A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Humor Projetos Gringos

Racha dentro da lei: a pegadinha de trânsito mais hilária que já vimos

Correr de carro em vias públicas não é uma boa ideia — além do alto risco de acidentes envolvendo outras pessoas, você ainda vai arcar, no mínimo, com um belo prejuízo. Mas e se você só fingir que está disputando um racha com seu amigo? Foi exatamente o que estes caras fizeram —  com direito a grid girl — para criar uma das pegadinhas mais bem boladas e hilárias que já vimos.

O conceito é bem, bem simples, na verdade: em um semáforo ou interseção, dois carros param lado a lado e começam a acelerar. Uma bela garota com uma bandeira quadriculada e se prepara para dar a largada.

Acontece que, apesar de todo o barulho, os carros não “largam”, apenas saem normalmente — algumas vezes, até mais devagar do que de costume — ao som (e apenas isso) de burnouts, motores girando alto e roncando mais alto ainda, trocas de marcha rápidas e pneus cantando.

Toda a encenação acontece próxima de um carro de polícia, e os homens da lei invariavelmente partem para abordar os envolvidos no suposto “racha”. E é justamente a reação dos policiais a parte mais engraçada do vídeo.

Os caras repetem o procedimento algumas vezes, em diferentes regiões da cidade, e o que se segue são variações deste roteiro: o policial (ou guarda de trânsito) se apressa em pedir os documentos do motorista e do carro. Vendo que está tudo em ordem, ele pergunta algo como “vocês estavam tirando racha?” A resposta é sempre negativa, e o motorista do carro mostra que o ronco saía pelos alto-falantes do sistema de som, e que tudo era encenação para gravar um vídeo.

O primeiro policial reage com bom humor, e diz “e eu pensei que tinha uma multa boa!”, mas também diz aos caras para não abusarem porque “nem todo policial vai ser bacana como ele foi”. Acontece que, na verdade, eles foram sim — um guarda de trânsito cumprimenta um dos responsáveis pela pegadinha, e outro policial até diz que seus carros acabaram com as chances dele de impressionar a garota com seu uniforme.

Os autores da brincadeira são videomakers conhecidos no YouTube por suas pegadinhas: o americano Roman Atwood e o russo Vitaly — você deve reconhecer este último por seus vídeos nos quais ele aluga supercarros e chama garotas desconhecidas para sair, e elas quase sempre aceitam só para, depois, descobrir que o carro não é dele.

A ideia é mostrar que algumas garotas não passam de “gold diggers” — que pode ser traduzido como “interesseiras”

Vitaly e Roman ainda fizeram outro vídeo com o making of da brincadeira e mostram alguns dos carros: uma Ferrari California, dois muscle cars e um Tesla Model S — que nem tem ronco de motor, mas aparentemente os policiais não sabiam disso.

Tecnicamente a dupla não fez nada ilegal — sair lado a lado no semáforo com uma bela garota sinalizando a “largada” não representa nenhuma infração, pelo que consta. Agora, as reações dos policiais desconcertados são hilárias, mas isto não significa que eles não pudessem ter pego um tira em um dia ruim e levado, pelo menos, uma bela canetada —  ainda que este risco provavelmente não os preocupe muito…

Matérias relacionadas

Nomad: o Ariel Atom feito para acelerar longe do asfalto

Dalmo Hernandes

Um Honda S600 com motor 2JZ de 1.000 cv é a coisa que não deveria existir mais incrível que existe

Dalmo Hernandes

Clássicos de corrida feitos de Lego são nossa nova obsessão

Dalmo Hernandes