A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Supercarro elétrico é o novo carro mais rápido de Nürburgring, Volkswagen responde as provocações da Renault, BMW Z5 não se chamará Z5 e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

NIO EP9 é o carro mais rápido de Nürburgring… dependendo de como você o vê

imagesvc-1.timeincapp.com

Em novembro do ano passado o supercarro elétrico NIO EP9 completou a volta em Nürburgring Nordschleife em apenas 7 minutos e 5 segundos e se tornou o carro elétrico mais rápido do circuito. Agora, o modelo voltou ao circuito alemão para um novo recorde, com um tempo que supera todos os supercarros produzidos em série. Só que isso não significa muita coisa. Ainda.

Com seus quatro motores elétricos (um para cada roda), o NIO EP9 dispõe de 1.360 cv e 644 mkgf (não esquecemos a vírgula, o número é seiscentos e quarenta e quatro mesmo), além de uma eficiente vetorização de torque. Nesta segunda passagem pelo Inferno Verde, o carro conseguiu um tempo ainda mais insano: 6:45, superando o Lamborghini Huracán Performante por 7 segundos.

Sim, é um tempo impressionante, mas esse recorde tem alguns detalhes que até agora só o FlatOut está questionando: primeiro, o NIO EP9 usa pneus slick, que por si garantem ao menos 20 segundos a menos em uma volta — como disse Jim Glickenhaus na ocasião do recorde do Lamborghini.

imagesvc.timeincapp.com

Segundo: a NextEV ainda não divulgou as especificações do carro nessa volta, tampouco sabemos se foi uma volta completa ou “Bridge to Gantry”, que exclui quase dois quilômetros da volta.

Também há a questão de ser um carro elétrico, que pode ter sua potência e desempenho otimizados de acordo com o conjunto de baterias usados — algo como modificar a pressão do turbo ou o mapeamento da ECU do motor em um motor a combustão.

Por outro lado, a NextEV não comparou seu carro aos demais nos comunicados à imprensa, e ainda que não seja “road legal” ele supera vários supercarros como o Pagani Zonda R, o Radical SR8 e até mesmo a Ferrari 312 de F1 — o que não deixa de ser um feito impressionante.

Agora, se você quiser ver o vídeo da volta (como nós queremos) será preciso esperar até a próxima semana, quando a fabricante disse que irá publicá-lo.

 

Volkswagen responde às provocações da Renault

Na semana passada a Renault publicou os primeiros vídeos da campanha de lançamento do Kwid, nos quais provocava seus concorrentes — mais especificamente o Volkswagen up!. O problema, contudo, é que as provocações não eram muito bem fundamentadas, a reação do público não foi das melhores e a Renault achou melhor retirar os vídeos do YouTube.

Agora a Volkswagen decidiu responder à Renault com um vídeo feito sob medida para a internet, com Rafinha Bastos como protagonista para desmentir o que a Renault disse sobre o up! com humor escrachado.

Bastos, que tem 1,99 m de altura, dirige o carro pelas ruas enquanto demonstra que o espaço interno é suficiente para quatro adultos, que a altura do teto é suficiente para ocupantes altos e que ele passa tranquilamente por lombadas.

Por último, Rafinha menciona a pontuação de cinco estrelas do up! no LatinNCAP, o que poderá ser um ponto fraco do Kwid, uma vez que o modelo indiano fracassou triunfalmente nos testes do NCAP na Índia, embora a Renault já tenha dito que o modelo brasileiro será bem mais seguro, equipado até mesmo com airbags laterais de série.

 

BMW Z5 não se chamará BMW Z5

2017-BMW-Z5-Roadster-5

 

Até agora o FlatOut e toda a imprensa automotiva mundial se referia ao sucessor do BMW Z4 como BMW Z5, afinal, o Z4 foi sucessor do Z3 e o Z3 sucedeu o Z1, e tudo indicava que a lógica continuaria a mesma.

Contudo, o chefe da BMW nas Américas, Ludwig Willisch, disse em entrevista ao site AutoGuide que o modelo “será chamado Z… provavelmente 4”. Sim, o sucessor do Z4 se chamará Z4, sendo assim a terceira geração do modelo. Isso provavelmente se deve à atual nomenclatura da BMW, que separa os cupês dos sedãs por números pares e ímpares, respectivamente.

O pessoal do AutoGuide também perguntou se o roadster irá usar motores de seis-cilindros e Willisch respondeu que “Z4 não é a indicação do número de cilindros do modelo”, o que soa como uma confirmação.

Por último, Willisch falou sobre o câmbio do próximo Z4 e parece que a BMW está prestes a quebrar uma tradição entre seus esportivos. Tudo indica que o modelo será equipado apenas com um câmbio automático. “Muita gente diz: ‘Muito legal que vocês ainda oferecem isso [o câmbio manual]’, mas aí você pergunta ‘o que você dirige?’ e eles dizem ‘ah, eu tenho um automático'”, disse o executivo.

 

Porsche engaveta projeto de 911 híbrido

porsche-911-5

Já faz mais de um ano que a imprensa europeia vem falando sobre as intenções da Porsche em fazer um 911 híbrido — o que permitiria levar a versão Turbo à casa dos 700 cv mantendo os motores de seis-cilindros. Mas agora o pessoal da Car and Driver americana descobriram que o 911 híbrido não vai rolar. O projeto foi cancelado.

A revista americana entrevistou August Achleitner, chefe de desenvolvimento do 718 e 911, e o executivo disse que o 911 híbrido foi cancelado porque o carro ficaria pesado demais e seria caro de mais para desenvolver — algo que refletiria em seu preço ao público. “No fim as desvantagens seriam maiores que as vantagens”, disse.

Matérias relacionadas

Avião acerta pássaro a 270 km/h, Fiat prepara mudanças para o Uno, a super perua da Jaguar e mais!

Leonardo Contesini

Ferrari 488 Pista Spider, Citroën C4 Cactus no Brasil, 40 anos de ABS e as novidades da semana no FlatOut e no Youtube do FlatOut

Leonardo Contesini

BMW Série 8 é flagrado sem disfarces, Hyundai está preparando supercarro, Ford registra nova geração do Fiesta no Brasil e mais!

Leonardo Contesini