Edição diária: 18/06/2019
FlatOut!
Image default
Salão do Automóvel de SP

Renault Sport: do Sandero em homenagem a Senna ao carro de F1

Lembra dos esportivos que falamos no final do post dos SUVs da Renault? Pois chegou a hora de ver o que a Renault Sport trouxe ao Salão de SP.

salao-sao-paulo-flatout-sanderojps-4

 

Logo de cara topamos com este belo hot hatch. Parece um Sandero RS comum, e é mesmo. Mas ele recebeu uma decoração especial inspirada pelos Lotus Renault 97T e 98T (os modelos que Ayrton Senna usou nas temporadas de 1985 e 1986) com o número 12 e as faixas douradas sobre a pintura preta — remetendo às cores da John Player Special. Seu nome oficial é Renault Sandero Grand Prix Concept e a Renault diz que ele pode ser usado como inspiração para futuras versões especiais.

salao-sao-paulo-flatout-sanderojps-3

Mecanicamente não há modificações, mas você não vai reclamar de um 2.0 16v de 150 cv com um câmbio de seis marchas e um dos melhores acertos dinâmicos do mercado brasileiro nos últimos anos, vai?

salao-sao-paulo-flatout-renault-rs01-1

Se você prefere algo mais hardcore, o R.S.01 é a resposta. Estamos falando aqui de um carro de corrida com monocoque de fibra de carbono e um V6 biturbo de 3,8 litros de 550 cv e 61,2 mkgf de torque. Sim, você já viu esse motor antes no Nissan GT-R, mas aqui ele está instalado entre o cockpit e o eixo traseiro e, no lugar do transeixo do GT-R agora há um câmbio sequencial de sete marchas da Sadev.

salao-sao-paulo-flatout-renault-rs01-6

Com 1.100 kg a aceleração de zero a 100 km/h é completada em 2,9 segundos e a velocidade máxima é de 300 km/h.

salao-sao-paulo-flatout-renault-formula1-2

Por último, mas não menos importante, temos o R.S.16, o carro de Fórmula 1 da Renault nesta temporada de 2016. Como todo Fórmula 1 desde 2014, ele é equipado com uma “unidade de força” composta por um V6 1.6 turbo e um sistema elétrico de recuperação de energia que ajuda a produzir mais potência e a reduzir o lag do turbo (explicamos como ele funciona neste post).

salao-sao-paulo-flatout-renault-formula1-5

Aliás, falando neste motor, ele estava exposto sob uma redoma de vidro, porém com detalhes como bobinas, linhas de combustível etc escondidos por tampas plásticas. Uma pena.

salao-sao-paulo-flatout-renault-formula1-6

Ao menos foi possível observar em detalhes a suspensão pullrod traseira e a aerodinâmica quase obscena das asas do carro.

salao-sao-paulo-flatout-renault-formula1-7salao-sao-paulo-flatout-renault-formula1-1

Matérias relacionadas

McLaren de Ayrton Senna, Civic Si e o crossover HR-V: os destaques da Honda no Salão do Automóvel

Dalmo Hernandes

Ferrari 488 Pista, McLaren Senna e Lamborghini Huracán Performante e os supercarros do salão do automóvel

Leonardo Contesini

Renault mostra Sandero R.S. Amarelo Sirius e lança o elétrico Zoe no Salão do Automóvel

Dalmo Hernandes