FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos

Que tal um belo cupê Mercedes-Benz de seis cilindros pelo preço de um popular 0km?

Entusiastas no País todo clamam aos quatro ventos que, na maioria das vezes, é muito mais vantajoso procurar um carro usado maior e mais equipado do que investir R$ 30 mil em um carro novo básico. Há casos e casos mas, dependendo do que você procura, pode ser mesmo uma ótima ideia. Se você estiver atrás de um cupê Mercedes-Benz com motor de seis cilindros e visual distinto e elegante, por exemplo, nós encontramos o carro para você.

Trata-se de um Mercedes 300CE da geração W124 — a primeira a ser chamada de Classe E pela companhia. Com carrocerias sedã, perua, cupê e conversível, essa “primeira geração” do Classe E substituiu a família W123 com visual atualizado e a mesma robustez de sempre. Existiam de versões básicas, com motores de dois litros e quatro cilindros, ao 500E, feito em colaboração com a Porsche e dotado de um V8 de cinco litros, 32 válvulas e 326 cv.

merc-achados

O carro que encontramos à venda é quase um meio-termo — o 300CE-24 1991, um cupê equipado o com o robusto motor M104 da Mercedes. Trata-se de um seis-em-linha de três litros e 24 válvulas, capaz de entregar 220 cv a 6.400 rpm e 27 mkgf de torque a 4.600 rpm — força suficiente para levar o carro de 1.630 kg aos 100 km /h em 8,4 segundos com máxima de 237 km/h — desempenho empolgante não apenas há 23 anos, mas hoje em dia também (mesmo com o câmbio automático de quatro marchas).

merc-achados (2)

O carro das fotos está à venda em Limeira (SP) e pertence a Renan Galdino, que diz ser o segundo dono do carro. O hodômetro, segundo ele, marca 90 mil km — um número razoavelmente baixo para a idade do carro, e compatível com o estado de conservação excelente tanto do lado de fora quanto do interior. O velocímetro em milhas indica que este é um modelo de especificação americana.

Como um bom cupê de luxo, o carro traz algo mais além de ar-condicionado, direção assistida e vidros e travas elétricos —  encostos de cabeça retráteis e teto solar, por exemplo. Além disso, este é um dos carros que deram à Mercedes a robustez pela qual a marca é famosa  —  tanto da carroceria quanto do conjunto motor e câmbio. Contudo, se você precisar de algum componente, saiba que a Mercedes fornece componentes originais para todos os seus modelos — a um preço condizente, é claro.

merc-achados (3)

Sendo realistas, dificilmente alguém que estivesse interessado em um popular 0km mudaria de ideia por um cupê Mercedes-Benz da década de 90. Contudo, os R$ 30 mil pedidos estão na média do que se costuma cobrar pelos cupês C124 no Brasil e, para um aficionado por Mercedes que tenha condições de manter o carro como se deve, podem ser um belo convite para a compra deste 300CE.

Se você se identificou com esta última frase, pode entrar em contato com o proprietário pelo email [email protected] ou pelo celular (19) 9 8157 0722.


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! na qual selecionamos e comentamos anúncios de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de uma reportagem aprofundada e não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios – todos os detalhes devem ser apurados com o anunciante.

 

Matérias relacionadas

Este Audi Sport Quattro do Grupo B à venda encerra 2014 com chave de ouro

Dalmo Hernandes

Um BMW M3 E36 Euro: seis-em-linha, 286 cv, câmbio manual, tração traseira – e à venda

Dalmo Hernandes

Um BMW E36 conversível com câmbio manual, um Volvo 850 T5R de único dono, um ícone JDM e mais no GT40

Dalmo Hernandes