FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos

Que tal uma Mercedes-Benz C230 Touring pelo preço de um carro popular?

Bem… a essa altura de 2015 você já deve considerar as peruas tradicionais um personagem do passado automotivo, assim como os cinzeiros, quebra-ventos e dirigir com o cotovelo apoiado na janela por sua estrada favorita em um dia ensolarado de primavera. Elas foram substituídas brevemente pelas minivans no fim dos anos 1990 e, mais recentemente, pelos SUVs. Mas se você não desistiu do sonho de ter uma perua bacana, confiável e relativamente acessível, nosso Achado Meio Perdido de hoje é o carro perfeito para você: uma belíssima e rara Mercedes-Benz C230 Touring 1997.

A geração W202 da Classe C, produzida entre 1993 e 2000, foi a primeira a ter uma versão Touring. Lá fora ela foi oferecida com todos os motores do sedã — desde um pacato 1.8 de quatro cilindros de 122 cv (C180) a um brutal V8 de 5.4 litros e 347 cv (C55 AMG). No Brasil, ela foi trazida majoritariamente em duas versões, a C230 Kompressor, com um 2.3 supercharged de 193 cv, e a C280, equipada com o seis-em-linha M104  de 2,8 litros e os mesmos 193 cv do modelo sobrealimentado. Na metade de sua vida, em 1998, a Classe C W202 ganhou um visual novo e novos motores V6 não tão robustos quanto os antigos seis-em-linha — prova disso é que a Mercedes os adotou somente por cinco anos.

IMG_7961

O que torna nosso Achado de hoje um verdadeiro Achado, é o fato de as C230 aspiradas serem o modelo mais raro dessas peruas alemãs —, especialmente em 1997, ano deste belo exemplar anunciado no Webmotors. Embora esteja identificado como um C230 Kompressor na página do anúncio, esta é uma C230 aspirada, de 150 cv, como revela a imagem de seu motor (o seis-em-linha tem a admissão com os seis dutos à direita do motor, e o 2.3 Kompressor usa tampa de válvulas cinza claro com vermelho).

IMG_7966

As versões oferecidas no Brasil foram a Sport e a Elegance, diferenciadas pela altura da suspensão, desenho das rodas e pelo acabamento interno. Na Sport, as rodas eram de 15 polegadas feitas pela AMG, enquanto a Elegance usava um desenho mais sóbrio, com o mesmo diâmetro. À primeira vista, portanto, esta C230 parece se tratar de uma Sport devido às rodas AMG, porém o acabamento de madeira no painel e nas portas revela que estamos diante de uma Elegance.

IMG_7977

Entre os equipamentos de série, estão o ar-condicionado de duas zonas, controle de tração (acredite, você vai querer isso em um carro de tração traseira torcudo e com o diferencial não-blocado), bancos com ajustes elétricos, banco traseiro com assento infantil integrado, tela de proteção para a bagagem (que permite que o porta-malas seja usado até o teto). Com o 2.3 de 150 cv e o câmbio de cinco marchas, a aceleração de zero a 100 km/h é feita em 9,5 segundos e a máxima é de 210 km/h.

IMG_7960

Segundo o proprietário, o carro foi adquirido em 2000 na concessionária Comark, em São Paulo, sendo ele o segundo dono. Desde então o carro rodou pouco, uma média de pouco mais de 4.200 km por ano, considerando seus 18 anos e os 76.000 km marcados no hodômetro. Para um motor como o M111, é uma quilometragem baixa. O interior mostra que a quilometragem é real, volante e pedais não têm desgaste significativo e os bancos não tem deformações nem marcas no couro — aliás, no MB Tex, que é o nome do couro sintético da Mercedes. Em todo caso, para constatar que não houve alterações no painel, basta solicitar uma leitura da ECU com o sistema Stardiagnosis/Xentry em qualquer concessionária da marca ou oficina especializada.

Agora, vamos ao que interessa: o preço. A tabela Fipe, informa o preço médio de R$ 26.500 — mas você sabe: a tabela fala em preços médios. Carros abaixo da média têm preços abaixo da tabela, carros acima da média também terão preço acima do valor da tabela. Sendo esta uma perua acima da média, seu preço pode parecer salgado: R$ 32.500. Se vale ou não, é uma questão de valores pessoais, desejo de ter um C230 Touring ou ainda uma questão de negociação com o proprietário.

[Webmotors]

 

Matérias relacionadas

Barn find do mês: quatro Shelby dos anos 1980 zero quilômetro à venda

Dalmo Hernandes

Quem está a fim de uma rara Caravan Diplomata bem conservada a um preço razoável?

Dalmo Hernandes

Um Troller T4 de competição com pintura Martini Racing e 300 cv à venda

Dalmo Hernandes