Edição diária: 18/06/2019
FlatOut!
Image default
Vídeo

Se for fugir da polícia, que não seja com um Hyundai Veloster pelo trânsito de São Paulo

Bem, na verdade o ideal é NÃO ter que fugir da polícia. Um bom começo é NÃO roubar um carro, qualquer que seja. E isto inclui o Hyundai Veloster. Ou você pode acabar feito este cara, que depois de quase dez minutos bateu o carro em um muro e foi preso na zona norte de São Paulo, no último dia 3.

Não estamos dizendo que foi por causa do Hyundai Veloster — ele poderia ter escolhido roubar qualquer outro carro e provavelmente seria pego do mesmo jeito.

Mas não é exatamente um segredo o fato de o Veloster aparentar ser bem mais rápido do que realmente é. Será que ele achou que a polícia jamais conseguiria capturá-lo? A perseguição completa está no vídeo abaixo:

Em meio ao irritante sensacionalismo do programa de TV, vemos uma das perseguições ao vivo mais longas dos últimos tempos. O homem roubou o carro e seu dono acionou a polícia, que saiu em perseguição com mais de dez viaturas e motos e um helicóptero.

No fim, o ladrão ainda “colaborou” com os tiras: depois de passar em alta velocidade por ruas na contramão, escolhendo os piores trechos possíveis para sua fuga e bater em alguns carros, o homem é pego ao perder o controle, rodar e colidir com um muro. Com o carro batido, ele tenta fugir, mas ainda antes de pegar velocidade, bate uma segunda vez, é cercado e detido. Talvez ele não tenha conseguido domar todos os 140 130 124 116 cv do motor 1.6 16v do Veloster.

A perseguição durou 15 km. Abaixo, o vídeo que traz apenas o momento da captura, em melhor qualidade:

A PM não confirmou dados sobre o motorista do Veloster, limitando-se a dizer que sofreu apenas ferimentos leves efoi encaminhado para o hospital.

Matérias relacionadas

Você já viu um BMW voador?

Dalmo Hernandes

Usando o túnel de vento… em pessoas!

Dalmo Hernandes

Um Kart 2.0 turbo de 270 cv é uma nova definição para “cadeira elétrica”

Dalmo Hernandes