A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture FlatOut Top

Retrospectiva 2014: os melhores posts do FlatOut! em seu primeiro ano de vida – a escolha dos leitores

Como se não bastassem Natal e Ano Novo, nós aqui temos mais um motivo para comemorar no fim do ano: o aniversário do FlatOut, que nasceu no dia 22 de dezembro de 2013.  Sim, os finais de ano da nossa comunidade de entusiastas é ainda mais maneiro! Comemorando nosso primeiro ano em atividade, perguntamos a vocês quais eram seus posts favoritos ao longo desse tempo. Agora, temos a lista com as respostas!

E temos que confessar uma coisa: não esperávamos tantas respostas dizendo que era impossível escolher um só. Não estamos reclamando, não — isso é demais! Significa que boa parte dos mais de dois mil posts que fizemos neste mês é excelente, que nosso trabalho foi bem feito e, mais importante, que vocês sabem disso. Vamos repetir: nossa equipe trabalha duro, 365 dias por ano, mas sem os acessos e o apoio de cada um dos leitores, não conseguiríamos levar o site da forma que levamos. Fica aqui mais um muito obrigado!

 

Uma S10 derrapando de lado na madrugada

s10

Uma das histórias do Juliano Barata (ele e o Rafa Paschoalin, que até já correu na Ilha de Man), acontecida antes do Jalopnik Brasil e antes do FlatOut!, mas merece ser contada — ainda mais porque envolve uma S10, uma rotatória e derrapagens controladas na chuva. Confira aqui!

 

Mid Night Club: a mais lendária gangue de corridas de rua do Japão

midnight

Em 2014 demos uma atenção toda especial à riquíssima cultura automotiva japonesa — algo que até mercia uma seção por si só. O Mid Night Club foi a mais lendária gangue de pilotos de rua do Japão, dando origem a diversas oficinas que hoje são famosas inspirando histórias como a do anime/mangá Wangan Midnight. Confira aqui!

 

Eu conheci Akira Nakai da RWB – e o Blackbird que inspirou Wangan Midnight

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Uma das coisas mais legais do FlatOut é o engajamento dos leitores — que chega ao ponto de alguns até já terem contribuído com histórias para o site. Uma das mais legais foi a de Thiago Zaiden que, morando no Japão, decidiu fazer uma visita à RAUH-Welt Begriff. Ele conheceu Akira Nakai e descobriu que o cara é gente fina — da melhor maneira possível: acompanhando a equipe da RWB no Idlers Games em Tsukuba! Thiago até deu um jeito de colocar um pedacinho do FlatOut num dos carros de Nakai-San… Confira aqui!

 

Conheça Bertha Benz, a mulher que fez a primeira viagem de carro da história

bertha

Uma frase deste post deve ser o bastante para te fazer querer conhecer (ou relembrar) a história de Bertha Benz, esposa de KarlBenz – o homem que, para muita gente, criou o primeiro ancestral direto do automóvel moderno, o Patent Motorwagen.

Todo gearhead tem uma dívida impagável com esta brava senhora. Sem ela, Karl Benz talvez teria passado sua vida inteira tentando finalizar seu carro. Obrigado, Bertha.”

 Leia a história toda aqui!

 

FlatOut! em Nürburgring

ring

Nos desculpem, mas vamos ter que abrir uma exceção aqui: logo no primeiro ano, partimos para a missão ambiciosa de viajar para a Alemanha e pilotar no Nürburgring Nordschleife para contar, em detalhes, como foi. Detalhes mesmo – guia de viagem, tour pela cidade, galeria de fotos, passeio pelas lojinhas… sinceramente, não dá para escolher um só. Aproveite e (re)leia todos!

 

917 K: a história do primeiro Porsche a conquistar Le Mans

917k

Pequeno, leve e absurdamente potente, o Porsche 917 intimidava até seus próprios pilotos – e foi o carro que, em 1970, iniciou uma dominância que duraria até 1998, com dezesseis vitórias. Este post conta toda (absolutamente toda) a sua história. Imperdível!

 

Um Dodge Challenger, um baixo Rickenbacker e as montanhas de Los Angeles

rick

Um dos primeiros posts do então recém-nascido FlatOut foi um soco na cara: a história da viagem épica de Juliano Barata para buscar um baixo Rickenbacker, dirigir um Dodge Challenger R/T Plum Crazy pealas montanhas de Los Angeles e fechar um ciclo. É simplesmente imperdível.

 

A história do Fusca que atravessou o mundo três vezes — e continua rodando

fusca

Há pouco tempo contamos a história de Paul Loofs, o imigrante alemão no Canadá que, entre 1957 e 1966, atravessou o mundo três com seu Fusca 1955. E o carrinho continua rodando, levando consigo as memórias do senhor que correu o mundo com ele. Leia esta história aqui!

 

Fora do eixo: o prazer de viajar por rotas alternativas

rotas

Muitas vezes nos acomodamos e nos apegamos ao óbvio — e acabamos virando aquelas pessoas chatas que fazem tudo igual sem questionar. Nesta bela pensata, usando memórias de infância e sua experiência na estrada, Leo Contesini faz a gente enxergar que o barato da viagem é mesmo o caminho. Não é só um ditado popular. Duvida?

 

Os melhores hot hatches do universo: Peugeot 205 GTI

205

Quase todo mundo adora eles, e quem não adora, ainda não andou em um. É esta a nossa opinião sobre os hot hatches, que são os esportivos mais acessíveis do mercado há décadas. Para falar sobre eles, criamos uma série aproveitando o aniversário de 30 anos do Peugeot 205 GTI — para alguns, o melhor hot hatch do universo (especialmente entre os fãs de rali, por uma boa razão).

 

Guia de compra: BMW M3 E36

m3

O BMW M3 E36 é um dos carros de alto desempenho mais acessíveis — o que não significa que não seja preciso estar muito a tento na hora de comprar o seu. O FlatOut deu uma mãozinha com um guia de compra inédito que, temos certeza, ajudou alguém a comprar o seu próprio clássico alemão. Ou estamos enganados?

 

Datsun 240Z: um dos melhores carros que já acelerei na vida

datsun240zabre

O que um carro precisa para ser um dos melhores que você já dirigiu na vida? Se você é como nós, talvez um cupê com um seis-em-linha de 2,4 litros, câmbio manual e tração traseira como o clássico Datsun 240Z seja um forte candidato. Nós andamos em um dos únicos exemplares do Brasil — e devemos dizer: ele é sensacional. Saiba como foi a experiência!

 

Kanjozoku: por dentro da incrível (e perigosa) cultura dos corredores de rua de Osaka, Japão

Todos os aspectos da cultura automotiva nos fascinam — às vezes, até os ilegais, como os kanjozoku, ou kanjo racers, os rachadores de Osaka, no Japão, que são conhecidos por seus Honda Civic coloridos e preparados para disputar corridas no anel rodoviário da cidade (com ênfase nos pneus e na suspensão). Veja a história aqui!

 

A primeira corrida da minha vida: Lancer Cup!

cup

Já imaginou como é participar de uma competição de verdade do automobilismo brasileiro? Foi o que aconteceu com a gente, quando o Juliano Barata foi convidado a participar da Lancer Cup com o carro do fundador da categoria. Dica (meio óbvia, na verdade): é bem mais intenso que o mais intenso dos track days. Leia o relato todo (com direito a vídeos on board) aqui — foi ali que viramos gente grande.

 

Onde tudo começou: “Seja bem-vindo ao FlatOut Brasil – versão beta!”

beta

Ah, o primeiro post. Era dia 23 de dezembro – exatamente um ano e dois dias atrás – e nascia ali o seu novo site favorito. Se não é, não se preocupe: é uma questão de tempo. O ano II vai ser ainda melhor!

Agora, como é de praxe, temos certeza de que vocês vão se lembrar de muitos outros posts incríveis feitos por nós (e até por vocês, de vez em quando). A caixa de comentários está aí para isso!

 

Matérias relacionadas

Hachi roku: a história e glória do Toyota AE86

Leonardo Contesini

O “Trabant mais rápido do mundo” tem um motor Honda de 270 cv atrás dos bancos dianteiros

Dalmo Hernandes

AMC Javelin: o muscle car “esquecido” feito para brigar com o Mustang

Dalmo Hernandes