A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Project Cars Project Cars #114

Project Cars #114: uma suspensão mais esportiva para o Toyota Celica GT

E aí, pessoal do FlatOut? Apesar da demora por problemas de saúde para postar uma atualização do projeto, nessa semana consegui um tempinho para colocar meu projeto em dia.

Como vou fazendo as coisas que me vem à cabeça, tudo aquilo que eu disse que faria no fim do primeiro post eu ainda não fiz, e acabei fazendo outras coisas.

A primeira coisa foi conseguir o volante original de couro, que era um opcional de fábrica para o modelo GT. Como vocês viram no primeiro post, meu volante original tinha uma capa feiosa pois estava despedaçando todo por ser velho e muito usado. Comecei a procurar no eBay e nos fóruns gringos, mas não estava achando nenhum em boas condições ou então encontrava bons volantes, mas vendidos somente com o airbag (que eu já tenho) e por isso o preço acabava ficando muito alto.

20140916_160147

Depois de muito procurar acabei encontrando um cara no fórum newcelica.org, que estava desmontando um Celica batido e tinha o volante para vender sem o airbag. Negociei com o cara — que é da Inglaterra, e em 20 dias o volante chegou. Ele estava em perfeito estado, como se fosse novo.

20141129_094916

Em seguida modifiquei as molas. Depois te ter trocado os amortecedores o carro acabou levantando um pouco — estava com uns cinco centímetros de espaço entre a roda e o para-lama, e o carro balançava muito nas curvas — então comecei a procurar informação sobre molas esportivas. Encontrei várias opções: as da Megan Racing rebaixavam o carro em 50 mm, as Tein S.Tech rebaixavam 35 mm, as H.Tech 50 mm, as TRD 30 mm, e as da Eibach rebaixavam 40 mm. Também tinha as opções Made in China que custavam um terço do preço, mas dessas eu passei longe.

Depois de medir e medir acabei optando pelas Tein S.Tech que baixavam 35 mm, uma medida legal porque não ia ficar tão baixo para andar no dia-a-dia e a roda tampouco entraria no para-lama. Na teoria as rodas ficariam alinhadas com as bordas dos para-lamas — tanto na frente quanto atrás.

 

Depois de colocadas as molas me assustei por que o carro não ficou mais baixo — ele estava praticamente na mesma altura que antes. Bastou dar umas voltas que o carro foi baixando. Quando medi novamente vi que a suspensão estava realmente uns 3,5 cm mais baixa.

Com a troca das molas originais pelas molas da Tein notei o carro muito mais estável a suspensão ficou bem mais dura também. Agora ele está muito mais grudado no chão e bem melhor de curvas.

20140930_180256

O seguinte passo foi trocar as buchas do braço de direção um problema eterno que tenho pela má condição das ruas de Assunção (Paraguai). Geralmente troco elas a cada cinco ou seis meses, então queria alguma solução que aguentasse mais tempo.

Ja tinha na cabeça faz muito tempo colocar buchas de poliuretano mas tinha medo por causa da vibração ja que minha suspenção era bem dura e ficou mais ainda com as molas novas. Pesquisei um pouco e depois de ver que o kit era muito barato resolvi arriscar. Tinha duas opções: os da Energy Suspension e da Prothane. Acabei optando pelos da Prothane.

Prothane

Depois de instalar as buchas notei a direção do carro mais dura e precisa o carro ficou ainda mais estável. Também desapareceu um vibração que eu sentia no volante em freadas mais fortes, mas agora sinto mais as vibrações do asfalto. Também logo que instalei as buchas elas faziam muito barulho ao passar por lombadas, o que me fez pensar em voltar para as buchas normais. Com uns 20 dias de uso, contudo, o barulho desapareceu.

Prothane

Bom, pessoal, por enquanto é só. Não vou prometer outras modificações como no primeiro post porque é bem provável que acabe mudando de ideia pelo caminho, então fica o suspense para o próximo. Até lá!

 

Por Junior Gaboardi, Project Cars #114

0pcdisclaimer2

Matérias relacionadas

Project Cars #370: usando um Subaru WRX STI no dia-a-dia

Leonardo Contesini

Project Cars #83: pequenos reparos, aprendizado e um casamento a bordo da Vespa 150 Super

Leonardo Contesini

Kadett C20XE turbinado? Conheça a história do Project Cars #17!

Juliano Barata