A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture

Que tal guardar 11 carros dentro do seu apartamento na cobertura?

Quando você é rico de verdade, não precisa deixar seus supercarros guardados na garagem do condomínio caríssimo onde mora: você pode colocá-los na garagem exclusiva do seu apartamento, ou mesmo dentro dele. Sim: DENTRO DELE — sua pequena coleção de preciosidades sobre rodas ali, na sua sala de estar, junto com sua lareira, seus móveis e sua bela cozinha planejada, sem falar de todas as outras coisas bacanas que o dinheiro pode comprar.

É exatamente este um dos atrativos do Porsche Design Tower, residencial de luxo construído de frente para o Atlântico em Miami, nos EUA.

porsche-design- center (3) porsche-design- center (1)

O edifício não se chama “Porsche Design Tower” à toa: foram os arquitetos do Porsche Design Studio, fundado pelo próprio Alexander “Butzi” Porsche (o criador do Porsche 911, para quem não lembra), que o projetaram. O estúdio da Porsche é o lugar onde a filosifia de design da companhia é aplicada em móveis, roupas e acessórios, itens de decoração e outros bens de consumo que não sejam automóveis.

A construção do prédio de cerca de 200 metros de altura com 60 andares e 132 apartamentos começou em 2013. No começo de 2016, praticamente todos os apartamentos já estavam vendidos, e os donos começaram a se mudar para suas casas neste ano. Os preços dos apartamentos variam de US$ 5 milhões, valor pedido pelas unidades mais simples, e US$ 33 milhões, o preço da cobertura de 1.500 metros quadrados com três andares e garagem para não um, não dois, mas 11 carros.

porsche-design- center (8)

A empresa responsável pela construção do Porsche Design Tower foi a Dezer Developments, comandada pelo americano descendente de israelenses Gil Dezer. É dele a criação (e a patente) do Dezervator, um elevador automatizado para carros que foi feito especialmente para o condomínio, e leva os carros do terraço direto para as garagens dos moradores.

Ao chegar no prédio, o dono do carro dirige até o elevador, onde presilhas seguram as rodas. Depois que o elevador (ou melhor, Dezervator) chega ao andar especificado, a plataforma móvel o leva na horizontal até a vaga reservada para o carro na garagem. Para garantir que todos os moradores que pagarem pela conveniência tenham acesso a ela, foram construídos três elevadores automático na Porsche Design Tower, a um custo de US$ 40 milhões cada. O arranha-céu custou mais de US$ 560 milhões para ser construído.

porsche-design- center (5)porsche-design- center (4)porsche-design- center (3)porsche-design- center (4)

Agora, caso você não queira tirar e colocar um de seus carros de dentro do seu apê, o condomínio aindatem vagas na garagem comum, com elevadores simples, daqueles que suspendem um carro e abrem espaço para outro logo abaixo. Assim, você pode usar o Dezervator apenas quando estiver a fim de lembrar por que pagou tão caro por seu apartamento…

É claro que não é só a garagem indoor que justifica o valor da propriedade. Além da localização impecável, com vista para o oceano enquanto você nada em sua piscina na cobertura, há o fato de Miami ser um investimento seguro mesmo em tempos de crise. De acordo com a Agence-France Presse, o setor imobiliário de luxo de Miami passou por uma pequena crise em 2016, com os valores dos imóveis caindo em cerca de 10%, mas as coisas já estão ficando estáveis novamente. Muitos dos apartamentos da Porsche Design Tower não foram comprados para morar, e sim para fazer o dinheiro render.

porsche-design- center (1) porsche-design- center (2)

Agora, o condomínio em Miami não foi o primeiro prédio no planeta a ser equipado com um elevador para carros. O Reignwood Hamilton Scotts, em Cingapura, é que leva este título – quando o Porsche Design Tower ainda estava começando a ser construído, o “sky garage” de Hamilton Scotts já estava operando. O edifício tem 30 andares e 56 apartamentos, cada um com uma garagem para dois carros.

Nele, o sistema é bastante semelhante ao utilizado por estacionamentos automatizados. Você para o carro sobre uma plataforma móvel, digita sua senha ou faz sua leitura biométrica e o carro é levado automaticamente até sua garagem suspensa. Nesse sistema, o motorista não sobe com o carro, pois a garagem é isolada do apartamento por uma parede de vidro — que garante a segurança, afinal, o vão do elevador fica logo atrás dos carros.

Depois dele, vários outros condomínios em Cingapura e em todo o mundo adotaram sistemas parecidos. Mesmo no Brasil: em Goiânia, capital do Goiás, o edifício Victorian Living Desire tem 31 andares e apenas um apartamento por andar, o que torna seu sistema de elevadores mais simples do que aqueles automatizados dos gringos.

apartamento-com-garagem (7)

Logicamente a vaga do apartamento não é a única (em nenhum dos casos): há outras cinco vagas para cada apartamento — as outras quatro ficam na garagem comum subterrânea. Em 2013 um apartamento de 404 m² com quatro suítes era oferecido por R$ 3 milhões.

Matérias relacionadas

Os carros japoneses mais emblemáticos de todos os tempos – parte 2

Dalmo Hernandes

VW Type 4: a versão de luxo dos Volkswagen a ar que não tivemos no Brasil

Dalmo Hernandes

Aí está o novo Panamera: finalmente o sedã de luxo da Porsche ficou bonito de verdade

Dalmo Hernandes
error: Direitos autorais reservados