A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Project Cars Project Cars #523

Project Cars #523: os detalhes da preparação e customização do meu Fusca 1700

Por Douglas Furlan, Project Cars #523

Antes de mais nada quero pedir desculpas pela demora de escrever e encaminhar o conteúdo desse blog, pois tive muitos contratempos, tento particular, tento com o projeto, adorei que várias pessoas ficaram empolgadas com a primeira parte do projeto, querendo ver as mudanças e a execução da construção e “montagem” do projeto no Fusca me orgulho disso, sempre foi um sonho de criança e hoje vejo que está muito próximo do objetivo.

Olhando algumas fotos dos Fuscas da extinta Divisão 3 fiquei doido para montar algo inspirado nos carros dessa época, 

procurei muitas informações e olhei muitas fotos de carros de corrida antigo, em especial os alemães, Porsche (sempre fui louco por elas, segundo minha mãe eu sempre quis passar o carro na frente dos bois), BMW, Mercedes, e os japoneses Nissan GT (os famosos Hakosuka). Acho muito louca as pinturas desses carros.

 

Foi feito umas faixas nas laterais para inspirado nos carros japoneses:

Antes eu usava as rodas de ferro aro 15, estava querendo rodas de época que fossem bonitas e pouco utilizadas,

Foi aí que conheci a RM Rodas, eles fabricam várias réplicas e as famosas rodas “bolo de noiva” que a Scorro fabricava para os Pumas 1968:

Também conversamos muito e chegamos a uma medida de rodas que davam pra usar um pneu legal e depois de diversos testes foram fabricadas as rodas no aro 14 e com as talas 5,5” e  9”, dianteira e traseira 

Respectivamente porém, mesmo com muitas medições esqueci que, de 15”x9,25” de ferro para 14”x9” em alumínio ficariam menores. 

Uso atualmente pneus Yokohama Blueheart de 165/60 na dianteira e 195/65 na traseira, porém pretendo ter um jogo de rodas de ferro aro 15 com pneus Yokohama Neova para track in day e time attack.

Um colega de trabalho chegou e disse: Tem um amigo que se separou e não vai montar o Fusca que ele estava fazendo, ele disse que vai vender as peças que ele comprou para o projeto, vai lá dar uma olhada e veja se interessa. Combinei de ir ver as peças, quase tudo novo, um kit de pistões AA de 88mm, camisas originais do 1600cc abertas para os pistões, comando Engle W100, cabeçotes do 1600cc para mexer e dupla carburação Solex 32.

Fiquei animado, arrematei tudo e levei para o Fabinho Calderani analisar e mandar preparar as peças, foi trocado o comando por um Empi W110, feito trabalho nos cabeçotes, aberto os carburas pela A.J.Santana de 32 para 34mm, e montado e ajustado pelo Fabinho da FC.Motorsport, tivemos que trocar o virabrequim por conta do desgaste do velho que tinha no 1300cc e volante do motor por conta da área maior de contato com a nova embreagem de 900lbs.

Antes de instalar a nova mecânica fiz um trampo do cofre do motor e no chiqueirinho, precisava soldar umas trincas, aproveitei que o motor estava fora e fiz todo o trampo.

Inspirado em Porsches de corrida eu furei todas as maçanetas, falta recromar as peças ainda.

Hoje o carro possui a mecânica 1700cc e ainda uso o câmbio original do 1300cc, sendo assim o carro está muito esperto na saída e as trocas acontecem muito rápido graças a alavanca Runner, porém não tem final devido a curta relação da coroa e pinhão que será trocada em breve e será feito serviço de sincronização das engrenagens.

O escapamento é 4×2 no estilo Speed feito pelo Scapetito e o interior do carro foi depenado como nas pistas, mais terá um novo revestimento de  teto como nos Fuscas “Pé de boi” (só que em courvin com costuras) e laterais de porta e parte traseira que estão sendo preparadas.

Após a instalação do motor o carro desceu e pegou as bordas interna das rodas traseiras nos braços do suporte superior dos amortecedores traseiros, que foi resolvido com uma placa espaçadora de 15mm da Razor de Londrina.

Vendo algumas Porsches de corrida decidi fazer os bancos meio que no estilo alemão, xadrez, e como a intenção é pintar o interior do carro de bege, foram feitos com courvin marrom Ferrari e marrom café da Hyundai, o tecido xadrez foi fornecido pela Blessed e ficou um charme, montados a partir de bancos em fibra de vidro sob encomenda (cópia dos San Marino) ficaram com uma ótima posição de pilotagem.

Ainda tem muito que fazer no carro, em breve mostro mais detalhes, fotos e informações das novas melhorias a serem feitas no carro. O bacana desse carro é que meu filho nasceu e já adora mexer.

Até breve com mais informações…


Clique aqui para ver o índice dos projetos e acessá-los individualmente

Matérias relacionadas

Project Cars #341: comprando e reparando um Subaru Impreza de leilão

Leonardo Contesini

Project Cars #474: a história do meu BMW 323ci E46

Leonardo Contesini

Project Cars #311: começa a preparação do meu Peugeot 306 Rallye

Leonardo Contesini
error: Direitos autorais reservados