A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Project Cars Project Cars #96

Project Cars #96: conheça o Fórmula SAE turbo da FEB Racing

Fala, galera! Sou estudante de engenharia mecânica na Unesp Bauru e responsável pela área de motor da FEB Racing, uma equipe de Fórmula SAE que vai competir pela primeira vez em outubro deste ano. Nos próximos posts eu vou apresentar para vocês nossa equipe, nossa história, todo o processo de fabricação e testes do nosso primeiro carro e as dificuldades e satisfações pelas quais passamos.

A FEB Racing nasceu há cerca de dois anos, quando um cara, ainda no primeiro ano de faculdade, lançou essa ideia na turma de mecânica e outros cinco, sem experiência nenhuma na área, acreditaram nela e fizeram dela seu objetivo. Esse cara é o Marcelo, capitão da equipe. Eu sou um dos cinco e hoje somamos 32 integrantes, estudantes de Engenharia Mecânica, Elétrica, de Produção, Design e Relações Públicas.

De lá pra cá, ouvimos muitas respostas como “não”, “vocês não vão conseguir”, “é muito difícil”, “é muito caro” e “isso nunca vai sair do papel”. No entanto, também teve gente muito boa que resolveu ajudar e nos apoiar, alguns deles são: o Tomate da JC Racing, o Professor Vigilato, do Senai Bauru e o Gustavo Altoé. Essas feras manjam muito da parte técnica e estão sempre nos dando uma mão, contribuindo para nosso aprendizado e para a melhoria do projeto.

Fsae

Tem também o pessoal do FEB Aerodesign, a equipe de aerodesign  aqui da Unesp Bauru, e as outras equipes de fórmula como a EESC e a Fênix (ambas participantes aqui do Project Cars) que sempre tiram algumas dúvidas e nos dão a maior força.

Durante esse tempo enfrentamos várias dificuldades, como a falta de dinheiro (sempre ele). Neste ano a verba que a reitoria nos dá, que já era insuficiente para cada um dos três projetos de extensão (Baja, Fórmula SAE e Aerodesign), foi reduzida a um terço do que era, o valor não dá nem para comprar um jogo de pneus!

235

Por isso, os patrocínios são muito importantes. Outro problema é a importação de peças. Assim como na maioria dos Project Cars, muitas de nossas peças tem que vir de fora, o que dificulta e encarece o projeto. Há também a burocracia dentro da universidade, que complica um bocado a nossa vida, bem como o desinteresse por esse tipo de projeto.

Apesar de tudo isso, como vocês sabem: quando um gearhead  quer,  não desiste. Quem corre atrás, colhe os frutos. Então,  nossa ideia se fortaleceu e tomou forma, até que recentemente, conseguimos um cantinho emprestado, para ser nossa oficina e finalmente compramos nosso motor!

DCIM100GOPRO

 

Ah, agora começa a ficar interessante, vamos ao carro, o FR1! Estamos atualmente na fase inicial de construção do nosso protótipo. Nosso projeto visa leveza, simplicidade e baixo custo. O chassis será tubular. O projeto inicial era um chassis híbrido (fibra de carbono e tubular), no entanto se tornou inviável devido ao tempo que levaria. O motor é um monocilíndrico de CB300 sobrealimentado por uma turbina.

Apesar de o regulamento da competição permitir o uso de motores com até 610 cm³, optamos por um motor menor, monocilíndrico, que é mais leve e consome menos combustível. No entanto, a escolha do modelo foi ditada pela grana mesmo, mas mesmo assim ele não vai fazer feio frente aos outros.

DSCN8628

Até ano passado nenhuma equipe vinha utilizado motor turbinado. A transmissão será manual (as borboletas no volante também foram adiadas, depois veremos por que) e as suspensões serão do tipo duplo A. Para quem estiver curioso, curta nossa fanpage no facebook. Lá, você confere todas as novidades e os bastidores da FEB Racing!

No próximo post vamos direto ao que interessa: detalharemos cada um dos subsistemas do veículo. Não perca!

Project Cars #96

0pcdisclaimer2

Matérias relacionadas

Project Cars #318: a conclusão do meu Honda Prelude VTEC 1993

Project Cars

Um Fusca Itamar para as ruas e para as pistas – conheça a história do Project Cars #86

Leonardo Contesini

Project Cars #88: como Marcos Amorim recuperou seu Gol GTS após um misterioso capotamento

Leonardo Contesini