Qual é o componente mais bonito de um carro?

Dalmo Hernandes 4 novembro, 2014 417
Qual é o componente mais bonito de um carro?

Sempre falamos aqui no FlatOut como a beleza de certos carros nos deixa maravilhados até hoje: Jaguar E-Type, os melhores Alfa Romeo (quase todos eles, não é?), Lamborghini Miura… todos estes são belíssimos em todo o conjunto — e boa parte deles no desempenho, inclusive. Mas você já parou para analisar a beleza de uma única e solitária peça?

Se você reparar bem, vai perceber que cada componente de um automóvel tem sua própria beleza, uma beleza única, seja na função ou na forma. E é disso que queremos saber hoje: qual é o componente mais bonito de um carro?

Se for para dar uma sugestão, a nossa é quase óbvia, porém obrigatória: o bloco do motor. Mais especificamente, o bloco de um motor boxer Subaru.

her8k34mw8mg5umz

Como já dissemos aqui no FlatOut, o bloco é, literalmente, o corpo e a alma do motor — o bloco ajuda a definir alguns aspectos importantíssimos da usina que fica debaixo do capô, tais como deslocamento (pelo tamanho dos cilindros), o equilíbrio dinâmico do carro (pelo peso e altura do bloco), as possibilidades de preparação (quanto mais robusto o bloco, melhor) e, claro, o ronco do motor (pela configuração dos cilindros).

archinetc (1)

O bloco de um motor em V até lembra um coração, visto de frente

Mas nós estamos falando de outro aspecto do bloco do motor: sua beleza. Sim, porque há algo que nos fascina naquela grande peça de metal com várias reentrâncias, dutos e encaixes usinados e fundidos que pode ter várias formas e tamanhos diferentes. O bloco nu de um motor é uma verdadeira ode à engenharia, quase uma obra de arte — e, ao mesmo tempo, é a pura imagem da mecânica. E caras como nós, gearheads, naturalmente enxergamos beleza nisso.

E o bloco de um motor boxer Subaru tem algumas características que o tornam ainda mais atraente a nossos olhos. Por exemplo, a disposição oposta dos cilindros os torna mais compactos do que um motor em V ou em linha, além de abaixar seu centro de gravidade, o que é benéfico para a estabilidade do carro. É a beleza na função.

j8db5b8ypv7gouz4

Não foi à toa que o artista Martin Ronaszegi escolheu o bloco de um motor boxer para criar uma mesa de centro. É como ter uma pequena aula de mecânica e engenharia na sala de estar.

E não podemos esquecer do ronco encorpado e borbulhante dos boxer Subaru, que são uma verdadeira sinfonia para os ouvidos de boa parte dos entusiastas:

E assim, perguntamos a você: qual é o componente mais bonito de um carro — aquele que você teria como item de decoração na sua casa, ou estamparia em uma camiseta ou na própria pele? Naturalmente, para deixar a coisa mais interessante, pensamos em algo mais específico — “os coletores da Ferrari 312”, por exemplo. Deixe sua sugestão (e fotos, claro!) nos comentários!