A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Notícias

A suspensão das placas do Mercosul, uma categoria de monopostos para mulheres, um Subaru WRX STI Spec C e as novidades da semana no FlatOut e no YouTube do FlatOut

Passou a semana reclamando das urnas no facebook? Está preocupado com o segundo turno e por isso ficou lendo planos de governo e compartilhando memes na internet e acabou nem dando uma olhadinha no seu site favorito? Pois não se preocupe. Aqui está nosso resumo com o que rolou de mais importante durante a semana para não ficar derrapando por aí.

 

Placas Mercosul suspensas em todo o Brasil

1280px-Brazilian_vehicle_license_plate_(2018-)

Na quarta-feira (10), a Justiça Federal, por meio de decisão da desembargadora federal Daniele Maranhão Costa, suspendeu provisoriamente a implementação das novas placas em todo o Brasil.

A desembargadora atendeu o pedido de suspensão feito pela associação das fabricantes e lacradoras de placas automobilísticas de Santa Catarina, a Aplasc, sob o argumento de que o credenciamento das fabricantes é feito pelo Detran, conforme o Código de Trânsito Brasileiro, e não o Denatran, como diz a resolução que implementou as novas placas.

Além disso, a decisão da desembargadora levou em conta que a adoção das novas placas deveria acontecer somente após a criação do sistema integrado de consultas e trocas de informação entre os países membros do Mercosul, o que não ocorreu. Com isso, as placas unificadas não terão efeito prático de aumentar a segurança e a fiscalização de veículos fora de seus respectivos países. Veja o que disse a desembargadora sobre esta questão:

“É impensável a adoção de um novo modelo de placas automotivas, que com certeza vai gerar gastos ao usuário, sem a contrapartida da implementação do sistema de informação integrado, sob pena de inverter indevidamente a ordem das coisas, pois a mudança do modelo visa a viabilizar a integração das informações com vistas à maior segurança e integração entre os países signatários do tratado.”

 

BMW i8 Roadster estará no Salão do Automóvel

P90285377_highRes_the-new-bmw-i8-roads

A BMW confirmou que trará ao Salão do Automóvel em novembro a versão conversível do seu esportivo híbrido i8, o i8 Roadster. O modelo foi lançado em dezembro de 2017, mas ainda não foi anunciado por aqui — diferentemente do seu irmão cupê, que é oferecido no Brasil desde 2015.

O i8 Roadster é baseado na arquitetura “LifeDrive”, desenvolvida para a família de elétricos da BMW, e equipado com um motor turbo de 1,5 litro, três cilindros, 231 cv e 32,6 kgfm conectado às rodas traseiras, combinado a um motor elétrico de 131 cv e 25,4 kgfm ligado às rodas dianteiras. Com esse powertrain o i8 Roadster dispõe de 362 cv e 58 kgfm para acelerar de zero a 100 km/h em 4,6 segundos e chegar aos 250 km/h. No modo 100% elétrico, ele ainda pode rodar até 50 km usando somente a força das baterias.

 

Citroën confirma C5 Aircross para o Brasil

c5-aircross-11

 

A Citroën confirmou que irá vender o seu novo C5 Aircross no Brasil. O modelo compartilha sua arquitetura com o Peugeot 3008, e tem 4,51 metros de comprimento, 1,86 metro de largura, 1,71 metro de altura e 2,73 metros de entre-eixos, o que o coloca na mesma categoria do VW Tiguan Allspace e do Chevrolet Equinox. Lá fora ele é oferecido somente com o motor 1.6 THP e não vemos motivo para a PSA mudar isso quando o C5 Aircross chegar ao Brasil.

3_YD0DiM2

A única diferença para o modelo estrangeiro, em termos de motorização, é que o 1.6 THP vendido aqui será a versão flex, com 173 cv quando abastecido com etanol — exatamente o mesmo do Peugeot 3008, que também compartilha com o C5 Aircross seu câmbio automático de seis marchas.

2_5Ng548c

Os preços não foram comentados, mas considerando seu porte, segmento e os preços do Peugeot 3008, espere algo na faixa dos R$ 160.000.

 

W Series: uma categoria de monopostos para mulheres

Apesar da presença de Susie Wolf, da finada Maria de Villota e Simona Silvestro na F1 recente, já faz 40 anos que uma mulher não disputa um Grande Prêmio. Diante desta situação, Adrian Newey e David Coulthard decidiram fazer algo para dar uma força às garotas: lançar uma série de automobilismo exclusiva para elas, a W Series.

Trata-se de uma Fórmula 3 exclusiva para mulheres, que não precisarão pagar para correr na categoria. Em vez disso, elas serão selecionadas em competições de kart, e as vencedoras ganharão um prêmio de US$ 1,5 milhão para impulsionar sua carreira sem depender exclusivamente de patrocinadores individuais.

WSERIES

Todo o custo da operação será bancado pelos patrocinadores, e certamente ajudará a impulsionar a carreira das pilotas, visto que o gasto médio de um piloto do kart até a chegada à Fórmula 1 gira em torno de US$ 8 milhões. Com uma categoria intermediária gratuita e mais um prêmio de US$ 1,5 milhão o caminho fica bem facilitado. Todos sos carros serão iguais, equipados com motor turbo de 270 cv, e a temporada de estreia deve acontecer já em 2019.

 

Lanzante irá construir 11 Porsche 930 com motor TAG turbo de F1

372f9488-porsche-911-tag-mclaren-f1-01

A Lanzante irá fazer uma série de Porsche 930 equipado com o motor V6 turbo usado pelos McLaren de F1 entre 1984 e 1986. E não serão motores com as mesmas especificações, mas motores que foram realmente usados na F1.

A série é uma recriação do misterioso protótipo guardado pela McLaren e que deu as caras recentemente depois que foi fotografado sem autorização por um jornalista britânico. O carro é um 930 original com o motor V6 turbo feito pela Porsche para a TAG e equipado com rodas Ruf. Sendo um protótipo misterioso, não se sabe ao certo a motivação de sua construção — pode ser um protótipo para testar a durabilidade do motor, ou talvez mais um brinquedo do “dono” da McLaren, Mansour Ojjeh.

ea15eb7f-porsche-911-tag-mclaren-f1-04

Já a recriação foi apresentada pela Lanzante no Rennsport Reunion e, por algum motivo inexplicável, passou despercebido por quase todo mundo. Serão feitos apenas 11 exemplares usando motores TAG remanescentes da F1, com cerca de 1.000 cv de potência e limite de rotações a 9.000 rpm. Infelizmente a Lanzante ainda não divulgou detalhes de desempenho, potência exata, preços ou data de apresentação oficial.

 

Mercedes Classe C ganha facelift e versão híbrida no Brasil

img-5011

A Mercedes-Benz apresentou nesta semana o facelift da atual geração da Classe C (W205) no Brasil. O modelo ganhou retoques sutis no visual, mas suas principais mudanças estão sob o capô, com motores recalibrados e até um powertrain híbrido leve.

O modelo de entrada da linha é o C180, que se divide em duas versões: Avantgarde e Exclusive. Ambas são equipadas com o mesmo motor 1.6 turbo de 156 cv da primeira fase do W205 e diferenciam-se apenas pelo acabamento e elementos estéticos — além do preço, claro. O Avantgarde sai por R$ 188.000 enquanto o Exclusive custa R$ 1.000, chegando aos R$ 189.000.

img-5024

Logo acima vem a principal novidade, o C200 EQ Boost, a primeira versão híbrida do Classe C no Brasil, que custa R$ 229.000. O powertrain é do tipo “mild-hybrid”, que pode ser traduzido como “híbrido leve”, pois utiliza apenas um pequeno motor de 48 volts auxiliar batizado BSG, substituindo o motor de partida e alternador, e também atuando como gerador. Durante as acelerações o BSG fornece 14 cv e 16,3 kgfm extras, suplementando a entrega de potência enquanto o turbo do motor 1.5 de 183 cv e 28,5 kgfm não atinge sua pressão de trabalho. O sistema, contudo, não substitui a rede de 12 volts, que continua usada para faróis e demais componentes elétricos comuns do carro. Com o câmbio automático de nove marchas e o motor elétrico fornecendo a potência extra o C200 EQ Boost vai de zero a 100 km/h em 7,7 segundo e chega aos 239 km/h.

img-8599

No topo da linha comportada (porque ainda há os AMG mais acima) está o C300 Sport, equipado com um 2.0 turbo agora com 258 cv em vez dos 245 cv da primeira fase. A versão custa R$ 260.000 e vem equipada com o kit estético AMG.

img-3699

Todas as versões são equipadas com faróis de LED, ar-condicionado de duas zonas, volante multifuncional, sistema multimídia com Android Auto e Apple CarPlay, sistema de chave presencial, câmera de ré, airbags frontais e de cortina, Isofix e controles de tração e estabilidade.

img-8296

A versão C200 EQ Boost ganha teto solar e quadro de instrumentos digital, bem como retrovisores anti-ofuscantes. O C300, além destes equipamentos do C200 ainda ganha suspensão esportiva, assistente de estacionamento autônomo, airbag para os joelhos do motorista, sistema de reforço do ronco do motor pelos alto-falantes e rodas de 18 polegadas.

O modelo fará sua estreia ao público no Salão do Automóvel, no início de novembro, mas as vendas começam somente no ano que vem.

 

Audi irá apresentar o novo A6 no Salão do Automóvel

a181735-large

Quem também estará no Salão do Automóvel é a nova geração do Audi A6. O modelo será oferecido em duas versões, equipadas com o motor 2.0 de 245 cv ou o V6 de 3.0 de 340 cv, também combinados a um motor elétrico de 48 volts para proporcionar um reforço de potência e ajudar na economia de combustível.

a181730-large

A versão de entrada, 2.0 Prestige Plus, terá rodas de 19 polegadas, teto solar, faróis de LED, cruise control adaptativo, câmera de 360 graus e quadro de instrumentos “Virtual Cockpit”.

a181737-large

O modelo V6 Performance, além do motor mais potente, ganha bancos esportivos, rodas de 20 polegadas, assistência de mudança de faixa, monitoramento de ponto cego e sistema de áudio Bang & Olufsen.

 

Volkswagen revela interior do T-Cross

A Volkswagen revelou o interior do novo T-Cross em um vídeo-teaser e em uma galeria de fotos. Ele seguirá a mesma arquitetura básica do painel do Polo e Virtus, e, como havíamos antecipado, terá uma faixa colorida na face, integrando-se com as portas. No modelo com sistema de áudio Beats (que também mencionamos na semana passada), a faixa é um aplique com um padrão estampado, como você verá nas imagens que acompanham o vídeo.

Também como esperado, ele terá duas telas digitais TFT, uma substituindo o quadro de instrumentos e outra para o sistema multimídia. O posicionamento, como dito mais acima, será idêntico ao do Polo, mudando apenas algumas linhas de estilo ao redor das telas. As saídas de ventilação ficam abaixo da tela central, com seus comandos logo abaixo, à frente da alavanca do câmbio.

volkswagen-t-cross-

A versão europeia mostrada no vídeo terá também duas tomadas USB e uma base de recarga de smartphones por indução no console central, mas o recurso não foi confirmado para o Brasil.

O crossover será apresentado em 25 de outubro, em um evento que acontecerá no Brasil, na Alemanha e na China simultaneamente. Depois disso, ele será exibido ao público no Salão do Automóvel, logo na primeira semana de novembro. Sua produção, contudo, deve começar somente no segundo trimestre de 2019.

 

YouTube do FlatOut

Tarde de madrugada em São Paulo. Estamos parados num túnel deserto esperando a chegada dele. Repentinamente o som grave e abafado dos exaustores do túnel é interrompido por um som de explosão – como um tiro –, que abre sequência a um crescendo mecânico: o giro sobe de forma lisa, encostando nas 8.000 rotações por minuto. Confira o vídeo desta semana do FlatOut Midnight!

 

Especiais do FlatOut

Mostramos como um Chevrolet Cruze pode ser muito mais interessante se você colocar um V8 nele:

41765452_2151038181833222_4858533731847110656_n-620x411

Leia aqui.

Contamos a história do super Alfa Romeo 155 que teria rivalizado com o BMW M3 e Mercedes Cosworth Evolution… caso tivesse sido fabricado.

FlatOut 2018-10-14 às 14.07.06

Leia aqui.

Conhecemos um Santana com motor V8 e tração integral…

VIEITI-620x349

… e as versões modernizadas dos Toyota Land Cruiser FJ, nossos famosos Bandeirantes:

land-cruiser-620x348

Leia aqui.

Relembramos a história de quando Dan Gurney estrelou a campanha de lançamento do Toyota Supra nos EUA:

FlatOut 2018-10-14 às 14.17.03

Leia aqui.

Relembramos a história do lendário Nissan Skyline GT-R R32 de Keiichi Tsuchiya e Kunimitsu Takahashi, que será leiloado em breve:

sjyl

Leia aqui.

 

Exclusivo para assinantes

Começamos a semana com a segunda parte da saga de Soichiro Honda…

HOMDA

Leia aqui.

… e também com a segunda parte dos race cars transporters:

trans-620x348

Leia aqui.

Demos uma olhada nas versões do Focus que não tivemos no Brasil, desde os esportivos ST e RS até os modelos downsized que poderiam ter sido lançados, mas nunca chegaram ao nosso mercado:

FordFucks

Leia aqui.

Contamos a desconhecida, porém interessante história dos Mercedes-Benz de rali, que disputaram provas na Europa, África e América entre os anos 1950 e 1980.

1996M165-1

Leia aqui.

Contamos a história do mítico Honda NSX R da Spoon Sports

spooon-620x348

Leia aqui.

Com a marca de 70 anos do primeiro Lotus e também dos 90 anos do nascimento de Colin Chapman, contamos a trajetória da marca e os grandes feitos de Chapman em seus pouco mais de 30 anos de automobilismo.

LotusChapman

Leia aqui.

Vimos a história do exótico chassi de treinamento do Porsche 356 A e conhecemos um pouco das entranhas do modelo:

06540490000effc497fd2e3d0f9ce2f626126c09-620x349

Leia aqui.

E conhecemos o XB-70 Valkyrie, que não é um Aston Martin, e sim o protótipo daquele que seria o primeiro avião nuclear da história.

xb-70-valkyrie-b-58-620x349

Leia aqui.

E fechamos a semana relembrando as melhores propagandas de muscle cars dos anos 1970:

ads

Leia aqui.

Matérias relacionadas

Volkswagen paralisa produção de up!, Voyage e Gol, e dá férias coletivas a 4.200 funcionários

Leonardo Contesini

Novo seguro popular será até 40% mais barato. Só tem um porém…

Leonardo Contesini

Renault encerra produção do Clio depois de 17 anos

Leonardo Contesini