A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Renault Sandero RS acelera em vídeo oficial, BMW está preparando M7, Uber é proibido no Brasil e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas verdadeiras do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Renault divulga vídeo-teaser do Sandero RS

A Renault parece estar mesmo disposta a marcar o mercado nacional com seu Sandero RS. Dias depois de divulgar a primeira foto do carro — e também do nosso flagra com todos os ângulos do RS — a fabricante lançou um vídeo-teaser do modelo acelerando no autódromo de Santa Maria/RS. No vídeo é possível ouvir um pouco do ronco do motor e ver o carro atacando algumas curvas.

sanderorsflatout-abre

Veja mais neste post exclusivo!

Um detalhe novo, que ainda não estava nos flagras que publicamos com exclusividade na segunda-feira, é o logotipo RS logo abaixo do losângulo da Renault, como pode ser visto nas tomadas de câmera da dianteira do carro. Em outra cena, no entanto, a suspensão do carro não parece muito baixa, ao menos não como se espera de um esportivo. No fim, a marca assina o vídeo com suas intenções: “Vem aí uma novidade que vai fazer as pistas tremerem”. Esperamos que sim, Renault.

 

BMW finalmente terá um M7 em 2016

11126656311274906590

Rumores de uma versão M do BMW Série 7 se repetem a cada geração do sedã topo de linha, mas nunca se concretizam. Segundo a revista Autobild, porém, dessa vez é de verdade. A sexta geração do modelo (vista acima nas fotos do WorldCarFans) trará, em 2016, a tão esperada versão M7. Será a arma da marca contra Audi S8 e Mercedes-Benz S63 AMG.

Com dianteira mais agressiva, de entradas de ar maiores, o mesmo sistema de escape do M5 e o motor V8 4.4 com ajuste para 600 cv, segundo fontes da revista, ele já teria até preço definido: cerca de 140 mil euros, ou pouco mais de R$ 460 mil. Na Europa, evidentemente.

 

Justiça brasileira proíbe o aplicativo Uber

uber

 

O juiz Luiz Corcioli Filho, da 12ª Vara Cível do Tribunal de Justiça de São Paulo, concedeu liminar ao Sindicato dos Taxistas determinando a interrupção da disponibilidade e do funcionamento do aplicativo Uber (leia tudo sobre ele neste post que fizemos há alguns meses) e a suspensão de suas atividades em São Paulo, Capital. A multa diária para descumprimento foi estabelecida em R$ 100 mil e não pode ultrapassar o limite de R$ 5 milhões.

Ao contrário de outros países em que o aplicativo é permitido, no Brasil é proibida “a utilização de veículo automotor, próprio ou de terceiros, para o transporte público individual remunerado de passageiros” a não ser por táxis, segundo a lei federal nº 12.468. Foi essa a base legal para a decisão do juiz. Seu caráter liminar e, portanto, provisório, ainda depende do julgamento da ação para colocar um fim definitivo na iniciativa ou permitir, seja lá com qual justificativa para isso, que o aplicativo possa voltar a ser usado. Tudo indica que o Uber, por aqui, já era.

 

Banco polonês transforma o i3 em caixa eletrônico ambulante

bmw-i3-mobile-atm-1

Muita gente chama carros elétricos de eletrodomésticos, ou appliances, em bom inglês, por uma pretensa falta de emoção em dirigi-los. Modelos mais modernos, como o Tesla Roadster e Model S, já provaram que não é bem assim, mas um banco polonês, talvez involuntariamente, fez coro com os detratores.

Para isso, o Idea Bank transformou um BMW i3 em um caixa eletrônico ambulante para rodar por Varsóvia. Correntistas do banco podem solicitar sua presença por meio de um aplicativo para iOs e Android para fazer depósitos, retiradas e transferências. Ou só dar uma espiada no extrato. Também é possível contratá-lo para ficar em determinado lugar, como em eventos, ou verificar onde o carro mais próximo está. Isso porque a empresa pretende colocar mais três i3 rodando pela capital da Polônia.

Se a ideia emplacar, o banco espalhará a ideia por outras cidades. “Empresários que levam pessoalmente dinheiro ao banco ou a um caixa eletrônico perdem tanto tempo quanto dinheiro. Nosso serviço visa tirar esse peso das costas deles”, diz Dominik Fajbusiewicz, membro do conselho do Idea Bank. E por que um modelo elétrico? Decerto para ficar mais fácil de fornecer energia para o caixa. Um modelo comum teria de ter uma bateria de grande capacidade adaptada. O i3 tem um gerador a bordo. É ou não é conveniente?

 

Chevrolet lança homenagem ao Corvette de corrida, o Z06 C7.R Edition

2016-Chevrolet-Corvette-Z06-C7R-Edition-3

Ainda que o Corvette Z06 já seja uma versão de rua do C7 R, de corrida, a Chevrolet achou que a associação poderia não ficar lá muito evidente. Diante disso, resolveu lançar a série especial Z06 C7.R Edition, limitada a 500 unidades, todas elas equipadas com o kit Z07 Perfomance Package, que inclui freios carbocerâmicos, e com um plaquinha com número de identificação.

2016-Chevrolet-Corvette-Z06-C7R-Edition-7

2016-Chevrolet-Corvette-Z06-C7R-Edition-6 2016-Chevrolet-Corvette-Z06-C7R-Edition-4

Eles serão oferecidos em versões exclusivas das cores amarelo e preto, usadas apenas nos carros de competição. Além disso, serão diferentes dos Z06 comuns por pinças amarelas de freio, rodas pretas com faixa amarela e calotas centrais com o logotipo Corvette Racing, pacote de acessórios aerodinâmicos de efeito solo com fibra de carbono aparente, um pedaço do capô também com fibra de carbono aparente e entradas de ar e grade dianteira na cor Spectra Gray Mettalic.

 

Hyundai convoca recall da primeira geração do i30 por falha na direção elétrica

new-hyundai-i30

A Caoa, importadora oficial dos veículos Hyundai, está convocando 15.723 unidades do i30 de primeira geração para sanar um defeito no software da direção elétrica.

A falha pode fazer a assistência elétrica deixar de atuar, tornando a direção pesada como seria uma direção mecânica comum. Isso pode causar perda de controle do veículo, com os problemas correspondentes. As unidades envolvidas vão do chassi KMHDC81EABU085807ao KMHDC51EBBU267435. O atendimento tem de ser agendado pelo telefone 0800 770 3355. Mais informações estão à disposição no site da empresa.

 

Campeão de subidas de montanha irlandês morre em acidente

escortrs2000mk2

O tetracampeão irlandês de subida de montanha, Simon McKinley, 34, morreu no dia 25 deste mês depois de um acidente na última etapa da Clare Motor Club Annual HillClimb, realizada em Scalp Hill, entre as cidade de Carran e Balharbour in the Burren, na Irlanda. O acidente aconteceu segundo depois da largada, a apenas 300 m do ponto de partida.

451 Simon McKinley 90069529.jpg

Aparentemente o carro bateu em um monte de feno antes de despencar em um precipício de cerca de 80 m. Seriamente ferido, o piloto ainda recebeu os primeiros socorros, mas não resistiu aos ferimentos. Sua esposa, Deirdre, outra piloto talentosa, também participava da competição. McKinley deixa um filho, Rory, de apenas 1 ano.

Você deve se lembrar do piloto por causa de nosso post sobre o carro dele, um Ford Escort Mk2 cheio de veneno, e por conta do que ele era capaz de fazer com o carrinho. Um amigo disse: “Ele era o cara a superar. Era brilhante. Alguém disse recentemente que ele era o melhor piloto de corrida de que você nunca ouviu falar”. Você, leitor do FlatOut, já o conhecia. Ficam nossa homenagem ao cara e nossas condolências à família. He will be missed.

Matérias relacionadas

Jaguar lança o novo E-Pace (literalmente), Ferrari testa o “para-brisa” da Fórmula 1, Velozes e Furiosos pode ter até aventura espacial e mais!

Leonardo Contesini

Aceleramos o Sandero RS Racing Spirit no Autódromo de Curitiba – assista nossas impressões a bordo!

Juliano Barata

Porsche 911 GT2 RS e Lamborghini Huracán Performante: quem leva o tira-teima em Hockenheim?

Dalmo Hernandes