FlatOut!
Image default
Project Cars Project Cars #133

Project Cars #133 – um novo motor e reforços de alumínio para o Porsche 550 Spyder de Ricardo Landi

Olá pessoal do Flat Out, hoje vou contar mais um pouco sobre a construção do meu 550. Como eu havia dito no post anterior, não pretendo fazer um carro para track days — quero apenas curtir por aí numa boa.

Quando comecei meu projeto queria fazer um carro diferente e não igual as réplicas do Porsche 550 que vejo na rua. Minha ideia era fazer o mais próximo do original, e por isso estudei muito sobre o carro para tentar reproduzir os detalhes ao máximo na minha réplica.

Comecei modificando a carroceria: fiz mudanças na base de apoio do capô dianteiro, no capô traseiro e substituí toda a fibra de vidro possível por alumínio. Com isto deixei o carro mais próximo do original e também muito mais rígido pois o alumínio está rebitado tanto na carroceria quando no chassi.

10256864_10154059663230182_157864326431934810_n

Sobre a parte mecânica, não quis nada muito moderno: estou usando um motor Volkswagen a ar com bloco de alumínio da AutoLinea, pistões Mahle 94 mm, virabrequim cursado de 79 mm, comando de válvula com maior levante e cabeçotes com molas duplas e válvulas maiores, e 40 x 35,5 mm.Vou usar uma tampa de válvula com o nome Porsche grafado como nos originais. A alimentação será feita por uma carburação dupla Dellorto 40 mm e bomba de combustível elétrica.

Landi Spyder 550 (28)

Com essas mudanças o motor vai ficar com 2.2 litros de cilindrada — vai ficar um canhão (nem sei pra quê, pois quero o carro apenas para passear e curtir).

Landi Spyder 550 (51)

Para a transmissão, vou usar um câmbio de Fusca com coroa e pinhão 8 x 31 — o famoso “câmbio de SP2”. Coloquei também um diferencial blocante em 70% para poder ter uma tração um pouco melhor e sistema de embreagem hidraúlica. Os pneus estou usando finos como na época com as rodas de cinco furos dos Porsche da décade de 1950 —  tala 4.5 na frente e 5 na traseira. Os freios serão a tambor nas quatro rodas mas com dutos de ventilação como usado no carro original.

Consegui todos os emblemas originais do carro para a carroceria e chassi, e também consegui um manual original dos 550 — coisa raríssima que guardo a sete chaves.

Com toda esta garimpagem sobre o Porsche 550 Spyder me tornei um quase perito sobre este modelo, e com isto consegui achar peças e detalhes para deixar minha réplica mais parecida com os originais, mas precisei trazer peças a  Europa, Oceania e América do Norte. É praticamente um carro da ONU!

Por enquanto é isso, pessoal. No próximo post contarei mais sobre a construção do Little Bastard. Até lá!

Por Ricardo Landi, Project Cars #133

0pcdisclaimer

Matérias relacionadas

Project Cars #481: o raro Opala Standard 82 com câmbio na coluna finalmente está pronto!

Leonardo Contesini

Honda Civic Si Turbo: os detalhes da preparação do Project Cars #358

Leonardo Contesini

Project Cars #410: meu Volksrod está pronto – e rodando nos encontros

Leonardo Contesini