A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Toyota Auris no Brasil, Niki Lauda em estado grave, a primeira F50 a venda e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas (ou não) do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Toyota Auris flagrado no Brasil – será um modelo híbrido?

Coioia

Esta foto aí acima, enviada pelos leitores Daniel e Rafael Mota, tem um ar meio europeu com estas casas de estilo enxaimel ao fundo, mas foi feita no Brasil, mais precisamente em Campos do Jordão/SP. Os hatches estão camuflados, mas o Toyota Corolla ao lado e a linha de cintura da dupla não deixam dúvidas de que se trata do atual Toyota Auris, a versão hatch do Corolla vendida na Europa e na Austrália. Uma foto deveras intrigante, afinal, o que a Toyota está fazendo com estes dois carros em Campos do Jordão justamente quando uma produtora de vídeos publicitários estava na cidade? Será o Auris a próxima investida da Toyota no Brasil?

A hipótese parece pouco provável, afinal, o segmento dos hatches médios está em franco declínio no Brasil depois do surgimento dos SUV compactos. Além disso, a Toyota já tem o Yaris em uma posição intermediária, brigando com Fiesta, Fit, Polo e Argo. Seria mais sensato lançar o crossover C-HR para disputar com o HR-V, EcoSport e afins do que um hatch médio para disputar as pouquíssimas vendas com o Golf e o Focus. Mas ligando alguns pontos divulgados nos últimos meses, chegamos a um palpite plausível.

abjnsflvnmd5rnvachcc

Veja só: em janeiro deste ano o amigo Gustavo Ruffo do KBB noticiou que a Toyota estava preparando novos modelos híbridos para atender o aumento da demanda. A marca japonesa já oferece o Prius, que é o lider entre os híbridos no Brasil, e seus números de vendas indicam claramente o aumento da demanda por esse tipo de carro. Mais tarde, em março deste ano, a revista Quatro Rodas apurou que a Toyota está planejando um Corolla híbrido para o Brasil, e mencionou que o novo Auris antecipa o Corolla híbrido nacional, embora tenha citado que o hatch está descartado por aqui. Agora, em julho, o programa Rota 2030 foi aprovado com novas regras para carros híbridos e elétricos.

2019_toyota_corolla_review_49

 

O que estamos tentando dizer, caros flatouters, é que talvez (talvez) o tal Corolla híbrido previsto para 2019 seja mesmo o Auris — que, afinal, é um Corolla, porém em forma de hatchback. Faz sentido agora? O Auris poderia ser uma opção híbrida mais acessível ao Prius, atualmente vendido por R$ 126.600. Seria uma forma de atender a demanda e ampliar ainda mais sua fatia do mercado — não apenas de híbridos, mas também potencialmente dos hatches médios. O argumento de venda seria algo como “preço e potência próximos de um Corolla, porém com metade do consumo”.

O Auris híbrido é oferecido na Europa com uma diferença média de 4.000 euros (cerca de R$ 17.000) para o Prius, e vem equipado com um motor 1.8 aspirado de ciclo Atkinson, combinado a um motor elétrico para produzir 136 cv. No Brasil, vale lembrar, a Toyota já produziu um protótipo do Prius com motor flex, capaz de rodar com etanol — o que melhora os níveis de emissões, apesar de aumentar sutilmente o consumo. Se nossa hipótese estiver correta, é possível que o Auris seja lançado durante o Salão do Automóvel, que acontece em novembro.

 

Honda Brio ganha nova geração – poderia vir ao Brasil?

ee0fb800-55fd-4f03-b6b9-b7d60c8cd547_1365x1024

A Honda revelou nesta quinta-feira (2) a nova geração do compacto Brio. O modelo segue as linhas do conceito RS, apresentado há alguns meses, ficando maior que sua geração anterior. O motivo? A Honda pretende fazer dele um carro global — o que significa que ele poderia vir para o Brasil.

Talvez você lembre que a Honda cogitou o lançamento de um modelo compacto, posicionado abaixo do Fit por aqui, porém acabou desistindo dos planos. Um dos principais motivos é que ele era pequeno demais para a demanda deste segmento, que tem nos compactos seu único carro para o dia-a-dia e para viagens em família. Agora, com a segunda geração, ele ganhou dimensões maiores para atender mais mercados, embora a Honda não tenha confirmado onde ele será oferecido. Até mesmo na Índia, onde ele já era vendido desde 2011, o lançamento ainda é uma incógnita. Na Indonésia ele é oferecido com o motor 1.2 de 90 cv e 1.3 i-VTEC de 100 cv, mas considerando que a Honda pretende lançar um motor turbo na próxima geração do Fit, ele poderia ser oferecido por aqui com os motores 1.3 e 1.5 como a primeira geração do Fit, fazendo frente ao Ford Ka e Hyundai HB20.

 

Niki Lauda é submetido a transplante de pulmão

Lauda

O piloto austríaco tricampeão de Fórmula 1 Niki Lauda está internado em estado grave no Hospital Geral de Viena, na Áustria, após ser submetido a um transplante de pulmão. Lauda, que tem 69 anos, desenvolveu uma forte gripe durante suas férias em Ibiza, na Espanha, e ao voltar para sua casa, em Viena, teve febre e tosse aguda.

O piloto então foi submetido ao tratamento intensivo devido à ação viral, e teve uma melhora inicial, porém o quadro se agravou e o transplante foi necessário nesta quinta-feira (2). Em entrevista à TV austríaca ORF, o médico responsável pelo transplante, Walter Klepetko, disse que a operação foi bem-sucedida e que Lauda está desenvolvendo-se muito bem. Contudo, Lauda continuará internado por um período pouco maior que o normal devido à sua idade avançada. O hospital também declarou que a família do piloto pediu privacidade e não fará comentários sobre seu estado de saúde.

Lauda já havia passado por outros dois transplantes, o primeiro em 1997, quando recebeu um rim de seu irmão, e o segundo em 2015, quando recebeu um segundo rim de sua atual esposa.

A primeira Ferrari F50 produzida está a venda

01a

O primeiro protótipo pré-produção da Ferrari F50, que foi usado na apresentação do carro no Salão de Genebra de 1995, está a venda em uma loja de Nova York. Além da apresentação na Suíça, o modelo foi usado nos testes finais em Fiorano com Niki Lauda, Gerhard Berger, Jean Alesi e Dario Benuzzi, e também em fotos de divulgação, além de ter sido a referência para modelos em escala e ilustrações tipo cutways.

04-edited

Como toda F50, ela é equipada com um V12 de 4,7 litros e 520 cv combinado ao câmbio manual de seis marchas. Mais impressionante que seus números e sua construção análoga ao dos carros de F1 (com o motor como componente estrutural) é sua quilometragem atual: nos últimos 23 anos o carro rodou apenas 2.253 km. O número, claro, foi registrado após os testes e eventos: depois de cumprir sua função na Ferrari, a F50 foi reconstruída e dada como presente a um concessionário europeu chamado Jaques Swaters, que ficou com ela até 2006. Foi quando a F50 acabou vendida a um colecionador americano da Califórnia, que a vendeu para o outro lado do país, onde ela se encontra atualmente.

16

O site do vendedor não indica o preço, mas mesmo que as F50 sejam as Ferrari clássicas menos valorizadas atualmente, ela não deve sair por menos de US$ 4 milhões, que pouco mais que o preço médio do modelo atualmente.

Ligier irá lançar esportivo de pista para comemorar os 50 anos da marca

d5e3a737-2018-ligier-car-0-768x416

A Ligier não é a primeira equipe que as pessoas lembram quando falamos do automobilismo clássico, mas, sem dúvida, foi uma das mais combativas nos 20 anos em que esteve na Fórmula 1 e em Le Mans. Agora, seguindo os passos de sua contemporânea Brabham, a marca francesa irá lançar um esportivo de pista para comemorar os 50 anos de sua fundação. O modelo foi divulgado em um teaser que não mostra muita coisa (pra variar), acompanhado de algumas informações técnicas.

O carro será exclusivo para as pistas e está homologado “de acordo com as regras FIA E II SH”, o que significa que ele terá menos de 780 kg e um motor com menos de 4.000 cm³ de deslocamento. Este motor será um V6 de 3,7 litros e 330 cv, que será combinado a um câmbio sequencial de seis marchas com trocas feitas por borboletas no volante. Além do motor, peso e potência, tudo o que se sabe é que ele irá custar 89.000 euros. A fabricante irá revelar o carro em setembro, pouco antes do Salão de Paris.

Matérias relacionadas

Renault anuncia recall do Kwid, Aston Martin mostra o novo Vantage com motor V8 AMG, Fusca deixa de ser vendido (de novo) no Brasil e mais!

Leonardo Contesini

BMW revela os novos Série 2 Gran Coupé, empresa cria V8 “elétrico” para muscle cars, a nova geração do Honda Fit e mais!

Encontramos um raro BMW 1M a venda – e com 470 cv!

Dalmo Hernandes