A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Lançamentos Zero a 300

Silverado Yenko: vai uma caminhonete com motor supercharged de 811 cv aí?

O Camaro Yenko foi feito pela preparadora de Don Yenko – piloto, preparador e vendedor de carros – entre 1967 e 1969, e existem pouco mais de 300 unidades dele no mundo. Trata-se de um dos muscle cars mais cobiçados e valiosos do mundo. Se você acompanha o FlatOut, provavelmente sabe que o Camaro Yenko foi o carro que inspirou a Chevrolet a finalmente oferecer o Camaro com o motor V8 big block 427 de 430 cv igual ao do Corvette, porque até então o rival do Mustang recebia motores menos potentes para não canibalizar as vendas do cupê de fibra de vidro. Yenko ensinou à Chevrolet que, quando se trata de motor V8 americano, maior é quase sempre melhor.

Você deve lembrar que, no começo de 2017, uma empresa chamada General Marketing Capital Incorporated (GMIC) – que, apesar da sigla, não tem relação com a Chevrolet – apresentou um novo Camaro Yenko: um monstro com motor de 6,8 litros, supercharger e componentes internos reforçados para entregar 811 cv e 103,7 mkgf de torque. O motor é um small block LT1 com curso ampliado, e não um big block (realmente, os tempos mudam), mas ainda estamos falando de um V8 supercharged com mais de 800 cv, então não dá para reclamar muito.

O carro foi feito pela SVE (Special Vehicle Engineering), preparadora de Toms River, Nova Jersey, que usa o nome e a imagem da Yenko sob licença, devidamente autorizada pela GMIC – que comprou em 2009 os direitos sobre a marca Yenko e é dona dela até hoje. Então, de certo modo, o Camaro Yenko apresentado no ano passado é “oficial”. E, pouco tempo depois, ele ganhou uma versão Stage II, com 1.014 cv e 121 mkgf de torque.

Agora, a mais recente novidade da SVE é algo que provavelmente deixaria Don Yenko orgulhoso. Ou muito p*to. Ou os dois.

2018-chevrolet-yenkosc-silverado-1500-exterior-front-quarter

Trata-se de uma Chevrolet Silverado Yenko, equipada com o mesmo motor do Camaro Yenko apresentado no ano passado.

Levando em consideração que a Chevrolet Silverado, em sua versão 454 SS foi a primeira caminhonete esportiva da década de 90 (com um V8 de 7,4 litros e 233 cv), há pelo menos um precedente histórico para uma Silverado com um pouco mais de muscles. E a Silverado Yenko tem muscles de sobra: o V8 de 6,8 litros entrega 811 cv e 103,7 mkgf de torque – exatamente os mesmos números do Camaro Yenko. Honestamente: você vê algum problema em reaproveitar o V8?

DPqGAopUIAA2xwP

Segundo a SVE, o motor de 416 polegadas cúbicas tem bloco de alumínio, bielas, virabrequim e pistões forjados, além de cabeçotes LT1 com retrabalho de fluxo, válvulas injetoras de maior vazão e reprogramação eletrônica. O V8 também recebe sistema de escape totalmente feito de inox e, claro, o supercharger com dois rotores entre as bancadas de cilindros. A preparadora, contudo, não dá nenhum número de desempenho e nem fala a respeito da transmissão utilizada – situação que também aconteceu com o novo Camaro Yenko e que, para nós, é um equívoco. O que podemos fazer é comparar o desempenho com picapes preparadas de dimensões e potência semelhante: a Silverado HPE800, da Hennessey Performance, tem 816 cv e é capaz de ir de zero a 100 km/h em 3,9 segundos e de cumprir o quarto-de-milha em 12,3 segundos a 180 km/h. Mas a Hennessey também não esclarece nada a respeito da transmissão.

Para efeito de comparação, Silverado original utilizada como base, na versão 1500 Z71 4×4, tem um V6 de 3,5 litros e 285 cv acoplado a uma caixa automática de seis marchas.

2018-chevrolet-yenkosc-silverado-1500-exterior-front-view

2018-chevrolet-yenkosc-silverado-1500-exterior-rear-view

A SVE dá, contudo, outros detalhes a respeito da Silverado Yenko. Ela tem freios Brembo com pinças de seis pistões e discos de 408 mm de diâmetro (!), rodas de 22×9,5 polegadas inspiradas nas clássicas Torq Thrust e pneus Michelin Defender LTX de medidas 305/40 nos quatro cantos. A suspensão recebeu molas progressivas e novos amortecedores, ficando 5 cm mais baixa na dianteira e 12 cm mais baixa na traseira.

As modificações estéticas prestam homenagem ao Camaro Yenko clássico, como se pode ver pelo formato das faixas brancas nas laterais e pelos emblemas “YENKO/SC” (de Yenko Sports Car) e “sYc” espalhados pela carroceria e pelo interior da picape.

2018-chevrolet-yenkosc-silverado-1500-interior

Aliás, é no interior que está um dos opcionais mais legais da picape. Está vendo este revestimento dos bancos? Se olhar a estampa de perto, vai ver que não é uma estampa xadrez comum: o padrão não é quadriculado, e sim composto por desenhos que parecem dentes – é o houndstooth, ou “dente de cachorro” em inglês. Na França, este padrão se chama pied-de-poule, que significa “pé de galinha” em francês. O Camaro Yenko original do final dos anos 60 também oferecia este padrão como opcional. Um toque retrô bacana, não?

189321_Front_3-4_Web 189321_Interior_Web

Contudo, para ter uma Silverado Yenko, você primeiro precisa comprar uma Silverado normal, que custa US$ 46.000 (cerca de R$ 150 mil em conversão direta). Então, precisa pagar mais US$ 47 mil por todas as modificações, sem contar os opcionais. Sim: mais que o preço de outra pick-up igualzinha à sua. Se serve de consolo, a SVE oferece garantia de três anos ou 60.000 km para motor e supercharger – afinal, eles instalam um motor novo. De qualquer forma, só farão 25 exemplares da Silverado Yenko: além de ter a grana, é preciso ser rápido.

Matérias relacionadas

Toyota já divulga novo Corolla no Brasil, uma picape Tesla feita em casa, Aston quer recorde em Nürburgring e mais!

As Ferrari de rua mais curiosas, inusitadas ou bizarras já feitas

Dalmo Hernandes

Renault Clio sai de linha depois de 18 anos, Toyota irá produzir hot hatch de 210 cv, Ford GT chegará aos 347 km/h e mais!

Leonardo Contesini
error: Direitos autorais reservados