A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture Zero a 300

T-Cross “mata” Golf 1.0 TSI e 1.4 TSI, Argo Trekking chega em abril, os novos Honda Fit e Civic e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas (ou não) do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

Ainda não é assinante do FlatOut? Considere fazê-lo: além de nos ajudar a manter o site e o nosso canal funcionando, você terá acesso a uma série de matérias exclusivas para assinantes – como conteúdos técnicoshistórias de carros e pilotosavaliações e muito mais!

 

FLATOUTER

Membro especial, com todos os benefícios: acesso livre a todo o conteúdo do FlatOut, participação no grupo secreto no Facebook (fique próximo de nossa equipe!), descontos em nossa loja, oficinas e lojas parceiras!

A partir de

R$20,00 / mês

ASSINANTE

Plano feito na medida para quem quer acessar livremente todo o conteúdo do FlatOut, incluindo vídeos exclusivos para assinantes e FlatOuters.*

De R$14,90

por R$9,90 / mês

*Não há convite para participar do grupo secreto do FlatOut nem há descontos em nossa loja ou em parceiros.

 

Volkswagen deixa de produzir Golf 1.0 e 1.4 para priorizar T-Cross

Os crossovers fazem duas novas vítimas no Brasil: a Volkswagen confirmou que deixou de produzir as versões 1.0 TSI e 1.4 TSI do Golf para priorizar o T-Cross. A possibilidade de encerrar o Golf no Brasil já havia sido mencionada pela fabricante em 2016, e o fim da linha para o hatch médio se aproximou com a chegada do Polo. A própria VW, aliás, deu um chega-pra-lá no Golf durante a campanha de lançamento do Polo, quando decidiu chamá-lo de “mini Golf”.

Além disso, o segmento dos hatches médios já vem encolhendo desde a ascensão dos SUV/crossovers. Em 2018 o Golf vendeu pouco mais de 3.000 unidades, praticamente o mesmo que o Tiguan, que foi lançado na metade do ano.

Agora, com apenas o GTI sendo oferecido e a promessa de trazer o GTE nos próximos meses, resta pouco tempo de estrada para o Golf no Brasil. Como o Golf GTI é um carro de imagem, oferecido mais por uma questão de branding, não faz sentido trazê-lo importado na oitava geração, visto que o modelo nacional custa atualmente R$ 150.000 e uma nova geração importada certamente teria um aumento significativo no preço. (LC)

 

Fiat Argo Trekking chega em abril

A versão “aventureira” do Fiat Argo, o Argo Trekking, será lançado já em abril. A fabricante já divulgou a primeira imagem do carro, esta acima, que não mostra muito, mas ainda não há nenhum detalhe a respeito do conjunto mecânico.

Contudo, como vimos há alguns dias, a Fiat está preparando a substituição do câmbio GSR por um novo CVT no Argo, e o modelo “aventureiro” pode ser o primeiro equipado com a nova a transmissão. Isso também dá uma pista sobre a motorização: o câmbio GSR é oferecido apenas com o motor 1.3. Se o CVT irá substituir o GSR, bem… acho que deu para entender.

As fotos mostram um crossover com teto preto (uma moda inexplicável em um país ensolarado), aplique preto fosco no capô, rodas de liga leve pintadas de cinza, retrovisores pretos, faixas laterais com o nome da versão, faróis com máscara negra, spoiler traseiro e protetores plásticos das bordas dos para-choques, soleira e arcos dos para-lamas. (LC)

 

Novo Honda Fit é flagrado com camuflagem leve

Falando no Fit: não parece, mas o modelo atual já está por aí há cinco anos – ele foi lançado em 2014. E a Honda já prepara sua nova geração, que foi flagrada em testes pelo site americano Autoblog.

Apesar da camuflagem, dá para perceber algumas modificações importantes em relação à geração atual. O perfil é semelhante, porém com um para-brisa mais inclinado. Os faróis, que atualmente são afilados e agressivos, voltarão a ser triangulares, o que pode indicar um retorno ao visual mais amigável das gerações anteriores.

Também é possível ver que as lanternas, pela primeira vez, adotarão um formato horizontal, invadindo a tampa do porta-malas – tendência generalizada no design automotivo atual, diga-se.

Parte do interior também aparece em uma das fotos – dá para ver uma tela multimídia bem destacada no painel, com um grande seletor que aparentemente é um botão de volume.

A Honda ainda não falou nada a respeito de um novo Fit, mas se a fabricante seguir o que foi feito com as gerações anteriores, a quarta geração deverá ser lançada, pelo menos, em 2021 – quando a terceira geração completará sete anos. (DH)

 

Procon notifica Ford sobre pneus run flat do EcoSport

O Procon de São Paulo notificou a Ford solicitando esclarecimentos sobre o EcoSport Titanium, que é vendido sem o estepe, que foi substituído por pneus run flat.

Em nota publicada em seu site oficial, a Fundação Procon solicitou à Ford que divulgasse quais versões do EcoSport são comercializadas sem o estepe, quais itens de segurança foram incluídos para que fosse autorizada a comercialização do veículo; o que compõe o Kit de Reparo e quais as instruções para seu uso; se após o reparo é possível recuperar o pneu danificado ou é preciso substituição permanente; e, em caso de substituição, qual a extensão da rede de comercialização de pneus com tecnologia Run Flat, quais informações e recomendações são disponibilizadas ao consumidor no momento da compra do modelo; e solicitou a apresentação de cópias do manual do veículo e dos documentos em que constam as informações e recomendações dadas ao consumidor no ato da compra das versões comercializadas sem o estepe.

A Ford divulgou nota dizendo que está reunindo os documentos solicitados, mas a notificação do Procon é curiosa, no mínimo, visto que todos os automóveis vendidos no Brasil precisam ser homologados por órgãos técnicos, o que valida suas especificações. Além disso, o EcoSport não é o primeiro veículo com pneus run flat vendido no País — a tecnologia está no mercado há pelo menos dez anos, por que somente agora o Procon decidiu questionar uma tecnologia permitida por lei? (LC)

 

Honda registra reestilização do Civic no INPI

Ainda sobre a Honda: a fabricante deverá lançar, em breve, o Civic reestilizado no Brasil. Patentes de novos componentes foram registradas junto ao INPI (Instituto Nacional da Propriedade Intelectual): os para-choques dianteiro e traseiro.

Ao que tudo indica, o Civic nacional seguirá o modelo norte-americano, com uma reestilização levíssima, daquelas que é preciso tempo para identificar – apenas uma nova entrada de ar inferior no para-choque dianteiro, e um novo difusor traseiro com uma saída de escape central, como é no Civic Si. Fora isto, o sedã fastback permanecerá praticamente igual.

Mecanicamente também não são previstas mudanças: o Civic permanecerá com o motor 2.0 naturalmente aspirado de 155 cv como opção de entrada, e com o 1.5 turbo de 173 cv nas versões mais caras – sendo que apenas o motor 2.0 oferece câmbio manual. (DH)

 

Porsche 718 Cayman GT4 volta a ser flagrado em testes sem camuflagens

O novo Porsche 718 Cayman GT4 foi flagrado em testes mais uma vez. A versão mais extrema do esportivo de entrada da Porsche já é aguardada e pode vir com uma versão menos potente do flat six 4.0 do 911 GT3 e câmbio manual, com boas chances de ter como opção a caixa PDK.

A estreia do novo Cayman GT4 deve acontecer no Goodwood Festival of Speed em julho. O GT4 pode ser acompanhado futuramente de uma versão seis cilindros entre ele e o GTS. (ER)

 

Nissan vai comemorar 50 anos do Skyline e dos Z-cars no Salão de Nova York

A Nissan está preparando um belo estande para o Salão de Nova York, marcado para começar no próximo dia 19 de abril. A fabricante japonesa ainda não deu detalhes, divulgando apenas uma imagem que mostra oito carros em uma garagem, e convidando o público a apreciar “uma garagem que levou 50 anos para ficar pronta”.

A foto mostra um Nissan 240Z S30 branco, o famoso Skyline GT-R R32 da Calsonic, um Skyline GT-R de competição da geração C110 (a segunda), e um GT-R R34 na parte de cima. Embaixo, as silhuetas de um Nissan 370Z e três GT-R R35, que possivelmente foram inspirados pelos modelos mais antigos acima deles.

A referência aos 50 anos deve ter a ver com o fato de tanto o primeiro GT-R quanto o primeiro Z-car da Nissan terem sido lançados no início de 1969 – exatamente meio século atrás. (DH)

 

Honda inaugura nova fábrica em Itirapina/SP e confirma três híbridos até 2023

A Honda inaugurou ontem (27) sua fábrica na cidade de Itirapina, em São Paulo. A unidade foi construída entre 2013 e 2016, mas só agora iniciará suas atividades. O plano é transferir gradualmente a produção de todos os modelos que atualmente são fabricados em Sumaré/SP, para a planta de Itirapina.

Inicialmente, a nova fábrica será responsável apenas pelo novo Honda Fit – a produção já começou, na verdade, em 27 de fevereiro. Até 2021, a produção dos modelos Civic, City, HR-V e WR-V também será transferida para lá. A unidade de Itirapina tem capacidade de produzir até 120.000 carros por ano, mais do que suficientes para suprir a demanda. A fábrica de Sumaré continuará em atividade, concentrando-se na produção de motores e abrigando também o centro de pesquisa e desenvolvimento da Honda.

A Honda também declarou nesta semana que lançará três modelos híbridos no Brasil ao longo dos próximos anos. Apesar da nova fábrica, porém, eles serão importados. A companhia não deu mais detalhes, mas especula-se que estes carros sejam o sedã Accord, o SUV CR-V, e o Insight – um modelo feito com base no Civic, porém com visual ligeiramente diferente na dianteira e na traseira. (DH)

 

 

Matérias relacionadas

Fiat Cronos flagrado em testes, o novo esportivo da Saleen, a despedida do Mercedes Classe G e mais!

Leonardo Contesini

BMW X2 é lançado (e virá ao Brasil), um Lamborghini Aventador de verdade para jogar Forza Motorsport, Nissan Nismo irá disputar Fórmula E e mais!

Leonardo Contesini

Guerreiros sobre rodas: os carros que duraram (ou ainda duram) décadas com o mesmo projeto – Parte 1

Dalmo Hernandes