A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Pergunta do dia

Qual é o stance   mais fodástico de todos os tempos?

Altura da suspensão, largura da bitola, medidas das rodas e pneus, isso tudo influencia na postura de um carro — stance, para os mais chegados. Mas qual é o stance mais incrível de todos?

Antes de qualquer coisa, o termo stance não se refere apenas àqueles carros rebaixados ao estilo choraboy, nem aos adeptos de um único estilo de modificação. Embora tenha-se convencionado a chamar os donos de carros com pneus stretched, rodas de borda polida e cambagem negativa (que às vezes beira o absurdo) de “a galera do stance”, o termo originalmente não tem este significado limitado.

Certamente boa parte de vocês sabe disso, mas alguns devem ter estranhado ler esta palavra aqui no FlatOut. O caso é que stance é, em termos gerais, a postura de um carro como um todo. Medidas das rodas (tala, diâmetro, offset), pneus (largura, altura, diâmetro), ângulo de cambagem, a distância entre a borda do pneu e a aba do para-lama e, talvez o principal, altura da suspensão (incluindo a diferença entre a dianteira e a traseira) — estes fatores determinarão o stance de um carro.

E o que torna um stance bonito? Isto já é uma questão pessoal. Um consenso geral é que, na maioria dos casos, um carro mais baixo é mais agradável aos olhos — pode ser pelas proporções, que ficam automaticamente mais harmônicas, ou por talvez imaginarmos inconscientemente que aquele carro que fica mais perto do chão seja melhor de guiar.

Ford_GT40_15

Não é exatamente falso — a postura mais baixa dos carros de corrida, por exemplo, é totalmente funcional. Mas isto não significa que não existam benefícios estéticos. Ou você ama o GT40 só por causa de suas quatro vitórias consecutivas nas 24 Horas de Le Mans (1966-1969)?

A carroceria baixa do GT40 (tão baixa que o piloto Dan Gurney pediu para que fizessem uma elevação no teto para que ele pudesse acomodar sua cabeça com capacete, e a bolha ficou conhecida como Gurney bubble) fica colada ao chão graças à suspensão baixa e pneus enormes. Também evidencia a largura da bitola traseira, e também a do carro como um todo. Além de 100% funcional, o stance do GT40 é simplesmente lindo, e você não vai encontrar um gearhead que discorde. E foi herdado pelo Ford GT, sua reinterpretação lançada em 2004.

gt

Já um stance bacana em um carro de rua está sujeito a algumas variáveis — entre elas, o gosto pessoal de quem faz/aprecia. Por exemplo, quem participa de track days certamente acha que não há nada mais bonito do que um carro com para-lamas mais próximos aos pneus, rodas largas e pneus borrachudos — a beleza da função. Por outro lado, há quem prefira rodas grandes, pneus stretched e suspensão baixa até o limite (ou além dele), algo que pode exigir até algumas modificações permanentes na carroceria.

Existem até extremos, como os lowriders: carros americanos das décadas de 60 e 70 com suspensões que são verdadeiras obras de engenharia:: os carros podem colar no chão ou ficar bem altos graças a um sistema mais potente de suspensão a ar — e os carros equipados com suspensão hidráulica podem até mesmo pular ou dançar. Eles tem um stance dinâmico.

6095865441_70513e5103_z

 

Por outro lado, talvez com isto todos concordem: os carros vendidos no Brasil não têm um bom stance de fábrica porque, devido às nossas estradas, normalmente eles têm pneus mais finos e suspensão mais alta do que os carros vendidos em outros países. Apesar de ajudar a enfrentar os buracos, a suspensão mais alta acaba estragando o visual que os carros foram projetados para ter originalmente.

chevrolet_agile_18

Carroceria alta e rodas proporcionalmente pequenas em relação aos arcos dos para-lamas não ajudam…

É tudo questão de gosto, e a gente quer saber o seu: qual é o stance mais fantástico de todos, para você? Pode explicar seu ponto de vista (por exemplo, você é dos que gostam de forma, função ou equilibrar os dois?) e, claro, dar exemplos. Não se apegue a um ou outro estilo: mostre os carros com o stance que você mais gosta.

Matérias relacionadas

Qual é o circuito de rua mais tenebroso de todos os tempos?

Leonardo Contesini

Quais são os carros mais legais que você pode comprar com R$ 60-75 mil?

Dalmo Hernandes

Qual é sua fabricante de componentes aftermarket favorita?

Dalmo Hernandes