FlatOut!
Image default
Humor Pergunta do dia Zero a 300

Quais são os acessórios mais toscos, desnecessários ou bizarros que se pode colocar em um carro?

Em algum momento da história da humanidade, tuning era apenas uma palavra da língua inglesa que podia ser traduzida como “ajuste”, “sintonia”ou “afinação”. Você sintonizava o rádio para tocar a estação que você queria usando o botão tuning, por exemplo. Tratando-se de carros, o sentido original da palavra também era este – fazer ajustes no motor do carro, melhorando o fluxo, trocando o sistema de alimentação, aumentando o deslocamento, reforçando componentes. Era (ainda é, na verdade) o engine tuning.

É difícil precisar o momento em que o termo tuning deixou de significar “fazer ajustes no motor” e passou a ser “personalizar o carro”, mas é sabido que a prática começou a se popularizar no mundo todo no início dos anos 2000, quando a cena tuning de Los Angeles foi retratada nos primeiros dois filmes da saga “Velozes e Furiosos”, lançados em 2001 e 2003, respectivamente – longos 17 anos atrás, só para lembrar. O tuning exagerado, de gosto duvidoso, não demorou para aparecer e tornar-se um dos temas favoritos da zoeira dos entusiastas, que cunharam o termo xuning.

3244aba029972ee4ebe0b046d7680a60

Como você e seus amigos se imaginavam 15 anos atrás

Por mais que hoje em dia o tuning/xuning não seja mais tão popular (lembra quando existiam revistas dedicadas inteiramente a carros xunados, com muita fibra de vidro e massa plástica, portas tesoura, neon e garotas de biquíni?), ainda existe toda uma indústria dedicada a acessórios automotivos toscos, bizarros e desnecessários. E gente quer saber: quais são os acessórios automotivos mais toscos, bizarros e desnecessários que existem?

Para nós, sem dúvida um dos acessórios mais cara-de-pau que existem é o teto solar falso. Um pedaço de acrílico escurecido que sustentado por uma pequena armação que fica colada no teto do carro, dando a ilusão de um teto solar semi-aberto. Armação, de fato.

teto-solar-automotivo-elevado-acessorios-tuning-D_NQ_NP_3122-MLB4831069394_082013-F

Observado de certos ângulos o acessório até pode enganar. Mas não é preciso mais que 10 segundos (talvez menos) para perceber a malandragem. Ninguém é melhor que ninguém por ter um carro com teto solar, cara – o máximo que um teto solar falso vai fazer é deixar as pessoas perceberem que você se importa com isto. Até porque não é preciso gastar tanto assim para ter um carro com teto solar – o Ford Verona GLX, por exemplo, tinha um charmoso teto solar com manivela que era a cara dos anos 90, e dá para comprar um desses em estado bem razoável por coisa de R$ 8.000.

adesivo-envelopamento-imitaco-teto-solar-black-piano-78x33-D_NQ_NP_530905-MLB25091353488_102016-F

Existe uma versão ainda mais sem-vergonha do teto solar falso: um simples adesivo preto, na forma de um retângulo com cantos arredondados, que por ser feito de vinil preto brilhante até engana em um primeiro momento. Os preços vão de R$ 20 a R$ 60, e os mais caros possuem até a borda fosca para imitar a moldura de borracha usada nos tetos solares de vedade. Pode não ser invasivo, pode não ser irreversível e pode ser barato, mas não é legal. É uma mentira. Não serve sequer como piadinha irônica. Não tem graça.

Quer um outro exemplo? Talvez você tenha visto por aí alguns produtos curiosos anunciados por uma empresa de consórcios, como um “voante anti-estresse” que simula a textura e o comportamento do plástico-bolha – um anti-estressante tão eficiente que geralmente dá briga em casa quando alguma encomenda chega pelo correio, pois todo mundo está estressado hoje em dia e quer apertar o tal do plástico-bolha. O anúncio diz que o material simula perfeitamente a experiência de estourar as bolhas do plástico e é ideal para desestressar no trânsito. E as bolhas se inflam sozinhas depois de estouradas.

volante

É um produto falso, e a campanha tem como objetivo justamente pedir mais calma e prudência no trânsito, mas em um mundo onde existem uma adesivo que imita teto solar, quem pode ter certeza de que um volante anti-estresse não existe mesmo? Além disso, seria o par perfeito para aquelas bolinhas de madeira que os taxistas raiz adoram usar – dizem que massageiam as costas, aliviam a tensão muscular e até simulam os efeitos da acupuntura. What the f*ck?

capa_massageadora_bolinha_madeira_para_banco_31424_1_20170224093314

Na verdade as capas de madeira podem ser perigosas. Ao dirigir sentado em uma dessas coisas, você corre o risco de ter uma bolinha dessas pressionada contra suas vértebras ou costelas em caso de uma batida, ou mesmo de escorregar do banco por baixo do cinto de segurança.

Nenhum dos dois chega a ser xuning de verdade, até porque ambos são facilmente reversíveis. Sabemos que existem outros elementos bem piores, e foi exatamente por isso que perguntamos a vocês: quais os acessórios automotivos mais ridiculamente desnecessários, feios ou simplesmente idiotas que se pode colocar no carro? Não nos decepcionem!

Matérias relacionadas

Todos os ângulos do novo Puma, a volta do Subaru Forester STI, FlatOut no Salão do Automóvel e mais!

Leonardo Contesini

O fim da produção do Ford Focus, BMW anuncia M8 e Série 8 Gran Coupé, Amsterdam quer banir carros não-elétricos e mais!

Como uma fabricante de pneus está tentando “reinventar a roda” para os carros híbridos e elétricos

Leonardo Contesini