A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture Carros Antigos

Reborn: agora você pode comprar um Range Rover 1978 “zero-quilômetro” com garantia de fábrica

O Range Rover foi lançado em 1970 para atender a quem queria algo mais confortável do que um Defender, e é considerado um dos primeiros SUVs de luxo da história. Mesmo que os primeiros exemplares tivessem certa tendência a apresentar problemas elétricos, sua robustez mecânica e seu design elegante e funcional ao mesmo tempo são a receita de um clássico. E agora, graças ao programa de restauração da Land Rover, o Range Rover Reborn (sendo que reborn é “renascido” em inglês), você pode comprar um exemplar zero-quilômetro. Ou quase isto.

O Range Rover original era uma evolução e tanto em relação ao Land Rover original lançado em 1948, e mirava em um público que queria um carro capaz de enfrentar trilhas mas também gostaria de usar o carro na cidade e em viagens com mais conforto. A Land Rover foi buscar inspiração nos EUA, que tinham opções como o Ford Bronco e o Jeep Wagoneer (dois utilitários que também se tornaram objetos de culto décadas depois), para criar o Range Rover.

rrreborn (6)

Com chassi de aço e carroceria de alumínio, o Range Rover era um utilitário robusto e resistente à corrosão, tal como o Defender, porém tinha um interior muito mais requintado, com bancos confortáveis, um painel “de verdade”, carpete e, alguns anos depois, ar-condicionado e direção assistida e molas helicoidais em vez de feixes de molas – tudo para torná-lo mais utilizável no dia-a-dia. No entanto, a tração integral com reduzida, o curso longo dos amortecedores, os freios a disco (nas quatro rodas!) e a força dos motores V8 a gasolina e quatro-cilindros turbodiesel lhe davam total confiança para enfrentar alagamentos, ladeiras, pedras e estradas ruins com desenvoltura.

rrreborn (4)

De início, o Range Rover só era oferecido com carroceria de duas portas. Foi assim até 1981, quando a versão de quatro portas foi apresentada. Os mais tradicionais gostam mesmo é do modelo de duas portas, e foi por isso que a Land Rover escolheu o ano-modelo de 1978 para o programa Range Rover Reborn.

Dez exemplares foram rigorosamente selecionados para passar por uma restauração que só a fabricante poderia executar, com componentes idênticos aos originais da época e mão-de-obra altamente especializada, garantindo a autenticidade dos carros restaurados.

Todos os carros serão pintados de dourado Bahama Gold, que fazia parte do catálogo do Range Rover em 1978, com interior de tecido marrom. O motor, completamente reconstruído com componentes novos originais, é um V8 de 3,5 litros (3.520 cm³), alimentado por um carburador Zenith-Stromberg e capaz de entregar 135 cv a 5.000 rpm e 25,6 mkgf de torque a partir das 2.500 rpm.

rrreborn (12)

Isto só é possível porque, sendo um clássico restaurado, o carro não precisa se adequar às leis de emissões de poluentes atuais. A transmissão é manual, de quatro marchas, e leva a força do motor para as quatro rodas através de um diferencial central com bloqueio.

rrreborn (3) rrreborn (21) rrreborn (17)

Cada um dos Rannge Rover será restaurado artesanalmente e receberá uma plaqueta e um certificado de autenticidade. Os preço de um exemplar básico será de £ 135.000, ou cerca de R$ 526 mil em conversão direta (dá para comprar dois exemplares do Range Rover Evoque com motor 2.0 turbo Ecoboost de 240 cv). No entanto, cada unidade poderá receber customização e itens opcionais de época, que serão oferecidos pela Land Rover Classic de forma personalizada, o que certamente vai aumentar o valor pago no final.

rrreborn (10)

O primeiro exemplar restaurado do Range Rover Reborn será apresentado no Salón Retromobile, em Paris, evento de carros antigos que acontecerá entre os dias 8 e 12 de fevereiro. As entregas ainda não tiveram uma data definida.

rrreborn (7) rrreborn (2) rrreborn (8) rrreborn (20) rrreborn (18) rrreborn (19) rrreborn (14) rrreborn (15) rrreborn (16)

 

Matérias relacionadas

Morando no autódromo: Circuito dos Cristais promete ser o primeiro condomínio-autódromo do Brasil

Dalmo Hernandes

9 provas de que a “family face” é mais antiga que parece

Leonardo Contesini

Que tal um Sandero de rali com motor 1.6 turbo de 270 cv e tração integral?

Dalmo Hernandes