A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Top

Quais são os carros mais vendidos de todos os tempos ao redor do mundo?

Qual é o carro mais vendido de todos os tempos? Se você for perguntar à Volkswagen, eles dirão que é o Fusca. Entre 1938 e 2003, o Besouro teve mais de 20 milhões de unidades vendidas – exatamente 21.529.464 carros fabricados no período. A Volks defende o título dizendo que o Fusca jamais sofreu alterações significativas em seu projeto, sendo essencialmente o mesmo carro por 65 anos.

Já a Toyota diz que o carro mais vendido de todos os tempos é o Corolla, que superou o Fusca no fim da década de 1990. Em julho de 2013, o Corolla atingiu a marca de 40 milhões de unidades vendidas. No entanto, há quem acredite que o recorde ainda pertence ao Fusca porque o Corolla já teve 11 gerações e mudou radicalmente desde que foi lançado, em 1963. Muito mais gente aceita o título do Corolla porque, bem, praticamente toda fabricante fez o mesmo, não é?

Mas o que a gente quer saber é algo ainda mais específico: quais são os carros mais vendidos de todos os tempos, separados por país de origem? É isto que vamos responder agora!

 

Alemanha: Volkswagen Golf

golfgti

A Alemanha é o berço do automóvel e começa com “A”, então nada mais justo que começar por ela. Se o carro alemão mais vendido em todo o planeta é o Fusca, o carro mais vendido de todos os tempos dentro da Alemanha é seu substituto, o Golf. De 1974, quando foi lançado, a 2006, o Golf vendeu mais de 25 milhões de unidades no mundo todo. Ou seja: ainda falta bastante para alcançar o Corolla.

 

Japão: Toyota Corolla

ae86

Como dissemos, a marca do Toyota Corolla foi atingida em julho de 2013, quando a 40.000.000ª unidade foi vendida. Por aqui, o Corolla pode até ser visto como o estereótipo do sedã prata de tiozão e, como você sabe, o grande púbico não é muito fã de carros entusiastas. Contudo, vale lembrar que este número inclui todas as versões do carro, incluindo o lendário AE86, com motor quatro-cilindros de 1,6 litro e 130 cv e tração traseira – o último Corolla a oferecê-la.

 

Brasil: Volkswagen Gol

gol-gt (14)

O Gol pode não ser o líder de vendas no Brasil desde 2014, quando foi superado pelo Fiat Palio (e atualmente, pelo Chevrolet Onix). No entanto, ser o carro mais vendido do Brasil desde 1987 o ajudou a conquistar o título de carro brasileiro mais vendido de todos os tempos: mais de 4.500.000 de unidades vendidas.

 

China: Volkswagen Santana

satana-china

Sim, o nosso querido Santanão é o carro mais vendido na China. Ele foi lançado em 1983 e descontinuado em 2013 e, até o fim de sua vida, manteve praticamente o mesmo visual – ainda que com algumas mudanças sutis ao longo dos anos, como para-choques pintados na cor da carroceria. Quer dizer, como o brasileiro, o Santana chinês foi reestilizado duas vezes, em 1991 (Santana 2000) e 2004 (Santana 3000), mas os três conviveram no mercado chinês por alguns anos. Até 2008, 1.670.000 exemplares do Santana foram produzidos na China.

 

França: Renault Clio

clio-hot-hatch (5)

Você até poderia pensar que o carro mais vendido da França seria algum Citroën, como o 2CV, mas não: é o Renault Clio, que já teve mais de 12.300.000 unidades vendidas até 2013.

 

Itália: Fiat Uno

c03bde152f557791287d8ec815959c2b

Novamente, uma surpresa: o Fiat 500 clássico da década de 1950, responsável por motorizar a Itália depois da Segunda Guerra Mundial, não foi o carro mais vendido da península em forma de bota. Este título vai para o Fiat Uno, que foi lançado em 1983 e continuou à venda até 2013 no Brasil, quando foi aposentado por força da lei. Detalhe: a partir de 1990, a italiana Innocenti vendeu uma versão rebatizada do Uno produzido no Brasil com motor 1.0, o Innocenti Mille. Com o lançamento do Fiat Punto na Itália, tanto o Fiat Uno quanto o Innocenti Mille foram descontinuados. De qualquer forma, até 2004, 8.800.000 exemplares do Uno foram vendidos.

 

Suécia: Volvo 200

volvo200

É claro que o carro sueco mais vendido de todos os tempos seria um Volvo. O 200 Series é um dos maiores ícones automotivos da Suécia, com versões sedã e perua fabricadas entre 1974 e 1993. De acordo com o clube de proprietários da Volvo, neste período foram fabricados 2.862.573 exemplares do Volvo 200.

 

Reino Unido: Mini

mini-anti-super-trunfo (5)

Claro que seria o Mini! O maior clássico britânico foi vendido entre 1959 e 2000 sem grandes alterações na fórmula e no visual, e teve 5.505.874 unidades vendidas por lá. Não é à toa que o pequeno sedã de dois volumes (considerando que nao dá para acessar o interior do carro pela tampa do porta-malas) é considerado um verdadeiro ícone britânico.

 

Austrália: Ford Falcon

falcon

No que depender dos números, a eterna briga entre Holden e Ford na Austrália é vencida pelo oval azul. De 1960, quando foi lançado, até hoje, o sedã de tração traseira Falcon vendeu mais de três milhões de unidades, e é o automóvel australiano mais vendido na história.

 

Estados Unidos: Ford F-Series

ford_f-150_raptor_2

Alguém se surpreende com o fato de o carro americano mais vendido de todos os tempos ser uma picape? Pois é: a Ford F-Series, que foi lançada em 1948 e foi, por 28 anos, o carro mais vendido nos Estados Unidos. Só que ela não é apenas um carro, e sim vários. Suas versões incluem a F-150, a F-250, F-350 e assim por diante, além de modelos esportivos como as SVT Lightning e Raptor.

Matérias relacionadas

Os carros mais legais que você pode comprar gastando entre R$ 75 mil e R$ 90 mil – Parte 2

Dalmo Hernandes

O Dia dos Pais está chegando — os presentes mais legais para seu velho entusiasta

Dalmo Hernandes

Os melhores games e demos de corrida grátis para seu PC ou Mac

Dalmo Hernandes