo do FlatOut, incluindo vídeos exclusivos para assinantes e FlatOuters.*

De R$14,90

por R$9,90 / mês

*Não há convite para participar do grupo secreto do FlatOut nem há descontos em nossa loja ou em parceiros.

Então decidi comprar um volante da Lotse com cubo rápido, já que me daria mais comodidade para entrar e sair do carro por que tenho banco concha fixo. Também por ser menor que o original, isso me ajudaria a virar menos o volante nas curvas.

Um pouco antes da terceira etapa conheci um novo mecânico que me deu várias ideias para o ajuste da suspensão.

Ele rebaixou ainda mais o carro, e fez um ajuste assimétrico na suspensão para melhorar o carro nas curvas à direita, já que as principais curvas são para a direita, e alguns outros ajustes que deixaram o carro muito melhor nas curvas. Também aproveitei para comprar um capacete, já que o que eu sempre usava era emprestado e para moto. Acabei encontrando um Simpson Bandit usado por um bom preço.

 

Time Attack Paraguay 2018 – Terceira Etapa

Como eu já havia ganhado as duas primeiras etapas, essa etapa era muito importante para o campeonato. Eu precisava vencer para chegar na última etapa precisando apenas de um quarto lugar para conquistar o título, já que na última etapa os pontos valeriam 50% a mais.

Como estiva limitado pelo regulamento e meu carro era um dos menos potentes na categoria, o pessoal começou a diminuir a diferença nos tempos, que na primeira etapa foi de 2,629 segundos para o segundo colocado, e na segunda foi de 1,514 segundo.

Nessa etapa pela primeira vez no ano comecei em segundo lugar na primeira saída à pista das três que teríamos — já que essa etapa teve 67 inscritos, o que diminuiu o tempo de pista. Meu melhor tempo foi de 59,583 e do primeiro colocado foi de 58,931. Na segunda saida à pista consegui passar ao primeiro lugar por uma pequena diferença. Fiz 58,913 e ele não conseguiu baixar o tempo e continuou com 58,931, e a diferencia ficou em apenas 0.018 milésimos.

A terceira e última saída à pista foi a mais emocionante, já que na quinta volta eu baixei o tempo a 58,623 mas na mesma volta ele baixou a 58,569. Mas na sexta e penúltima volta consegui baixar o tempo a 57,969 para retomar o primeiro lugar, já que ele não conseguiu baixar mais o tempo nas últimas duas voltas, terminando assim com a vitória. 

Livre:

  1. Miguel Larreinegabe (Mitsubishi Evo VII) 52,724
  2. Nestor Acosta (Subaru Impreza STI) 53,061
  3. Horacio Arcondo (Subaru Impreza WRX) 55,401

RS:

  1. Allan Aquino (Honda Civic Type R)* 54,418
  2. Mauricio Barreto (Subaru BRZ) 56,563
  3. Kevin Aguilera (Honda Integra Type R) 56,716

Super Sports:

  1. Victor Muñoz (BMW M4) 56,594
  2. Nadia Aranda (Nissan GTR) 59,210
  3. Alfredo Gali 59,686

AWD:

  1. Abraham Rodriguez (Subaru Impreza STI) 56,165
  2. Victor Chavez (Mitsubishi Evo X) 56,914
  3. Mariano Cabrera (Subaru Impreza STI) 57,053

TS-B:

  1. Ariel Agüero (Nissan 350z) 56,465
  2. Allan Aquino (Honda Civic Type R)** 57,089
  3. Michel Mendoza (Volkswagen Golf GTI)

TS-A:

  1. Airton Gaboardi (Toyota Celica GT) 57,969
  2. Eduardo de Puerto (Toyota Celica Sports M) 58,569
  3. Oscar Torales (Toyota Runx Z) 59,799

* Pneu Slick

** Pneu de Rua

Video da ultima saida à pista:

Vídeo oficial da terceira etapa:

Resumen del Time Attack Paraguay 3ra Fecha!

Resumen del Time Attack Paraguay 3ra Fecha!

Publicado por Subaru Performance Paraguay em Quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Depois da terceira etapa, com mais tempo, pensei em algumas pequenas melhoras que poderia fazer, e acabei comprando uma polia do virabrequim de alumínio da VMS, com 1kg a menos que a original.

Também decidi fazer um experimento, cortando um parachoque traseiro que tinha guardado, para tentar evitar o efeito paraquedas nas retas, uma modificação bem comum nos Honda.

Na verdade acabei não notando diferença na velocidade da reta, pelo menos até a velocidade que meu carro alcança na reta que é de 150 a 155km/h. Não nouve nenhuma variação, provavelmente em velocidades mais altas se note alguma diferença considerável.

 

Time Attack Paraguay 2018 – Última Etapa

Na última etapa cheguei precisando apenas chegar em quarto lugar para poder ganhar o campeonato na minha categoria.

Ja na segunda saída à pista fiz meu melhor tempo do dia 58.197, o que me garantiu o primeiro lugar da categoria, ja que ninguém conseguiu baixar meu tempo até o final.

Assim acabei conquistando a quarta vitória em quatro time attacks e também o campeonato da categoria TS-A.

Livre:

  1. Nestor Acosta (Subaru Impreza STI) 52,129
  2. Miguel Larreinegabe (Mitsubishi Evo VII) 52,210
  3. Allan Do 55,019

RS:

  1. Leonardo Duarte (Subaru Impreza STI) 54,977
  2. Mauricio Barreto (Subaru BRZ) 55,404
  3. Kevin Aguilera (Honda Integra Type R) 56,577

Super Sports:

  1. Victor Muñoz (BMW M4) 57,182
  2. Nadia Aranda (Nissan GTR) 1:00,233
  3. Oscar Fernandez (Ferrari F430) 1:00,036

AWD:

  1. Mariano Cabrera (Subaru Impreza STI) 56,679
  2. Michel Mendoza (Subaru Impreza STI) 56,906
  3. Victor Chavez (Mitsubishi Evo X) 57,326

TS-B:

  1. Allan Aquino (Honda Civic Type R) 55,820
  2. Ariel Aguero (Nissan 350z) 56,874
  3. Ricardo Mendoza (Volkswagen Golf GTI) 59,236

TS-A:

  1. Airton Gaboardi (Toyota Celica GT) 58,197
  2. Eduardo del Puerto (Toyota Celica Sports M) 58,699
  3. Nelson Ledezma (Toyota Runx Z) 58,906

Campeões de cada Categoria:

Livre:  Nestor Acorsta (Subaru Impreza STI)

RS: Mauricio Barreto (Subaru BRZ)

Super Sports: Victor Muñoz (BMW M4)

AWD: Mariano Cabrera (Subaru Impreza STI)

TS-B: Allan Aquino (Honda Civic Type R)

TS-A: Airton Gaboardi (Toyota Celica GT)

Tabela dos meus tempos desde o primeiro time attack:

Ano-Etapa Tempo Velocidade Media Km/h
2016-1 1:04.613 100.289
2017-1 1:03.884 101.434
2017-2 1:01.254 105.789
2017-3 1:00.122 107.781
2018-1 59.486 108.933
2018-2 58.749 110.300
2018-3 57.969 111.784
2018-4 58.197 111.346

Melhora de 6.644 segundos e 11.057 Km/h na media de velocidade.

Vídeo oficial da última etapa:

Resumen del Time Attack Paraguay 3ra Fecha!

Resumen del Time Attack Paraguay 3ra Fecha!

Publicado por Subaru Performance Paraguay em Quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Bom, pessoal todas as metas que me impus esse ano foram cumpridas, ganhar o campeonato e chegar aos 58 baixos / 57 altos.

Ano que vem a meta é passar para a categoria RS, e tentar chegar aos 54 baixos/53 altos e, claro, tentar ser campeão. Vai ser bem mais difícil porque vou ter uma concorrência bem forte.

Os próximos passos? Eletrônica, freios e finalmente o turbo!

Até a próxima pessoal! Deixo fotos de alguns carros que participarão da terceira e da quarta e ultima etapa do Time Attack Paraguay 2018.

Por enquanto é isso, pessoal. Até a próxima!


Clique aqui para ver o índice dos projetos e acessá-los individualmente

Matérias relacionadas

Project Cars #371: a restauração do Volkswagen Gol GT 1985

Leonardo Contesini

Project Cars #362: como se faz um BMW de drift?

Leonardo Contesini

Volkswagen Brasilia Puma: a história do Project Cars #323

Leonardo Contesini