A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Renault Kwid ganha 3 estrelas no Latin NCAP, VW irá vender Golf GTE e e-Golf no Brasil, caminhão Tesla irá de zero a 100 km/h em 5 segundos e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Renault Kwid ganha três estrelas no teste do Latin NCAP

Quando a versão indiana do Renault Kwid conseguiu a façanha de não obter nenhuma estrela nos testes de impacto do Global NCAP, a fabricante francesa se apressou em gerenciar a crise de reputação do carro anunciando que ele seria vendido com reforços estruturais e airbags laterais de série no Brasil.

Mesmo assim, os clientes mais preocupados com a segurança dos carros ficaram com um pé atrás e aguardavam os resultados do Latin NCAP, com a versão brasileira do Kwid. Pois aí está: o compacto recebeu três estrelas nos testes. Esta é a nota mais alta que ele poderia receber, uma vez que o Latin NCAP reserva as notas de quatro e cinco estrelas a carros com controle de estabilidade.

Apesar da nota relativamente boa, o Latin NCAP fez ressalvas sobre a proteção da área do peito e das pernas, avaliada como média nos dois casos. Na proteção de crianças, o modelo se saiu bem por ser equipado com o sistema ISOFIX.

Onde o Kwid não se saiu muito bem foi na proteção contra impactos laterais: embora as portas tenham se mantido fechadas, houve penetração da barreira de impacto na cabine — ainda que a coluna B tenha resistido — e o airbag lateral não conseguiu oferecer boa proteção para o peito do passageiro.

 

Volkswagen irá vender Golf GTE e Golf elétrico no Brasil

57d6ecbe0e21630270011c11golf_gte__20140830014-tif

Depois de apresentar o Virtus, a Volkswagen confirmou mais dois lançamentos para o mercado brasileiro, parte de sua estratégia de lançar 20 novos carros até 2020. Eles são o Golf GTE e o e-Golf.

O primeiro, como seu nome sugere, é uma versão híbrida do GTI, porém em vez do motor 2.0 TSI ele usa uma variação de 153 cv o motor 1.4 TSI combinada a um motor elétrico de 102 cv que, combinados, resultam em um total de 205 cv (a soma de potência dos motores não é apenas A+B=C nos híbridos, mas isso é papo para outro post).

57d6ecbe0e21630270011c15golf_gte__20140830034-tif

A aceleração é feita em 7,6 segundos e a velocidade máxima é de 222 km/h, são números um pouco mais baixos que o do Golf GTI, que acelera de zero a 100 km/h em 6,5 segundos e passa dos 240 km/h, porém não é capaz de rodar até 66 km/l como o GTE, nem atingir 940 km de autonomia segundo os dados da fabricante.

vw-e-golf-1-e1510859649846

 

Já o outro modelo, o e-Golf, usa um motor elétrico de 136 cv (100 kW) e pode rodar até 300 km com uma única carga de suas baterias. A autonomia, claro, varia de acordo com o estilo de condução e o uso dos equipamentos do carro, e a recarga leva cerca de seis horas.

57d6ecbe0e21630270011c17golf_gte__201409020001-tif

Ainda não há preços nem data para o lançamento dos modelos. Sabe-se apenas que eles serão lançados em 2018, e que o GTE será posicionado acima do GTI, que atualmente custa R$ 132.250, e o e-Golf será o modelo de topo, chegando perto dos R$ 200.000.

 

The Grand Tour não terá mais “Celebrities Brain Crash”

Além do piloto americano como substituto do Stig, outra ideia que não deu muito certo na primeira temporada de Grand Tour foi o “Celebrity Brain Crash”, que substituiu o “Star in a Reasonably Priced Car”. No quadro, o programa trazia um convidado que nunca conseguia chegar ao estúdio porque “morria” no caminho.

Desta vez eles decidiram fazer algo mais divertido: um Alfa Romeo 156 cortado ao meio, batizado Half-a-Romeo (sacaram o trocadilho?). Aparentemente os convidados tentarão dirigir o carro cortado ao meio, talvez o ranking seja formado por quem conseguir ir mais longe com metade de um carro.

A segunda temporada do programa estreia no próximo dia 8 de dezembro e, embora ainda não tenham sido revelados muitos detalhes, a Amazon divulgou que eles passaram mais de 100 dias em quatro continentes, apssando pelos EUA, Croácia, Dubai, Moçambique, Espanha e Suíça.

 

Revelado o lado de dentro do Lamborghini Urus

1

Seguindo o roteiro dos lançamentos, o Lamborghini Urus finalmente começou com os flagras reveladores. Estamos a menos de um mês do lançamento, e já estava na hora de aparecerem as primeiras imagens que mostram o carro de verdade. Desta vez, foi a cabine do SUV quem se exibiu para o mundo.

2

As fotos foram publicadas pelo usuário do Instagram altdynamic, e revelam uma cabine que combina a temática hexagonal dos Lamborghini com o quadro de instrumentos digital usado por todas as marcas do Grupo VW, além da tela do comando do ar-condicionado e sistema de áudio — muito semelhante à do Audi A7/A8.

3

No console central ele tem o botão de partida e dois seletores bastante salientes, sendo um deles o controle dos modos de condução que a Lambo está divulgando nos teasers oficiais. O lançamento acontece no dia 4 de dezembro.

 

BMW 850i e M8 flagrados em vídeo durante testes em Nürburgring

Uma dupla de protótipos do novo BMW Série 8 foram flagrados durante testes em Nürburgring. Um deles é o 850i e o outro é, finalmente, o M8.

Ainda não há confirmação do powertrain, mas espera-se que ele seja equipado com o mesmo V8 4.4 biturbo do M5, com 600 cv e cerca de 75 kgfm. Também como o M5, o M8 deverá usar um sistema de tração integral com variação de distribuição de torque, permitindo que ele seja 100% transferido para a traseira.

Mais detalhes serão revelados em março de 2018, quando a BMW lançar o Série 8 no Salão de Genebra.

 

Caminhão da Tesla irá de zero a 100 km/h em 5 segundos

tesla-semi

A esta altura de 2017 não é mais surpresa nem segredo que a Tesla está preparando sua investida no mundo do transporte pesado. A marca de Elon Musk apresentou na noite desta quinta-feira (16) seu primeiro caminhão com o qual espera revolucionar o segmento. E se o tempo de aceleração do caminhão diz algo sobre isso, ele está no caminho certo.

Ou você já viu um caminhão comum acelerar de zero a 100 km/h em 5 segundos? Porque é exatamente isso o que ele faz. E não para por aí: ele também tem todos os recursos semi-autônomos dos demais carros da Tesla, autonomia de 800 km por carga, e a capacidade de rodar de forma autônoma em comboio com outros caminhões similares.

O tempo de aceleração, claro, é apenas do cavalo mecânico, mas mesmo com o semi-reboque carregado com 36 toneladas de carga, ele é capaz de acelerar de zero a 100 km/h em 20 segundos.

Matérias relacionadas

Tommi Makinen de volta ao WRC, uma série especial do McLaren P1, novas demissões na indústria brasileira e mais!

Leonardo Contesini

Gemballa no Brasil, BMW M5 ganha versão de despedida, erro em radar produziu 17.000 multas em SP e mais!

Leonardo Contesini

Os carros mais icônicos já fabricados pela… Lexus!

Dalmo Hernandes