A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Renault Sandero RS já pode ser configurado no site oficial, o Bugatti Vision Gran Turismo, Mercedes-Benz apresenta Classe S Cabriolet e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Renault Sandero RS já pode ser configurado no site da Renault

FlatOut 2015-09-02 às 11.03.58

O Sandero RS será lançado oficialmente nas próximas semanas, mas já é possível configurar o esportivo no site da Renault. O modelo parte de R$ 58.800 e vem equipado com rodas de 16 polegadas e pintura sólida. Os únicos opcionais são as rodas de 17 polegadas, que custam R$ 1.000 e as cores metálicas preto nacré e prata étoile, que saem por R$ 1.360. As outras duas opções de cor são o vermelho vivo e branco glacier — nada do amarelo oficial da Renault Sport, infelizmente.

FlatOut 2015-09-02 às 11.03.24

Por dentro, o acabamento tem bancos de tecido com faixas decorativas, o volante é o mesmo do Clio GT europeu, e a central multimídia é equipamento de série. Além disso, o modelo terá modos de condução selecionáveis pelo motorista, que alteram o peso da direção e respostas do acelerador. O motor, como sabemos, é o 2.0 16v de 150 cv que equipa o Duster e, no Sandero, será exclusivo da versão RS.

 

Audi S4 de sexta geração é flagrado sem camuflagem

2016-Audi-S4-Spyshots-07-850x453

 

Depois que o Audi A4 de quinta geração, o B9, foi apresentado, chegou a vez de conhecermos a sexta geração do S4, ainda que não de modo oficial. Por que o A4 está na quinta e o S4 na sexta? Porque o primeiro S4 era baseado no Audi A6 de primeira geração, conhecido pelo código de desenvolvimento C4.

2016-Audi-S4-Spyshots-12-630x320

Flagrado em testes nos Alpes Suíços, o S4 apresenta entradas de ar maiores, duas saídas duplas de escape, um difusor de ar na traseira e provavelmente um motor V6 biturbo capaz de render 350 cv ou mais. Seria uma evolução do 3.0 V6 do antigo S4, que contava com 333 cv. Mas pode ser outro motor. Teremos de aguardar a confirmação no Salão de Frankfurt.

 

Mercedes revela Classe S conversível

Mercedes-S-Class-Cabrio-11

O Mercedes Classe S conversível está de volta depois de quase 45 anos. Desde 1971 a classe mais alta da marca não tinha sua versão conversível — nos anos 1990 e 2000 esse papel tenha sido cumprido pela classe CL, mas agora, com as mudanças na linha da marca, a Mercedes decidiu incorporar os cupês e conversíveis de luxo à mesma classe que o sedã, como era no passado. O modelo segue as mesmas linhas gerais que o cupê, porém com teto de tecido em vez de metal.

Mercedes-S-Class-Cabrio-27

Os dois carros também têm as mesmas dimensões — o conversível é apenas 4 mm mais alto devido ao teto retrátil. Ele pode ser aberto ou fechado em 20 segundos em velocidades de até 60 km/h. A capota é feita com três camadas de tecido: a externa de tecido, uma intermediária de borracha de butila como impermeabilizante e uma camada interna de tecido refinado, consoante com o acabamento interno do carro. Com esse esquema de três camadas, a Mercedes conseguiu obter menores níveis de ruído interno e aquele aspecto “inflado” que as capotas de tecido ganham em velocidade.

Mercedes-S-Class-Cabrio-9

Por dentro ele também tem os tradicionais sistemas Airscarf e Aircap — o primeiro consiste em saídas de ar nos bancos para aquecer o pescoço (airscarf pode ser traduzido como “cachecol de ar”); o segundo evita o efeito de buffeting (aquela oscilação da corrente de ar incômoda). Além destes dois sitemas, o Classe S conversível traz o inédito sistema Thermotronic, que controla automaticamente a temperatura no habitáculo de acordo com o nível de radiação solar quando a capota está aberta. São 12 sensores e 18 atuadores que medem constantemente as variáveis e ajustam automaticamente o Airscarf e o ar-condicionado.

O Classe S Cabriolet terá os mesmos motores que seu irmão fechado: o V8 4.7 de 455 cv e 71,2 mkgf na versão S500, que tem tração traseira e câmbio 9G-Tronic de nove marchas; e o S63 AMG, com o V8 5.5 biturbo com 585 cv e 91,6 mkgf combinado ao câmbio MCT 7 Speedshift, que envia a força às quatro rodas pelo sistema de tração integral 4MATIC. Com essas especificações, o S63 AMG Cabriolet vai de zero a 100 km/h em 3,9 segundos.

O modelo será apresentado oficialmente no Salão de Frankfurt, que acontece no fim deste mês.

 

Bugatti revela seu conceito Vision Gran Turismo

Bugatti-Vision-Gran-Turismo-1

Diz a Bugatti que ela quis fazer uma homenagem a seu passado de glórias nas corridas, especialmente nos anos 1920 e 1930, quando criou o Vision Gran Turismo, o carro que a galera que joga o Gran Turismo vai poder dirigir no game dentro de alguns meses. Mas quem olha o conceito não consegue ver muito mais do que uma evolução do Veyron. Talvez por isso alguns cogitem que ele é uma forma de antecipar o Chiron, sucessor do ultraesportivo, que será apresentado apenas no Salão de Genebra de 2016.

Ao contrário das outras empresas que criaram modelos para o Gran Turismo, a Bugatti não revelou os dados técnicos do modelo imaginário. Só diz que ele foi concebido em parceria com a Polyphony Digital, criadora do game, e que ele seguiu medições aerodinâmicas precisas. De resto, é só o que se pode ver nas imagens: a grade em ferradura, os quatro faróis de LED de cada lado (não podiam ser de laser?) e as quatro saídas de escape. Se fosse um livro, seria uma descrição bem pobre de contexto, mas pode ser que esse detalhamento esteja apenas no próximo capítulo.

 

BMW já estaria preparando um M2 CSL para 2016

44054c78-f2d1-cefa

A estreia do M2 deve acontecer em outubro deste ano, mas as novidades da BMW sobre o modelo não devem parar por aí. Segundo o BMW Blog, a marca já estaria preparando sua versão CSL, de baixo peso. Não só do M2, mas também de outros modelos M. O M2 CSL deve aparecer já em 2016.

De acordo com a mesma fonte, os CSL não serão as versões mais extremas da marca, mas sim laboratórios de novas tecnologias para melhorar o desempenho dos veículos. Não há novidades sobre o peso ou outras especificações técnicas, mas o design dos CSL deve ser inspirado no de conceitos, como o Vision Gran Turismo, por exemplo.

 

Configurações online da Tesla entregam como será o Model X

Tesla-Model-x-14

O SUV elétrico da Tesla deu finalmente as caras, mas não de modo inteiramente oficial. Suas fotos e especificações finais apareceram no configurador da marca, disponível apenas para quem está na fila de espera por ele. Há duas filas: uma pelo modelo mais simples, que exige um depósito de US$ 5.000, e uma pelo modelo Signature Series, com depósito de US$ 40.000.

O Signature Series custará US$ 132.000, que não incluem o desconto de US$ 7.500 dado pelo governo federal dos EUA. Ele vem com uma bateria de 90 kWh, o sistema de estacionamento autônomo Autopilot, bancos de couro ventilados e aquecidos, terceira fileira de bancos rebatível e segunda fileira com três bancos individualmente ajustáveis.

Tesla-Model-x-4

Outra característica do Model X são as portas traseiras do tipo asa de gaivota, que a marca prefere chamar de Falcon Wing (ou asa de falcão). As portas têm sensores que evitam que elas se choquem com o teto das garagens.

Tesla-Model-x-5

Equipado com um motor elétrico por eixo, um de 300 cv no dianteiro e um de 510 cv no traseiro, o Model X Signature vai de 0 a 100 km/h em 3,8 s e atinge a máxima de 250 km/h. Números de deixar Cayenne Turbo S de antena em pé. Mas isso é para o modelo de série…

Caso queira o já famoso Ludicrous Speed Upgrade, opcional, o Model X pode ir de 0 a 100 km/h em 3,2 s, percorrendo o quarto de milha em 11,7 s, tempo apenas meio segundo pior que o do Dodge Challenger SRT HellCat.

 

Lamborghini especial já tem nome: Centenario

Lambonario

Já avisamos aqui que a Lamborghini apresentou em Pebble Beach, no mês passado, um modelo especial na mesma linha do Sesto Elemento e do Veneno, em série limitadíssima, de apenas 20 unidades. Foi mostrado em primeira mão aos clientes preferenciais da marca, aqueles capazes de pagar mais de US$ 1 milhão em cada unidade, se é que elas não vão custar mais do que isso. Com apresentação pública marcada para o Salão de Genebra de 2016, em março, agora sabemos qual será o nome do modelo: Centenario. Aliás, Centenario LP770-4.

O novo super Lambo, que deve ter motor de 770 cv e ser bem mais leve que o Aventador, será uma homenagem a Ferruccio Lamborghini, fundador da empresa, que completaria 100 anos em 28 de abril de 2016. Ele teria velocidade máxima de 350 km/h e iria de 0 a 100 km/h em 2,7 segundos.

 

Estreia do Fiat 124 está marcada para o Salão de Los Angeles

fiat-124-spider-render-vari-3_big_watermark

Quem está ansioso pela chegada do novo roadster da Fiat, o 124, que dividirá plataforma com o Mazda MX-5 por uma questão de redução de custos, já tem uma data mais ou menos confirmada para matar a ansiedade. 18 de novembro, data em que o Salão de Los Angeles abrirá as portas à imprensa. Dois dias depois, em 20 de novembro, quem estiver na cidade poderá ver o carro pessoalmente, quando o salão abrirá as portas ao público.

O novo roadster terá duas opções de motor, ambas turbinadas: o 1.4 MultiAir que equipa o 500 Abarth e o 1.750 cm³ que equipa o Alfa Romeo 4C, mas em versão aperfeiçoada. Será com este motor que o 124 será vendido na versão Abarth. Ainda não se sabe quanto ele terá de potência, mas não seria difícil imaginá-lo com mais de 300 cv.

Matérias relacionadas

O novo trailer com o novo trio de Top Gear, Ford pode estar planejando um novo Mustang Bullit, preços dos combustíveis não baixou após redução da Petrobrás e mais!

Leonardo Contesini

250 LM: a simplicidade selvagem da última Ferrari a vencer as 24 Horas de Le Mans

Dalmo Hernandes

Um pneu de US$ 600.000, Uber terá helicópteros em São Paulo, um McLaren P1 para James Hunt e mais!

Leonardo Contesini