A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Projetos Gringos Vídeo

Este onboard mostra que o circuito de Isle of Man é simplesmente insano

O FlatOut! é um site sobre carros, mas uma de nossas corridas favoritas usa motos: o Tourist Trophy de Isle of Man, uma das provas mais arriscadas do planeta. Talvez nem tivéssemos coragem de participar dela. Ainda bem que existem vídeos como este onboard (ou seria onride?), feito na edição do ano passado.

O piloto é o norte-irlandês Michael Dunlop, que corre no Tourist Trophy desde 2007, vencendo sua primeira corrida em 2009 na categoria Supersport TT 2. Seu melhor desempenho foi no ano passado, quando venceu em cinco categorias e chegou em segundo na principal, a Senior TT.

Este vídeo foi feito durante a terceira volta da segunda etapada da Supersport TT 2. Era o quarto dia de corridas, e ele foi o primeiro colocado. São 18 hipnóticos minutos, a maior parte deles vividos a mais de 200 km/h, e é impossível não se agarrar na cadeira assistindo a cada segundo:

Michael é sobrinho de Joey Dunlop, um dos maiores motociclistas de todos os tempos, que venceu 26 vezes o TT, e filho de Robert Dunlop, também vencedor na corrida por seis vezes. Ambos morreream em acidentes de motociclismo fora da Ilha de Man — a morte de Robert, em 2008, quase fez com que Michael desistisse de competir naquele ano.

O Tourist Trophy acontece em um circuito de rua na Ilha de Man todos os anos desde 1907, parando apenas durante as duas Guerras Mundiais. É uma corrida perigosíssima, que só não foi extinta por sua tradição e por causa dos próprios moradores da ilha, que veem o evento como parte de sua cultura e peça essencial na economia do lugar. Além de apreciar as motos alcançando mais de 300 km/h em alguns trechos.

O circuito de Snaefell Mountain tem 60,73 km de extensão, mais de 200 curvas, muitas irregularidades no piso e trechos estreitos. Em média, dois pilotos morrem por ano no Tourist Trophy.

E o Brasil pode estar lá de novo este ano!

rafaisleman

Rafael Paschoalin é um cara que respira velocidade e está sempre com um projeto insano na mente. No ano passado, ele se tornou o primeiro piloto brasileiro a participar do Tourist Trophy, completar uma corrida e sair vivo de lá, mesmo depois de enfrentar alguns problemas com sua Ducati Panigale.

Agora, o Rafa está planejando sua volta à Ilha de Man para a edição de 2014 do Tourist Trophy, que acontecerá entre os dias 24 de maio e 6 de junho. É um empreendimento caro, e por isso ele precisa da sua ajuda.

Paschoalin abriu, mais uma vez, uma campanha de crowdfunding no site O Pote para financiar sua ida até lá. Faltam 25 dias para o encerramento das colaborações, que já alcançaram 30% do total necessário. Dá para doar a partir de R$ 10, e todos os doadores receberão uma recompensa bacana. Assista ao vídeo da campanha abaixo.

Acesse O Pote do Rafa Paschoalin e colabore!

Matérias relacionadas

O dono deste Skyline GT-R R33 deixou sua mulher pintar o carro com marcador permanente

Dalmo Hernandes

Este cara está transformando um Dodge Charger SRT-8 2006 em um Daytona 1969

Dalmo Hernandes

Este Fusca com motor V6 turbodiesel e as cores do Herbie é o carro mais incrível do Rali Dakar

Dalmo Hernandes