A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Renault Fluence ganha versão de corrida no Brasil, um hotel em Interlagos, a super-picape de +600 cv da Hennessey e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas (ou não) do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Renault terá Fluence no Brasileiro de Marcas em 2015

1620903_770343173046274_27420450857097038_n

A Renault divulgou nesta semana sua versão do Fluence para o Campeonato de Brasileiro de Marcas de 2015, categoria que disputará pela primeira vez no Brasil.

Com a chegada da Renault, serão seis marcas competindo oficialmente na categoria – as outras cinco são Chevrolet, Honda, Toyota, Ford e Mitsubishi. O modelo, como todos os outros, usa monobloco original com seções tubulares na dianteira e traseira e motor Berta com base Ford Duratec.

 

Estudante de arquitetura cria projeto de hotel para Interlagos

Já pensou se o Autódromo de Interlagos entrasse na onda das grandes construções arquitetônicas da Fórmula 1 que surgiram nos últimos anos? O estudante de arquitetura André Toti parece ter pensado nisso, e desenvolveu como seu trabalho final de graduação (TFG) o Interlaken Hotel, que como o nome sugere, é um hotel integrado com a pista de Interlagos. Segundo a apresentação do projeto, o Interlaken Hotel foi pensado para atuar no segmento de alto luxo e tem 400 suítes, bares, spa, piscinas, quadras poliesportivas, lojas, centros de convenções e auditórios.

Mais legal é que o projeto imagina uma parte do hotel passando sobre a pista, formando um túnel para os carros de corridas, enquanto a outra ponta do hotel se apoia no lago ao lado da pista. Segundo o estudante, agora arquiteto, a inspiração para as linhas do hotel veio do bico dos McLaren de Ayrton Senna. Você pode conferir todo o projeto neste link.

 

Hennessey apresenta versão 2015 de sua F-150 VelociRaptor

2015-Hennessey-VelociRaptor-600-0

John Hennessey é, de certa forma, o herdeiro espiritual de Carroll Shelby. Além de também ser texano, ele aparentemente acredita que mais potência sempre é a solução para os carros e foi aumentando a potência de carros já absurdamente potentes que Hennessey ganhou fama mundial. Quando a Ford lançou a F-150 SVT Raptor com seu V8 de 6,2 litros e 420 cv, Hennessey achou que não era suficiente e tratou de turbinar o modelo. Para 2015, sua abordagem é um pouco diferente, mas não menos brutal.

2015-Hennessey-VelociRaptor-600-2

 

Batizado VelociRaptor 600, a picape se baseia na nova F150 Super Crew e promete ser uma versão ainda mais radical que a F-150 SVT Raptor, a versão esportiva oficial da Ford. Como ele irá fazer isso? Adivinhem só: com um compressor Roots lançando ar na admissão do V8 de cinco litros a 0,55 bar. A potência exata não foi declarada, mas a Hennessey já divulgou que a modificação renderá mais de 600 cv. Serão feitos apenas 500 exemplares da VelociRaptor 600 SC, e cada uma custará US$ 73.500. Além do compressor mecânico, o comprador também leva um sistema de escape de aço inoxidável e rodas de 17 polegadas da Hennessey com pneus de 33 polegadas. Por pouco mais de dinheiro você leva coilovers off-road, novos para-choques, guincho elétrico, faróis auxiliares de LED e freios Brembo.

 

BMW X4 é lançado no Brasil

x6xdrive

Ops… foto errada.

F26_X4-_08

Agora sim!

A BMW está lançando nesta semana seu novo utilitário esportivo com jeitão de cupê altinho, o X4. O modelo será oferecido nas versões xDrive28i X Line de R$ 264.950 e xDrive35i M Sport de R$ 414,950. Por esse preço o 28i traz rodas de liga leve de 19 polegadas, faróis de xenônio nas luzes alta e baixa, sistema de navegação com câmera de ré, bancos de couro e teto solar. O M Sport — a versão esportiva abaixo do modelo M propriamente dito — traz rodas de 20 polegadas, Head-up Display, sistema multimídia com TV digital, câmera de ré e som Harman Kardon, e faróis de xenônio adaptativos.

background

Sob o capô do 28i está o 2.0 biturbo de quatro cilindros encontrado em outros modelos da marca, como o Série 3. Ele produz 245 cv e 35,6 mkgf  para ir de zero a 100 km/h em 6,4 segundos. O modelo M Sport usa um seis-em-linha de 306 cv e 40,7 mkgf para ir de zero a 100 km/h em 5,5 segundos. A velocidade máxima é de 230 km/h no 28i e 247 km/h no M Sport. Ambos usam câmbio automático de oito marchas.

 

Hot Wheels não terá mais modelos Ferrari

ferrarif50

Se você coleciona miniaturas e tem 20 anos ou menos, é bem provável que nunca tenha visto uma Ferrari feita pela Bburago — embora ambas sejam marcas italianas. Isso por que nos últimos 15 anos, a Ferrari tinha um contrato exclusivo com a Mattel/Hot Wheels, que até rendeu uma bela série especial em escala 1:18 há coisa de três ou quatro anos.

Mas agora, esse contrato está chegando ao fim (ele acaba junto com este mês de dezembro) e não foi renovado. Segundo o site Hemmings Daily, a Ferrari não renovou com a Mattel por que tem um novo acordo mundial válido a partir de 1º de janeiro com o grupo May Cheong, controlador das marcas Maisto e Bburago – o que significa que a Bburago voltará a ter miniaturas Ferrari. Depois de algum tempo fora do mercado, a Bburago acabou comprada pela Maisto, e posteriormente pelo grupo May Cheong, que decidiu relançar a marca italiana voltada aos colecionadores.

 

Matérias relacionadas

SUVs compactos reprovados em teste de faróis, o ronco dos futuros Hyundai esportivos, o sistema autônomo off-road da Land Rover e mais!

Leonardo Contesini

A meteórica trajetória do jovem e talentoso Richard Burns | Lendas do WRC

Dalmo Hernandes

Alfa Romeo 8C Competizione: quando a beleza é (quase) o que basta

Dalmo Hernandes