Edição diária: 17/06/2019
FlatOut!
Image default
Projetos Gringos

R$ 77.100: é isso que você precisa para ser James Bond por um fim de semana

A nova aventura de James Bond — “Solo”, escrita por William Boyd — foi um dos livros mais vendidos de 2013. O sucesso da nova aventura do espião reforça ainda mais a imagem de ícone masculino criada por Ian Fleming há mais de cinquenta anos. Bom de papo e de braço, Bond é o arquétipo do homem que todos nós gostaríamos de ser: está sempre bem acompanhado, bem vestido, dirige carros incríveis e vai a lugares deslumbrantes — e tira do caminho qualquer um que tente interferir em seus objetivos.

Ser James Bond, contudo, não é para qualquer um. Além de ter um preparo físico e mental acima da média, James Bond é financiado pela monarquia mais poderosa do planeta, capaz de prover aos seus agentes secretos tudo o que há de melhor no planeta — e isso obviamente não é nem um pouco barato. Veja a seguir como chegamos a este valor.

O carro

Embora James dirija um Jensen FF em sua nova aventura e tenha usado alguns BMW durante a década de 1990, a marca que ficou conhecida pelo “carro do James Bond” é a Aston Martin, e por isso é um Aston Martin que você precisará.

db41

Por sorte, alugar um Aston na Inglaterra não é difícil. Além das locadoras tradicionais, como a Hertz, você encontrará empresas especializadas na marca como a Aston Hire, que ficará muito feliz em te oferecer um DB4 para o final de semana pela singela quantia de £ 4.582,50 (R$ 16.233). É preciso depositar uma caução de £ 3.500 (R$ 12.400).

Aston Martin DBS Dark Grey

Se você não quiser o DB4 porque ele não é um legítimo Bond car, pode alugar um DBS por £ 2.040 (R$ 7.230) entre sexta-feira e segunda-feira. A caução nesse caso é de (prepare-se) £ 5.000 (R$ 17.700).

O traje

conduitcut2

Como um verdadeiro gentleman, James Bond tem seus trajes feitos pelos melhores alfaiates de Londres. O clássico “Conduit Cut” usado em 007 Contra o Satânico Dr. No (Dr. No – 1962) é feito pela Anthony Sinclair Mayfair. O traje de duas peças sai por £ 2.950 (R$ 10.450), e o de três peças por £ 3.600 (R$ 12.760).

O relógio

Jalopnik-2013-10-08-às-13.30.06-640x396

Ao longo dos anos, James Bond usou modelos Rolex, Breitling, Seiko e Omega. Um Omega Seamaster edição James Bond sai por £ 2.100 (R$ 7.450), enquanto um Rolex Submariner varia entre R$ 15.000 e R$ 65.000, dependendo do modelo e estado de conservação. Caso você tenha escolhido o Aston Martin DBS na locadora, o relógio certo é o Jaeger LeCoultre AMVOX, que pode ter o transponder do carro integrado. Custa cerca de £ 15.000 (R$ 53.500).

Os lugares

Thames_house_exterior-640x480

Quando solicitado por seus chefes, James Bond dirige-se à Thames House — a sede do MI5 —, que fica no número 11 da rua Millbank. Obviamente você não poderá entrar para espi(on)ar como as coisas funcionam por lá, mas é uma boa ambientação para começar seu tour pela cidade.

467041_10150649902211450_1224606185_o-640x236

Se você não faz ideia de onde ir, nossa dica é a James Bond Tour, um passeio elaborado por fãs do espião que oferece um carro com motorista e um guia especializado no universo 007 e te leva pelos lugares que inspiraram Ian Fleming ou foram cenários e locações dos filmes. O almoço é feito no Pinewood Studios, onde foram gravados vários títulos da franquia, e a sobremesa é a visita aos sets de 007 Contra a Chantagem Atônica, 007 Contra Octopussy e Somente Para Seus Olhos. O passeio termina em grande estilo britânico: um chá no clube de golfe onde Bond disputa uma tensa partida contra Goldfinger. O tour custa £ 670 (R$ 2.380), e soma £ 60 (R$ 215) se sua gata quiser bancar a Vesper Lynd.

O hotel

mainpics-43-640x240
Suíte do Dukes Hotel

Depois do passeio é hora de pensar em descansar. Você pode ficar no Dukes Hotel, que cobra diárias a partir de £ 396 (R$ 1.410) (a cobertura sai por £ 2.395 / R$ 8.500) e tem os melhores Dry Martinis da cidade, ou no Dorchester, onde James Bond faz seu desjejum matinal de £ 2 em “Solo”, e que também oferece o “007 room service” por £ 315 (R$ 1.120) a diária, e inclui a coleção completa dos livros de Fleming e um Dry Martini.

thedorchesternew1-640x320
Como se vê, o Dorchester tem tudo o que James Bond mais aprecia

O drink

bartender-640x399

Dez partes de gim, uma de vermute. Batido, não mexido. Um dos lugares mais tradicionais para se tomar um Dry Martini em Londres é o bar do Dukes Hotel, onde Ian Fleming passou boas horas degustando o elegante drink de £ 17 (R$ 60).

A arma

Jalopnik-2013-10-08-às-13.50.47-640x403

A arma mais famosa de James Bond é uma Walther PPK, a famosa pistola semi-automática alemã mais conhecida por ter sido a arma do suicídio de Hitler. Um modelo moderno e usado custa a partir de £ 300 (R$ 1.100), mas se você quiser uma dos anos 1960 como a original de James Bond, separe mais £ 1.500 (R$ 5.400) e comece a procurar nos classificados de colecionadores. Só não espere entrar na Inglaterra ou circular pelas ruas britânicas portando uma destas.

Total

Se você alugar o Aston DB4 durante o fim de semana, comprar um traje de duas peças e um Omega Seamaster, participar sozinho do James Bond Tour, se hospedar por três noites no Dukes Hotel e tomar um Dry Martini antes de dormir, será preciso desembolsar R$ 61.600. Só que você não está em Londres (ainda), e James Bond não voa de classe econômica. Uma viagem de ida e volta entre São Paulo e Londres pela classe executiva sai, em média, R$ 15.500, o que totaliza R$ 77.100.

 

Matérias relacionadas

Presentes que as crianças não ganham mais: o autorama

Dalmo Hernandes

As peças do seu supercarro estão caras? Procure um ferro-velho de luxo

Dalmo Hernandes

“Legends of Formula 1: Ayrton Senna” é o documentário que você precisa assistir hoje

Dalmo Hernandes