A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Projetos Gringos Vídeos

Sim, isto é uma Ferrari F40 com faróis de rali e correntes nos pneus mandando drift na neve

Esta imagem aí em cima já poderia ser, por si só, um marco na história da humanidade. Cara, é uma Ferrari F40 — o carro de corrida para as ruas™ mais famoso da companhia de Maranello, com faróis auxiliares amarelos iguais aos usados nos carros de rali, pneus de inverno com correntes e um bagageiro no teto, fazendo drift na neve. No entanto, esta foto tem uma história — na verdade, um vídeo.

E um belo vídeo, por sinal! Trata-se de uma produção feita pela Red Bull Japan em parceria com Takeshi Kimura. Talvez você nunca tenha ouvido falar dele, mas provavelmente já viu esta foto:

camping

O cara de óculos escuros é Takeshi, e esta foto — junto com algumas outras — circulou pela Internet em meados de 2014. Ele faz parte do Car Guy, um clube de proprietários de supercarros do Japão que sempre se reúne para passeios em grupo e encontros. Eles dizem que seu objetivo é simplesmente inspirar outros donos de superesportivos. Eles acham que, se você tem um destes, deve curti-lo como se deve, e não mantê-lo trancafiado em uma garagem climatizada. Amen to that!

Na visão de Takeshi, curtir seu supercarro significa usá-lo todos os dias. No Japão isto já é um desafio mesmo que você nunca saia da cidade — um dos maiores problemas de infraestrutura das metrópoles japonesas é a falta de espaço (razão pela qual os kei cars, carros que obedecem limites de tamanho, potência e peso, têm impostos mais baixos e são tão populares). Por isso, ele prefere é cair na estrada com sua deusa italiana — com direito a malas, barraca e tralhas de camping no bagageiro.

f40-snow-drift (5)

Agora, ele decidiu mostrar como são seus rolês de F40 pelo Japão. Ou ao menos é esta a ideia de A Day in the Life, o curta dirigido por Luke Huxham — o mesmo cara por trás do fantástico Motorhead Hillclimb que mostramos aqui há um bom tempo.

f40-snow-drift (7)

No pequeno filme, acompanhamos Takeshi acordando, pegando sua F40 e indo até uma estação de esqui e snowboarding com sua F40. Lá, ele aluga correntes para os pneus (que, junto com os pregos, garantem um mínimo de aderência) e parte para a diversão. Mas, agora, chega de papo e vamos assistir!

Algumas pessoas se assustam enquanto outras não conseguem parar de olhar. Tudo deve ter sido cuidadosamente ensaiado e planejado mas, mesmo assim, o resultado é bem espontâneo e muito divertido de assistir — especialmente quando a noite cai e os faróis auxiliares com lentes amarelas entram em ação, e a estação de esqui se transforma em um estágio de rali. O ronco do V8 biturbo de 485 cv, a música que sai do toca-fitas (um luxo!) e o barulho dos pneus cavando a neve para encontrar grip formam a atmosfera perfeita.

f40-snow-drift (4)f40-snow-drift (8)

E, pensando bem, a Ferrari F40 não está tão deslocada assim — lembre-se, ela surgiu da 288 GTO, cujo primeiro objetivo era homologar um protótipo para o Grupo B de rali. Assim, em 1984 a Ferrari começou a produzi-las e, ao mesmo tempo, a desenvolver a versão de competição.

Sim, você vai dar play neste vídeo de novo e assistir até o final, como sempre

Em 1986, porém, a FIA decidiu banir o Grupo B após uma sequência de tragédias que culminou naquele ano com dois acidentes terríveis. O primeiro foi no mês de março, em Portugal, quando Joaquim Santos perdeu o controle de seu Ford RS200 e deixou 33 mortos. O segundo aconteceu em maio, na França, quando o Lancia Delta S4 de Henri Toivonen e Sergio Cresto saiu da pista e pegou fogo, matando ambos.

Sem ter onde colocar os carros para correr, a Ferrari decidiu que todas as 272 unidades fabricadas da 288 GTO seriam carros de rua. A saudação ao carro de competição que ela poderia ter sido ficava em seu nome — GTO é a sigla para Gran Turismo Omologato. 

gto-evo (14)

Acontece que a semente já estava plantada: em 1987, a Ferrari criou a GTO Evoluzione, cujo visual foi o ponto de partida para a F40. E o resto, como dizem, é história.

Matérias relacionadas

Abarth, Lamborghini, Honda e mais! Os museus e sedes dos fabricantes que você pode visitar pelo Google Street View

Leonardo Contesini

Esta incrível seleção de clássicos da Ford europeia será leiloada nesta semana

Dalmo Hernandes

Você moraria em uma garagem de luxo com espaço para 25 carros? Por R$ 33 milhões você pode!

Dalmo Hernandes
error: Direitos autorais reservados