FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos Zero a 300

Que tal um Passat Variant 1.8 turbo de 600 cv? Este aqui está à venda

Há algo em peruas esportivas que mexe com a gente. E nem precisa ser original de fábrica – uma station wagon preparada também tem seus encantos. E nosso Achado meio Perdido de hoje é exatamente isto: um Passat Variant de quinta geração com motor 1.8 20v turbo preparado para entregar cerca de 600 cv. O carro está anunciado no GT40, como de costume, e nós vamos dar um olhada nele com mais detalhes agora.

Nos anos 90 a imagem do Passat mudou radicalmente. A primeira geração, produzida no Brasil entre 1974 e 1988, era um carro médio de família, com carroceria de dois volumes que podia ter duas ou quatro portas, e algumas versões esportivas emblemáticas –  o Passat TS dos anos 70 e o GTS Pointer dos anos 80. Mas no fim de sua carreira o Passat já era um carro defasado, que até conviveu com sua segunda geração por aqui – o VW Santana, lançado em 1984. Era um reflexo do nosso mercado fechado para automóveis importados, que obrigou as fabricantes brasileiras a extrair até a última gota de potencial dos nacionais. A nacionalização de modelos vendidos lá fora era uma empreitada cara, demorada e que não garantia sucesso, no fim das contas.

5713d470-7282-4436-888d-b5c368a0671d

Então, em 1990, as importações foram liberadas novamente, quebrando um jejum que começou em 1976. Em 1994 a quarta geração (B4) começou a ser importada de forma oficial, mas já existiam alguns exemplares da terceira geração (B3) rodando por aqui, trazidos de forma independente. A quinta geração (B5) começou a ser importada em 1998, ano de fabricação do exemplar que é nosso Achado de hoje, que está anunciado no GT40 e pertence a Gui, de Porto Alegre/RS.

b8f1a001-5d5a-46a5-9f18-1ee62b9f0d7c

Assim como o Passat de quarta geração, o B5 veio como sedã e perua. O desenho da carroceria era alinhado com a identidade visual da VW no fim da década de 1990, com formas mais arredondadas e limpas, e as opções de motor eram 1.8 naturalmente aspirado de 125 cv ou turbo de 150 cv, sempre com cabeçote de 20 válvulas; ou V6 de 2,8 litros (não VR6, mas um V6 de verdade, com dois cabeçotes) e 193 cv.

O carro de Gui saiu da fábrica em 1998 como um Passat 1.8 turbo 20v de 150 cv. Ele o comprou em 2012, e acredita que o dono anterior tenha feito upgrades no turbo por volta de 2009, com uma turbina menor, componentes forjados e cerca de 450 cv. Gui andou com o carro por algum tempo antes de decidir elevar o nível da preparação, refazendo completamente o motor e trocando diversos componentes do carro.

img_254700_4_8b6819d7-4482-40c2-859c-1b691c9946fe

O motor ganhou um cabeçote novo com fluxo retrabalhado e válvulas de inox, uma turbina K27 feita por encomenda com eixo de titânio e bloco reforçado com blockguard. Os pistões forjados Iasa de 82,5 mm e bielas Spa forjadas dimensionadas para até 1.000 cv, enquanto  o virabrequim é o mesmo do Audi S3 com motor 2.0 turbo EA113, ou seja, o motor é um stroker, com deslocamento de dois litros.

46b74014-5e59-4abe-81ac-3b82f2037719

O câmbio manual de cinco marchas tem alavanca com engate rápido

Além disso, foram instaladas bobinas novas do Jetta TSi, velas Iridium, escape dimensionado completo e um sistema de injeção FuelTech Racepro 1fi com data logger. De acordo com Gui, o carro agora tem 526 cv nas rodas com 2,1 bar no turbo, aferidos em dinamômetro.

488461d2-d6e7-4e55-b072-65e76aa44404

As lanternas traseiras são da versão com facelift, vendida entre 2001 e 2004 no Brasil

O carro ainda tem câmbio manual com coroa, pinhão e blocante Sapinho, suspensão preparada com molas Eibach e pneus Advan novos. Segundo Gui, o motor foi fechado em dezembro de 2017 e desde então, rodou pouco mais de 2.000 km. O dono também diz que aceita propostas coerentes e estuda troca por carros originais. Se você ficou interessado, basta clicar aqui para acessar o anúncio no GT40 e pegar os contatos!

inbanner-fim-post


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! no qual selecionamos e comentamos anúncios do GT40.com.br de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de publieditorial. Não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios nem pelas negociações decorrentes – todos os detalhes devem ser apurados atenciosamente com o anunciante!

Matérias relacionadas

Paralisação dos caminhoneiros: o que está acontecendo e quais as consequências até agora

Leonardo Contesini

McLaren Senna em versão de corrida, novo Rimac terá quase 2.000 cv, Bugatti começa a mostrar o Chiron Super Sport e mais!

Leonardo Contesini

Volkswagen apresenta Golf GTI com 411 cv e Golf Alltrack customizado no Wörthersee 2018

Dalmo Hernandes