A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Lançamentos Pergunta do dia

Que carro lançado recentemente lá fora você gostaria de ver no Brasil?

Nos últimos anos o mercado automotivo brasileiro andou se renovando bastante em todos os segmentos, dos populares aos SUVs mais caros. Ainda assim, muita coisa lançada recentemente no exterior ainda não deu as caras por aqui — e algumas sequer tem possibilidade de chegar. De quais deles você sente mais falta (ou inveja, mesmo)?

Se tivéssemos que escolher um carro para ter no Brasil — e apenas um —, provavelmente este carro seria o novo Renault Twingo. Desenvolvido em conjunto com o novo Smart, ele é um carro urbano com motor e tração traseiros, algo que era muito comum nas décadas de 1950 e 1960 — basta lembrar do Fiat 500 e do próprio Fusca —, mas nem tanto hoje.

twingocut

A geração anterior do Twingo seguia o layout tradicional de motor dianteiro transversal e tração dianteira, popularizado pelo Mini clássico e aceito como o que permite melhor aproveitamento de espaço. O caso é que com o pequeno motor de três cilindros — 1.0 aspirado de 70 cv ou 0.9 turbo de 89 cv — abaixo do porta-malas, o sistema de tração ocupa menos espaço, a ponto de permitir uma distância entre-eixos maior em um carro menor — o novo Twingo é um centímetro mais curto que o antecessor, porém tem entre-eixos 12 cm maior.

Além disso, o sistema de tração traseira, os eixos nas extremidades (com balanços curtos) e a distribuição de peso de 45% na dianteira e 55% na traseira garantem um comportamento dinâmico bem afiado — tanto que a Renault antecipou o novo Twingo com o conceito Twin’Run em 2013, em um vídeo que acena para os melhores hot hatches do passado da Renault e visual que é um tributo declarado ao Renault 5 Turbo. E que foi parar na versão de produção, ainda que um pouco mais contido.

Agora, sabemos que seria difícil encaixar o Twingo no mercado brasileiro, ao menos a um preço mais acessível. A razão é simples de entender: na Europa, o Twingo é um city car de entrada, posicionado abaixo do Clio. Contudo, ele foi desenvolvido em conjunto com o Smart, que no Brasil é considerado um compacto “de luxo”. Esta associação — ou até mesmo só o fato de ser um projeto novo — tornariam inviável a comercialização a um preço semelhante ao que é praticado no Clio de segunda geração, atual carro de entrada da Renault no Brasil (e que já completa 15 anos de estrada).

 

Mesmo assim adoraríamos ter o novo Twingo por aqui — e podem ter certeza que logo trataríamos de descobrir o potencial entusiasta deste carinha.

Mas agora queremos saber de você, leitor: que lançamento internacional relativamente recente você gostaria de ver por aqui, e por quê? Pode ser um modelo ou apenas a uma versão especial, e precisa ainda estar em linha no exterior. E também não precisam ser necessariamente entusiastas, mas também benéficos para o mercado de alguma forma. Podem até já estar com a passagem carimbada, mas demorando para embarcar. Temos certeza de que há muitas opções — a caixa de comentários é toda sua!

 

Matérias relacionadas

Nissan Kicks é revelado oficialmente: veja os detalhes do rival do Honda HR-V e Jeep Renegade

Juliano Barata

Aceleramos e dissecamos o novo Chevrolet Cruze Turbo LTZ Plus: 7 coisas que você precisa saber

Juliano Barata

Qual é o melhor game de corrida para o PlayStation 2?

Dalmo Hernandes