A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture Vídeo

Roadkill : nove carros, dois malucos e uma batalha épica no autocross

Roadkill é como os americanos chamam os animais mortos na estrada, atropelados por algum carro. “Roadkill“, o webshow da revista Motor Trend, inverte um pouco as coisas: dois animais — quer dizer, David Freiburger e Mike Finnegan da revista Hot Rod  — dirigem como loucos até matarem os carros, ou algo assim. Alguns carros sobrevivem — e os caras juntaram nove deles para um grande showdown em um circuito de autocross. Será que foi divertido?

O programa vai ao ar no YouTube uma vez por mês. Em cada um dos episódios, um carro é usado para realizar alguma missão — e nem sempre consegue chegar inteiro até o final. Por exemplo, em um dos episódios a dupla precisou dirigir por 3.800 km, atravessando os EUA com um Camaro de arrancada, trocar o motor ao vivo em um evento e fazer o caminho de volta. Em outro, um Dodge Charger foi montado ao estilo frankenstein, com painéis e componentes de vários outros carros e o motor de um trailer…

Cada episódio dura cerca de 40 minutos, sempre regados a burnouts, ronco de motor (normalmente um V8), piadas ruins e muitas, muitas mesmo, gambiarras mecânicas. Ou você acha que prender a bomba de combustível ao assoalho de um Datsun 240Z usando presilhas plásticas é um serviço profissional?

bomba-presilhas

A coleção de carros do especial que comemorou o 25º episódio é no mínimo curiosa: o já citado 240Z, movido por um motor V6 Chevrolet, um Plymouth Superbee com motor 484 de 600 cv, um GMC Suburban com uma carreta na traseira, um Chevrolet El Camino, uma picape que eles usam para transportar os carros em alguns episódios, um AMC Gremlin e mais algumas pérolas sobre rodas. Ver os caras tentando fazer cada um deles funcionar depois de meses parados sem manutenção alguma é uma das melhores partes. O carro não tem bateria? É só conectar o arrancador (jump starter), arrumar um lugar para ele no cofre e pronto! Disco de freio empenado? Sem problemas: retire a roda, dê uma boa olhada no disco e… coloque a roda de novo. Você não vai mesmo precisar de freios.

Todos eles disputariam pelo menor tempo em um circuito de autocross (que, no Brasil, conhecemos como pro solo) e, no final, em uma super arrancada com os nove carros lado a lado.

Para ajudar na tarefa, a dupla convidou Carlos Lago e Johhny Lieberman, da Motor Trend. Eles levaram um Kia Rio para servir de referência nos tempos do pro solo, e logo ficou claro que os caras da Hot Rod teriam alguns probleminhas para conseguir tempos mais baixos que o do hatch de tração dianteira. Alguns carros mal andavam, outros tinham problemas nos freios e outros, ainda, não deveriam nem estar funcionando.

Agora, chega de enrolação e assista ao episódio para descobrir o resultado:

Um episódio novo de Roadkill vai ao ar em toda quarta sexta-feira de cada mês, e Freiburger e Finnegan já avisaram que têm planos para o Datsun que apareceu neste episódio e para o Charger Frankenstein. Vamos aguardar ansiosos pelas próximas loucuras que estes caras vão fazer!

Matérias relacionadas

O sonho deste garotinho era andar de Lamborghini — e adivinhe o que ele ganhou de aniversário

Dalmo Hernandes

Toyota Supra Mk4: relembre a história do modelo mais veloz e furioso da marca

Leonardo Contesini

Quando o baterista do Pink Floyd correu nas 24 Horas de Le Mans… cinco vezes

Dalmo Hernandes