A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Renovação de CNH terá curso e prova, Citroën renova C4 Lounge, o possível fim do Audi R8 e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas (ou não) do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Renovação de CNH exigirá curso de atualização

7e4a52071a4b9bfc9b8bf428d71361f6

A partir de junho deste ano, os motoristas em processo de renovação da Carteira Nacional de Habilitação terão que passar por um curso de atualização e ser aprovados em um exame teórico, além dos exames de aptidão física e mental para conseguir o documento.

As mudanças foram regulamentadas pela Resolução 726/18 do Contran, publicada nesta quarta-feira (14) com efeitos a partir de 90 dias. O texto dispõe sobre novas regras para a formação e especialização de condutores. Segundo o Denatran, o curso de aperfeiçoamento para a renovação da CNH pretende manter os condutores habilitados atualizados em relação às leis e regras de trânsito.

O curso poderá ser feito à distância ou presencialmente, e terá duração de 10 horas-aula. O Denatran não mencionou valores do curso, nem se os custos serão repassados aos condutores. Uma das opções de custeio, por exemplo, poderia ser por meio do orçamento de multas, que por lei pode ser destinado à educação para o trânsito.

 

Citroën lança C4 Lounge reestilizado no Brasil

citroen-c4-lounge-2018-6

Com a atualização de Civic e Corolla e com o novo Jetta a caminho, a Citroën finalmente reestilizou o C4 Lounge depois de quase cinco anos de mercado. A principal mudança é na dianteira, que já havíamos visto há algumas semanas aqui mesmo no Zero a 300, quando o carro deu as caras sem disfarces na Argentina. Mudam o para-choque dianteiro, a grade e os faróis, que passam a ser de LED na versão de topo.

Por falar em versões, o carro será oferecido somente em duas variações: Feel e Shine, ambas equipadas com o motor 1.6 THP de 173 cv e 24,5 kgfm combinado ao câmbio automático de seis marchas.

citroen-c4-lounge-2018-7

 

A versão de entrada, Feel, parte de R$ 93.920 e vem equipada com sistema multimídia com integração Apple CarPlay e Android Auto, quadro de instrumentos digital (não-configurável), controles de tração e estabilidade, revestimento interno de couro, rodas de liga leve de 17 polegadas e quatro airbags. A Shine vem mais acima por R$ 102.790 e, embora mais cara, a Citroën espera que ela seja a mais procurada devido à sua relação custo/benefício ante à concorrência. Por esse preço ela traz o pacote do Feel somado a faróis integralmente de LED, teto solar, airbags laterais e de cortina, partida por botão e chave presencial.

citroen-c4-lounge-2018-5

Com pacote semelhante ao do C4 Lounge Shine o Honda Civic custa R$ 106.200 com motor 2.0 de 155 cv e R$ 124.900 com o motor turbo e potência semelhante à do Citroën. O Toyota Corolla sai por R$ 104.850, também com motor aspirado, o 2.0 16v de 153 cv

citroen-c4-lounge-2018-1

Há ainda uma terceira versão do modelo voltada a clientes com deficiência (PCD), batizada Live e tabelada a R$ 69.990. Por esse preço ela vem equipada com rodas de liga leve, sistema multimídia, controle de tração e de estabilidade e o mesmo conjunto mecânico das duas demais versões.

 

Novo Honda CR-V começa a ser vendido neste mês

2019-HONDA-CR-V-810x441

Além do Civic Si, outro modelo que acabou “vazando” ontem (14) no documento circular às concessionárias foi o novo Honda CR-V. O modelo será oferecido em versão única, a Touring, equipado com o motor 1.5 turbo já encontrado no Civic Touring e no Civic Si, porém com calibração para render 190 cv.

novo-honda-crv-2018-3

A lista de itens de série inclui conjunto óptico integralmente de LED, sistema multimídia com tela de 7 polegadas e navegador GPS, sistema auxiliar de mudança de faixa com câmera lateral integrada ao retrovisor, partida remota do motor, display head-up, alerta de fadiga do motorista, abertura do porta-malas por movimento dos pés, bancos elétricos com memória e rodas de 18 polegadas.

honda-crv-2019-release-date-2

A paleta de cores inclui somente as perolizadas vermelho “Basque Red”, branco “White Diamond” e preto “Crystal Black”, e a metálica prata “Lunar Silver”. O preço? R$ 179.900. O faturamento, como no Civic Si, começa no fim deste mês, mas ainda não há data de lançamento oficial.

 

Audi R8 não terá uma terceira geração

audi_r8_v10_plus_68

O Audi R8 é um dos supercarros mais impressionantes e surpreendentemente versáteis dos últimos tempos, e trouxe um ar futurista ao segmento quando foi lançado há pouco mais de dez anos. Mas sua relevância na Audi não será suficiente para garantir seu futuro: a Audi não planeja fazer uma nova geração do modelo.

A notícia foi dada pelo próprio chefe de desenvolvimento técnico da Audi, Peter Mertens, em entrevista à edição americana da revista Car and Driver. Quando questionado sobre o R8, Martens disse que o modelo “tem uma vida longa e está se saindo bem”, mas depois, ao ser questionado sobre os rumores de que ele não terá um sucessor, concordou com a afirmação e completou dizendo que sempre deixa seu chefe irritado quando fala sobre isso.

Apesar da confirmação, Martens concluiu a conversa com a revista americana dizendo que esportivos são bons para a Audi e completou com “nunca diga nunca”. Não sabemos se foi uma tentativa de manter o mistério sobre o futuro do R8 ou se ele acabará substituído por uma variação híbrida/elétrica como o e-tron (abaixo), uma vez que a marca alemã está concentrada no lançamento de modelos eletrificados na próxima década.

Audi-R8-e-tron-8

Agora.. quando e se isso irá acontecer, também é outro mistério. Além disso, se você puxar à memória, a Audi está trabalhando em uma variação de entrada do R8, provavelmente equipada com o motor 2.9 biturbo V6 compartilhado com o Porsche Panamera.

 

Próxima geração do Nissan Z poderá ser desenvolvida com a Mercedes

1284902

Com quase 10 anos de estrada o Nissan 370Z é atualmente um dos esportivos há mais tempo no mercado sem grandes mudanças (o Lotus Elise e o GT-R também estão no páreo), e considerando o tratamento que o carro vem recebendo da própria Nissan nos últimos anos, ele não parece muito perto de ganhar uma nova geração.

Mas esta história mudou depois que o Toyota Supra foi apresentado no Salão de Genebra. Segundo o site japonês Response, a Nissan está trabalhando em um sucessor para o 370Z, supostamente em parceria com a Mercedes-Benz como forma de reduzir custos de desenvolvimento. As duas empresas já têm uma parceria para motores diesel, para o utilitário urbano Citan e no desenvolvimento das picapes Classe X/Alaskan/Frontier.

Segundo os japoneses, a parceria renderá duas opções de motores ao próximo Z-Car: o 2.0 turbo da Mercedes para as versões de entrada, e o V6 biturbo 3.0 do Infiniti Q50, que poderá chegar aos 450 cv. Por outro lado, não seria surpresa ver o próximo Z-Car equipado somente com uma versão hardcore do 2.0 Mercedes, uma vez que este motor já chegou aos 400 cv, segundo a AMG, e a Nissan quer manter a Infiniti distanciada dos modelos com a marca Nissan por questões de valor percebido.

A apuração do site Response obteve até um prazo de lançamento para o carro: ele deverá acontecer em 2019 durante o Salão de Los Angeles.

Matérias relacionadas

Quando as fabricantes quebram suas tradições, para o bem e para o mal – parte 2

Dalmo Hernandes

Subaru WRX vs. bomba de palitos, o resgate dos Corvettes do Museu, Dodge Challenger Shaker e mais!

Leonardo Contesini

Nova lei quer criar faixas exclusivas para motos, Mercedes revela interior do novo G-Wagen, um De Tomaso Pantera moderno e mais!

Leonardo Contesini