A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture Eventos Lançamentos Notícias Top

Salão do Automóvel 2016: os carros que você não pode deixar de ver de perto – parte 2

A cada dois anos, a comunidade inteira de entusiastas brasileiros se volta para São Paulo, onde acontece o Salão do Automóvel. A edição de 2016 será marcada por lançamentos importantes (alguns deles, mundiais!) e atrações especiais que virão apenas para se exibir e fazer barulho, mas deverão garantir nosso entretenimento.

 

Jaguar Land Rover

jaguar_f-type_svr_coupe_11

A Jaguar Land Rover nunca deixa o Brasil de fora em seus lançamentos e, naturalmente, isto também vale para o F-Type SVR, versão ainda mais apimentada do cupê feita pela divisão de veículos especiais da fabricante britânica, a Special Vehicle Operations, ou SVO.

jaguar_f-type_svr_coupe_5

O F-Type SVT é equipado com um V8 supercharged de cinco litros que, com 25 cv a mais, chega aos 575 cv. Com câmbio automático de oito marchas, ele é capaz de chegar aos 100 km/h em 3,5 segundos, com máxima de 320 km/h. As vendas no Brasil estão previstas ainda para este ano, e o preço deverá ficar na casa dos R$ 800 mil.

land_rover_discovery_36

Já a Land Rover vai apresentar ao público brasileiro a nova (e revolucionária) geração do Discovery. O grandalhão perdeu as formas quadradas que o caracterizavam e ganhou um visual mais parecido com o irmão menor, o Discovery Sport, muito mais refinado; e também novos recursos e equipamentos. Ainda não se fala em motorização.

range_rover_evoque_convertible_65

A outra atração da Land Rover para o evento é o Range Rover Evoque conversível, que já roda lá fora desde o ano passado mas ainda não havia sido apresentado oficialmente no Brasil. A capota é automática, e leva 18 segundos para fechar e 21 segundos para abrir. Espera-se que as vendas comecem até o fim do ano.

 

Toyota e Lexus

toyota_c-hr_concept_12

A versão de produção do crossover compacto CH-R foi apresentada pela Toyota no Salão de Genebra há alguns meses, e trazia boa parte das linhas da versão conceitual, que já havia aparecido em 2015, no Salão de Frankfurt. E foi o conceito que a fabricante japonesa escolheu para trazer para o Salão do Automóvel, para medir a receptividade do público. Estamos falando de um dos segmentos que mais crescem no mercado brasileiro atual, e o CH-R certamente seria um bom rival para o Honda HR-V e o Jeep Renegade.

lexus_lc_500h_31

Já a divisão de luxo Lexus trará o belo cupê LC 500h. A letra no fim de seu nome revela que se trata de um híbrido – o conjunto motriz é composto por um V6 de 3,5 litros e 400 cv, mais um motor elétrico de 60 cv. O sistema permite que se chegue a até 140 km/h apenas com os motores elétrico, e promete aceleração até os 100 km/h abaixo de cinco segundos.

 

Renault

renault_unsorted_21_1

Depois de matar o Clio, a Renault traz ao Salão do Automóvel seu substituto. O Kwid é um hatchback com suspensão alta e visual levemente aventureiro. Seus alvos são o VW Up e o Fiat Mobi e, para destacá-lo dos rivais, a Renault o encara como um mini-SUV acessível. O motor será um três-cilindros de um litro e 75 cv. As vendas começam logo após o Salão, e o preço ainda não foi revelado.

renault_captur_6

Outro lançamento é o Captur, SUV compacto que já é velho conhecido de quem acompanha nossos segredos e flagras. Posicionado acima da Duster, o Captur vai concorrer com o Honda HR-V e o Jeep Renegade, os dois atuais líderes do disputado segmento. O motores disponíveis serão dois: de origem Nissan, de 1,6 litro e 111 cv, ou um Renault de dois litros e 148 cv.

renault_koleos_23

Por fim, o SUV Koleos virá para colocar a Renault no mesmo segmento do Kia Sportage e do Jeep Compass. O motor é um 2.0 de 170 cv, e considerando a atual faixa de preço dos rivais, certamente estamos falando de um preço mínimo de R$ 150 mil. Sua chegada está prevista para 2017.

 

Nissan

March_Midnight_PR_image_FINAL.jpg.ximg.l_12_m.smart

Enquanto o novo March, maior e mais sofisticado, é novidade lá fora, o Salão de São Paulo receberá um conceito de visual esportivo da geração atual: o March Midnight Edition, que a fabricante chama de “estudo de estilo”, tem carroceria vermelha e preta, rodas pretas, faróis com máscaras negras, novas rodas e elementos aerodinâmicos. Esperamos que ao menos que a versão usada como base tenha motor de 1,6 litro e 111 cv.

nissan_gt-r_70

Mas não se preocupe: a Nissan também vai trazer o GT-R para o Salão, aproveitando que começou a vendê-lo oficialmente no Brasil há algumas semanas por R$ 900.000. Você já deve saber de cor, mas lá vai: ele tem um V6 biturbo de 3,8 litros acoplado a uma caixa de dupla embreagem e tração integral.

 

Porsche

porsche_718_cayman_29

Depois do 718 Boxster, é a vez de seu irmão cupê, o 718 Cayman, desembarcar no Brasil. A mecânica é exatamente a mesma: um flat-four central-traseiro de dois litros com turbo e 300 cv (718 Cayman) ou 350 cv (718 Cayman S) acoplado à transmissão PDK de dupla embreagem e sete marchas.

porsche_panamera_turbo_57

A maior novidade, porém, será o Panamera, que será visto pela primeira vez no Brasil. Não custa relembrar: além de ficar bonito e de ganhar novos motores (um V6 de 2,9 litros e 440 cv, ou um V8 de quatro litros e 550 cv, ambos biturbo), o sedã de luxo da Porsche também foi, ainda que por algumas semanas, o sedã mais veloz em Nürburgring Nordschleife, percorrendo os mais de 20 km do circuito alemão em 7m38s.

 

Volkswagen

up

Depois de decepcionar nas vendas – especialmente agora, com a chegada do Fiat Mobi e a vinda futura do Renault Kwid, o Volkswagen Up passará por sua primeira reestilização, com grade redesenhada, novos elementos internos nos faróis e lanternas e novo para-choque dianteiro. As listas de equipamentos e opcionais também deverão ser revistas. O conjunto mecânico, por outro lado, não receberá atualizações.

Matérias relacionadas

Cheetah: o rival peso-pena para o Shelby Cobra que quase ninguém conhece

Dalmo Hernandes

Os carros com os nomes mais longos já feitos no mundo

Dalmo Hernandes

Flagra! Shelby GT500 2016 mostra a cara (e as presas) em Nürburgring

Dalmo Hernandes
error: Direitos autorais reservados