A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture Top

Separados no nascimento: os carros que são parecidos por acaso

Você já deve ter topado com vários casos de músicas parecidas — esse tipo de coisa sempre existiu, mas ficou muito mais popular depois que a Internet passou a fazer parte das nossas vidas. Não faltam vídeos no Youtube e postagens em fóruns falando a respeito de canções supostamente plagiadas.

Há casos famosos — como a banda britânica Oasis, recentemente desfeita pelos egocêntricos irmãos Liam e Noel Gallagher. Dizem que um dos maiores nomes do britpop não conseguiam escrever uma música sem fazer “referências” a canções dos Beatles, mas eles nunca esconderam a admiração pelo fabuloso quarteto de Liverpool.

Dizem que o Led Zeppelin plagiou seu maior clássico, a balada épica “Stairway To Heaven”, de uma banda chamada Spirit, que excursionou com eles nos anos 1970 mas jamais conseguiu a mesma fama. Os caras dizem que o Jimmy Page e Robert Plant copiaram a canção “Taurus” depois de tocar com o Spirit, mas só decidiram processá-los em 2014.

As duas músicas são, de fato, bem parecidas — no entanto, por que esperar tanto tempo para abrir um processo? Será mesmo plágio ou pura coincidência? Ouça e tire suas conclusões.

O que a gente quer dizer é que, ainda que seja difícil definir o que é inspiração e o que é cópia descarada, de vez em quando podem acontecer coincidências. Obras de arte e design podem ser parecidas apenas por que seus criadores têm influências semelhantes, ou simplesmente viverem em uma uma mesma época. E isto vale para os carros, também.

Um dos primeiros posts do FlatOut, publicado em dezembro de 2013, tratou exatamente deste assunto: muita gente acredita que o Jensen Interceptor, lançado em 1966, é uma cópia do Brasinca Uirapuru, lançado dois anos antes, em 1964.

Jensinca-Uirapureptor1-620x349

Considerando que ambos os carros foram projetados na mesma época e que diversos elementos de estilo dos dois carros já podiam ser encontrados em modelos mais antigos, chegamos à conclusão de que é difícil falar em plágio —  mais uma coincidência. Ainda mais porque a gente não vivia em um mundo exatamente globalizado e as duas marcas não tinham relação alguma entre si.

E a gente conhece outros exemplos assim. Alguns só mostram sua semelhança de um determinado ângulo, enquanto outros carros são praticamente idênticos. Mas todos são bem interessantes.

 

Kia Cerato e Ford Focus Fastback

kia_cerato_sedan_au-spec_4 ford_focus_sedan_21

A atual geração do Ford Focus sedã, que foi lançada no ano passado e rebatizada como Fastback, lembra bastante a mais recente geração do Kia Cerato, lançada em 2013. As proporções de ambos os carros são muito parecidas, bem como as linhas gerais da carroceria. No entanto, é a traseira que chama mais a atenção: o formato das lanternas é praticamente idêntico, bem como a posição da placa. Olhando rápido, no trânsito, dá até para confundir.

 

Nissan 200SX e Toyota AE86

nissan_silvia_liftbacktumblr_ns9dvmv4AO1qba7n2o1_1280

Este aqui é um dos exemplos mais impressionantes. A terceira geração do Nissan Silvia, vendido fora do Japão como 200SX, é virtualmente idêntica ao lendário Toyota Sprint Trueno AE86. Ambos têm dianteira baixa com faróis escamoteáveis, pintura em dois tons e traseira fastback. As proporções dos dois carros também são iguaizinhas, e os dois têm motores de 1,8 litro com comando duplo no cabeçote e tração traseira. Parece até um caso de badge engineering (os famosos “rebatizados”) mas, garantimos: não é o caso.

 

Ford Fusion e Honda Prelude

autowp.ru_ford_fusion_13 033f1e4832347ba407846b9012fd9055

Às vezes a semelhança se reduz a certos elementos conceituais — no caso do Ford Fusion de primeira geração (2005) e do Honda Prelude, tem a ver com o formato dos faróis e das lanternas. Os faróis do Fusion e do Prelude de quarta quinta geração (1996) são praticamente idênticos e tornam a identidade visual dos dois carros. A impressão é reforçada pelo formato da grade inferior e das luzes auxiliares.

autowp.ru_ford_fusion_hybrid_1 autowp.ru_honda_prelude_si_vtec_2

Já a traseira do Fusion de primeira geração reestilizado em 2010 lembra o Prelude de quarta geração, lançado em 1991. Não são carros que você confundiria na rua, mas passariam facilmente pela mesma marca — ainda que tenham quase 20 anos de diferença entre si. Coincidentemente, os dois carros têm motores de quatro cilindros e 2,3 litros.

 

Ford Mondeo e Audi A5 Fastback

ford_mondeo_hatchback_16 autowp.ru_audi_a5_sportback_3.0_tdi_quattro_uk-spec_7

Na Europa, a atual geração do Ford Fusion é chamada de Mondeo e, além do sedã, está disponível em versões perua (Turnier) e hatchback de cinco portas — esta última, um tipo de carroceria muito popular no Velho Mundo. Visto de lado, o Mondeo hatchback é a fuça do Audi A5 Fastback. A silhueta dos dois carros é virtualmente a mesma, bem como o formato das portas e da área envidraçada.

 

De Tomaso Pantera e Maserati Merak

autowp.ru_de_tomaso_pantera_21 maserati_merak_uk-spec_5

Como no caso do Jensen Interceptor e do Brasinca Uirapuru, é bem provável que no caso do De Tomaso Pantera e do Maserati Merak, estejamos diante da consequência da época em que ambos os carros foram projetados: o De Tomaso Pantera foi lançado em 1971 e projetado por Tom Tjaarda, do estúdio italiano Ghia. Já o Maserati Merak apareceu em 1972, e foi desenhado por Giorgetto Giugiaro no estúdio Italdesign. Os dois carros têm formato de cunha, vidros amplos, faróis escamoteáveis e o para-choque no meio da grade dianteira.

de_tomaso_pantera_l_1 maserati_merak_20

Na traseira, a semelhança é ainda maior: a disposição de todos os elementos é a mesma, e não vamos estranhar se as laternas forem fornecidas pelo mesmo fabricante — algo que é comum entre supercarros “alternativos” até hoje.

 

Kia K9 e BMW Série 7

autowp.ru_bmw_750li_32 kia_k900_20

Em 2012, o sedã topo-de-linha Kia K9 (K900 nos EUA) rendeu elogios e críticas à fabricante. Elogios por seu nível de desempenho e acabamento, acima de qualquer coisa que a marca sul-coreana já havia feito; e críticas por seu design, que muitos consideraram uma cópia do BMW Série 7 da geração passada, seu contemporâneo.

autowp.ru_bmw_750li_19kia_k900_28

De fato, a grade dianteira do K9 é quase um “duplo rim” da BMW. O formato das janelas laterais, a linha de cintura e até a barra cromada entre as lanternas traseiras também foram apontadas como “inspiradas” demais pelo sedã alemão. Claro, a ideia do Kia K9 é justamente enfrentar os germânicos, mas talvez eles tenham ido longe demais. Talvez.

 

Kia Opirus e Jaguar S-Type

autowp.ru_kia_opirus_35 jaguar_s-type_us-spec_2

Agora, não foi a primeira vez que a Kia “copiou” um sedã europeu. Vendido entre 2002 e 2011, o Kia Opirus era o topo-de-linha da marca coreana. Ele foi até oferecido no Brasil, equipado com o motor do Hyundai Azera contemporâneo, um V6 de 3,8 litros e 280 cv. Não era um carro ruim, era bem equipado e até andava bem, mas tinha um problema: era muito parecido com o Jaguar S-Type, lançado em 1998 — é só reparar na silhueta, nos quatro faróis circulares e no formato da grade. As proporções do sedã coreano, porém, são mais verticalizadas e o resultado geral não tem tanta harmonia quanto o Jag.

 

Porsche 911 e Karmann Ghia TC

porsche_911_l_2.0_coupe_15image_gallery

O visual do Porsche 911 é tão emblemático que não dá para copiá-lo, não é? Bem, não exatamente. Apresentado em 1970, o Karmann Ghia TC (Touring Coupe) foi o sucessor não muito bem sucedido do Karmann Ghia original. Curioso, pois qualidades não o faltam: sua plataforma, a mesma do cupê TL, é melhor acertada dinamicamente, o motor boxer 1600 de 65 cv cumpria a proposta esportiva da época e o visual claramente inspirado pelo Porsche 911 de primeira geração, lançado em 1963, é para lá de agradável.

Na época, a Porsche ainda não pertencia à Volkswagen, e por isso achamos justo incluir este caso na lista. A principal característica compartilhada por ambos é a silhueta, mas a traseira também é bem parecida — sem falar, é claro, no conceito de motor e tração na traseira.

Agora, a gente tem certeza que você conhece outros ótimos exemplos de carros de marcas diferentes com visual extremamente parecido. Fique à vontade para postar nos comentários e nos ajudar a continuar esta lista!

 

Matérias relacionadas

Este Bugatti passou 73 anos no fundo de um lago – e ainda foi vendido por R$ 1,5 milhão

Dalmo Hernandes

924 Carrera GTR: o raríssimo Porsche de corrida que você provavelmente não conhecia

Dalmo Hernandes

Dez das corridas mais marcantes da história da Scuderia Ferrari

Juliano Barata
error: Direitos autorais reservados