FlatOut!
Image default
Project Cars Project Cars #427

Project Cars #427: pequenos reparos e o convívio com o Ford Ka XR

Continuando a falar sobre as manutenções do Ford Ka, terminei o segundo texto falando sobre a troca dos amortecedores. Mas ainda havia alguma coisa que me incomodava no uso do carro. Era uma trepidação na frente do carro toda vez que eu acelerava forte. Inicialmente era apenas nestas ocasiões e com o passar dos meses foi ficando constante, era acelerar para andar com normalmente com o carro que a trepidação aparecia. Não teve jeito, carro na oficina, levanta o carro, procura o que pode ser e eis o resultado:

Um calço do motor e um calço do câmbio estourados. Troca efetuada e o carro parecia Zero de novo. Aproveitei esta parada na oficina e troquei a junta da tampa de válvulas que estava com um pequeno vazamento.

1 calço da caixa de marcha – R$ 155,00
1 calço superior do motor (lado direito) – R$ 147,00
Junta da tampa de válvulas – R$ 86,00
Mão-de-obra – R$ 300

Feitas estas manutenções, acredito que terminei de revisar a parte mecânica do carro para que ele ficasse 100% confiável para qualquer uso que fosse vir a ter.

Foram gastos R$ 933 (revisão inicial) + R$ 1.090 (rodas e pneus) + R$ 1.500 (revisão e manutenção do sistema de ar condicionado) + R$ 1.380 (revisão da suspensão dianteira) + R$ 1010 (kit de amortecedores, mão de obra e alinhamento) + R$ 688,00 (troca dos calços do motor e câmbio + junta da tampa de válvulas) totalizando R$ 6.601,00 para finalizar a parte mecânica do carro.

Gostaria de aproveitar estes textos para poder falar um pouco sobre os prós e os contras do Ford Ka antes de abordar a parte da pintura do carro. Dividi em tópicos bem diretos, para não ficar muito chato de ler e facilitar para passar a impressão geral do carro.

Contras

Conforto. Banco sem apoio suficiente nas laterais e falta de apoio lombar
Volante alto demais, não tem regulagem de altura, mas a pegada é muito boa
Câmbio curto (aumenta bastante o consumo em estrada)
Teto baixo para quem vai sentado no banco traseiro, fica batendo a cabeça
Porta Malas minúsculo, cabem duas mochilas e olhe lá
Péssimo isolamento térmico. No sol o interior do carro esquenta muito!
Dificuldade para achar peças específicas do XR (saias laterais, aerofólio, emblemas, adesivos, console central, manopla de marcha etc)
Forro da porta solta com facilidade. Solta o tecido, quebram as travas
Sistema de Arrefecimento requer cuidados, suja com facilidade
Falta do marcador de temperatura no painel. Há apenas a luz do F¨#%$
Botão de abertura elétrica da mala sempre para de funcionar

Prós

Câmbio com engates precisos
Pedais em posição ótima, facilitando o punta tacco
Facilidade para fazer curvas. Entre eixos curto
Torque disponível desde baixos RPM (80% do torque disponível a 1500 rpm)
Câmbio curto (para cidade é uma maravilha e para divertir nas serras também. O carro está sempre disposto para acelerar). Segue uma foto da comparação do câmbio do Ka XR para o Ka Sport onde é possível ver essa diferença

Foto 03

Consumo na cidade (10,5 km/l)

Carro curto, cabe em qualquer vaga

Foto 04

Facilidade para achar peças do motor Zetec 1.6.

Dificuldade de achar Peças.

Como falei nos “contras”, alguns itens são muito difíceis de se achar. As Saias laterais são um deles. Ela é composta por duas partes, a “botinha” que fica próxima ao paralama dianteiro e a parte comprida que vai até o paralama traseiro. Essa “botinha” tem o costume de cair. Em vários Ka XR anunciados na internet ela está faltando. Não bastasse cairem com facilidade, você não encontra pra vender…. As minhas estão muito bem presas e evito passar em bolsões d’água ou qualquer outra coisa que possa bater nessa peça e fazer ela cair.

Quando comprei o Ka XR, os emblemas estavam bem gastos. Na tampa traseira existe o emblema escrito KA e o emblema 1.6. O primeiro é mais tranquilo de se achar original, basta procurar um pouco no mercado livre que se acha (paguei R$ 14,00 nele). Entretanto, o emblema 1.6 eu fiquei um bom tempo procurando e quando apareceu um a venda, original, não pensei duas vezes e comprei (paguei R$ 70,00).

Outro detalhe que me incomodava quando peguei o carro era a manopla de marcha. Ela originalmente vinha com a parte superior em prata, mas a minha estava bem gasta. Resolvi pintar e ficou bom durante um tempo, mas como não passei verniz para finalizar, a tinta acabou saindo com o tempo. Tenho que refazer esse procedimento de forma correta, aí o problema será resolvido.

Conforme fui conhecendo mais detalhes sobre o Ka XR, descobri sobre o silencioso final original do modelo, produzido pela Arvin. Fui verificar qual era o silencioso que estava no meu XR e era um da Mastra. Fiquei um bom tempo pesquisando para tentar achar o original e através de uns amigos consegui achar em SP o silencioso final por R$ 492,00. Infelizmente ainda não comprei porque o dinheiro não deu, mas assim que tiver como, ele virá para o carro.

O XR 2001 possui um aerofólio funcional, que só saiu durante o ano de 2001 nos XR, no Ford Ka Tecno 2001 e no Ford Ka Black (série especial). Este aerofólio é funcional e segundo algumas fontes garante entre 5 e 8 km/h a mais na velocidade final.

Saí correndo atrás desse aerofólio, até que consegui achar um Ford Ka Black num ferro velho e adquiri a peça, entretanto ela não cabe no meu XR. Como pode ser visto nas fotos abaixo, a parte superior da tampa da mala do Ka até 2001 é diferente da tampa da mala do Ka pós 2001. Quando procurei o aerofólio, pensei que a diferença era apenas na parte inferior da tampa. Fazer o que…. Quando tiver tempo, farei uma réplica em fibra e irei moldando até caber na tampa da mala do meu XR.

Um detalhe que acho bem interessante, mas que saiu apenas no XR 2001, é a entrada de ar ao lado da placa no parachoque dianteiro. Até hoje não achei esta peça para vender, mas se achar, irei comprar.

Com a ajuda do Adriano Krempel, Project Car #42 consegui o número de Ford Ka XR produzidos em cada cor durante a sua fabricação entre 2001 e 2007. Segundo as informações obtidas, a Ford à época trabalhava com a escala já definida de produção para as cores, mudando apenas em 2006 e 2007. Apenas uma observação, pode ser que esses números tenham alguma diferença para a realidade, mas nada muito discrepante.

Números de Fabricação:

XR 2001

Prata Columbia: 225
Vermelho Bari: 98
Cinza Everest: 66
Preto Ebony: 189
Azul Mônaco: 16
Branco Ártico: 13
Verde Marselha: 12
Vermelho Bordô: 10

XR 2002 a 2007

Prata Columbia: 225
Vermelho Bari: 98
Cinza Nassau: 21
Preto Ebony: 189
Azul Maresias: 11
Branco Ártico: 13
Vermelho Bordô: 10

Não consegui achar foto de todos os Ka XR em todas as cores produzidas, mas já dá para ter ideia de como eles são. Seguem algumas fotos destes Ford Ka. Os XR não são feitos apenas de carros prata ou preto.

Como durante o período que estava escrevendo este texto uma pessoa bateu no meu carro quando ele estava estacionado, resolvi adiar um pouco o texto sobre a pintura e já colocar o carro reparado no último texto deste PC, onde mostrarei o carro finalizado sendo usado para encontros de carros, encontro com amigos e viagens por aí.

Por Patrick Lopes, Project Cars #427

0pcdisclaimer2

Matérias relacionadas

Diário de um Subaru: o último post de um projeto sem fim

Leonardo Contesini

Project Trip #328: uma viagem ao redor do Uruguai com meu BMW 130i

Leonardo Contesini

Project Cars #88: um quebra-cabeças carburado no Gol GTS de Marcos Amorim

Leonardo Contesini