A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Toyota já divulga novo Corolla no Brasil, uma picape Tesla feita em casa, Aston quer recorde em Nürburgring e mais!

Bom dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco.

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

Toyota inicia campanha do novo Corolla no Brasil

A Toyota iniciou as campanhas do novo Corolla no Brasil com um hotsite para interessados no sedã se cadastrarem. A imagem do site confirma que o Corolla nacional terá o estilo do europeu, também é possível ver a logo da Toyota com sombra azul usada nos modelos híbridos. O Corolla europeu tem desenho mais conservador que o modelo vendido nos EUA, mais alinhado com as preferências dos compradores do carro no Brasil.

O Corolla Hybrid usa uma evolução do sistema usado no Prius, com motor 1.8 de ciclo Atkinson auxiliado por um motor elétrico, que em conjunto geram 122 cv. No Brasil o modelo híbrido será flex, o primeiro do tipo no mundo. Além da versão híbrida o Corolla contará com o novo motor 2.0 de injeção direta da família M20, que produz 170 cv no modelo americano e 180 cv no modelo europeu.

O cambio CVT também é novo, ele tem uma primeira marcha física para ajudar na arrancada e possui dez variações fixas para simular marchas. A nova transmissão manual de seis marchas com sincronização de rotações não deve vir, o Corolla parou de oferecer cambio manual no Brasil.

O Corolla será o primeiro Toyota com a plataforma TNGA fabricado no Brasil e ele marca o retorno da suspensão traseira independente no modelo. O lançamento do Corolla no Brasil está previsto para outubro, ele continuará sendo fabricado em Indaiatuba (SP). (ER)

 

Ford mostrará nova versão do GT em Goodwood

A Ford anunciou os carros que vai levar para o Goodwood Festival of Speed. Junto dos novos Mustang Shelby GT500 e Focus ST terá a apresentação de uma nova versão do Ford GT. A Ford apenas diz ser um anuncio especial sobre o GT, dado por Hermann Salenbauch, diretor de performance da Ford, e Larry Holt, chefe da Multimac.

Na silhueta presente no teaser é possível ver que a nova versão do GT conta com um grande aerofólio parecido com o usado na versão de corrida. Tudo indica que essa versão nova seja inspirado pelo modelo de competição, com alivio de peso e aerodinâmica mais apurado. A apresentação está marcada para 4 de julho. (ER)

 

Aston Martin irá levar o Valkyrie a Nürburgring

Depois de confirmar sua participação nas 24 Horas de Le Mans de 2021 com o Valkyrie, a Aston Martin agora anunciou que quer levar o hipercarro a Nürburgring para uma volta recordista. Durante uma entrevista ao site Car Sales, o chefe da fabricante, Andy Palmer, disse que apesar de não ter sido desenvolvido em Nürburgring, o Valkyrie seria “muito rápido” no circuito alemão.

“Na maioria dos casos uma volta em Nürburgring não é importante. Contudo, para alguns mercados, o tempo em Nürburgring é importante para provar a capacidade do supercarro. Não estamos desenvolvendo o carro para isso, mas vamos fazer uma volta no circuito”, disse ao site australiano.

Ele não menciona expressamente que deseja o recorde de Nürburgring, mas nos parece mais uma questão de polidez britânica. Se carros mais pesados, menos potentes e com aerodinâmica menos avançada que o Valkyrie completaram a volta na casa dos 6:40, nos parece lógico que o hipercarro britânico consiga um tempo muito inferior. Além disso, não faria sentido levar o carro ao circuito para pegar leve.

“Já sabemos que ele vai ser rápido pra c*****. Acho que poderíamos fazer algo legal, como aparecer em uma sessão aberta, algo louco assim”, completou.

Há cerca de um ano, Christian Horner, chefe da Red Bull Racing, que é parceira da Aston no projeto, disse que a versão de pista do Valkyrie poderia superar o tempo de 5:19,545 do Porsche 919 Hybrid Evo. (LC)

 

As Ferrari de Niki Lauda e Michael Schumacher na Fórmula 1 serão leiloadas

Dois monopostos da Ferrari serão leiloados ainda neste ano, em ocasiões diferentes. Em agosto, a Ferrari 312T de chassi nº 022, usada por Niki Lauda na temporada de 1975, será um dos lotes da Gooding & Company durante o Concours d’Elegance Pebble Beach, na Califórnia. Em dezembro, será a vez da Ferrari F2002 que Michael Schumacher pilotou em 2002. Ambos os carros são importantíssimos, pois ajudaram a conquistar títulos para seus respectivos pilotos.

O leilão da Ferrari de Niki Lauda acontecerá cerca de um mês da morte do piloto, que nos deixou em maio aos 70 anos de idade, após sofrer uma falha renal. Movida por um V12 de três litros e 490 cv, a Ferrari 312T 022 acompanhou Lada por boa parte da temporada de 1975, que trouxe seu primeiro título pela Scuderia – e quebrou um jejum de 11 anos para a equipe italiana. Lauda disputou cinco corridas com este carro em específico, conquistando pole positions em todas elas e subindo ao pódio três vezes, incluindo no GP da França disputado em Paul Ricard.

Será a primeira vez que este carro é vendido em um leilão – no ano passado, a 312T 022 marcou presença em Pebble Beach, porém apenas para exposição.

Já a Ferrari F2002 de Michael Schumacher será vendida durante o fim de semana do Grande Prêmio de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos. Com este carro, de chassi nº 219, o heptacampeão venceu três das 11 corridas que disputou em 2002 – os Grandes Prêmios da França, da Áustria de San Marino. Naquele ano, Michael Schumacher faturou o quinto de seus sete títulos.

A Ferrari F2002 é famosa pelo controverso episódio no GP da Áustria, no qual Rubens Barrichello, colega de equipe de Schumacher na época, recebeu ordens para reduzir a velocidade e deixar o alemão passar à sua frente, entregando-lhe a vitória. Mas ela também é conhecida por seu motor V10 de três litros e até 900 cv que era compacto, leve e com centro de gravidade muito baixo, conferindo ao monoposto excelente dinâmica.

A Ferrari 312T de Niki Lauda, de acordo com os cálculos da Gooding & Co., deverá ser arrematada por cerca de US$ 8 milhões – por volta de R$ 30,5 milhões em conversão direta. Já a RM Auctions, que cuidará do leilão da F2002  de Schumacher, ainda não revelou uma estimativa. (DH)

 

Youtuber transforma seu Tesla Model 3 em uma picape

A jovem youtuber Simone Giertz, dona de um Tesla Model 3, decidiu transformar seu carro em uma picape elétrica por conta própria. Ela fez um vídeo mostrando todo o processo e publicou em seu canal, onde geralmente posta vídeos de experiências com robótica, engenharia e mecânica.

O projeto, que começou há cerca de um ano, contou com a participação de outras pessoas: o mecânico Marcos Ramirez, o youtuber Richard Benoit, que mostra em seu canal projetos de modificação com carros usados da Tesla, e a projetista alemã Laura Kampf.

O resultado, batizado ‘Truckla” é literalmente um Model 3 com a parte posterior do teto cortada e uma caçamba no lugar dos bancos traseiros e do porta-malas.

O acabamento ficou bem feito, e Simone instalou na picape um rack de teto com faróis auxiliares da Hella para garantir um visual mais agressivo. De acordo com a Youtuber, houve alguns contratempos: após retirar o teto e o banco traseiro, o Model 3 não ligava – parte da proteção da Tesla contra modificações. Foi preciso “hackear” os sistemas do carro para que ele funcionasse corretamente. Além disso, foi necessário reforçar a parte traseira do carro para garantir que sua rigidez não fosse comprometida – algo comum em conversões “caseiras” de carros em picapes.

Simone diz em seu canal que seu projeto é jamais ter qualquer carro a combustão interna. Mas, como precisava de uma picape e Elon Musk ainda não lançou a Tesla Truck, ela decidiu fazer uma por conta própria. (DH)

 

Aston Valkyrie e DB5 também estarão no próximo filme de James Bond

Outra novidade da Aston Martin são os carros que estarão em “Bond 25”, o próximo filme de James Bond. Além do já confirmado V8 dos anos 1960, que estreou com Timothy Dalton em “The Living Daylights”, o agente secreto mais famoso do mundo irá usar seu clássico DB5 e o inédito Valhalla, contrariando as especulações que falavam no Rapide E.

As informações foram confirmadas nesta última quinta-feira (20), depois da visita do príncipe Charles ao set de filmagem, quando o V8 e o DB5 foram exibidos ao fundo das fotografias. Como a estreia de “Bond 25” está agendada para 3 de abril de 2020, isso significa que o Valhalla deve aparecer no Salão de Frankfurt deste ano ou no Salão de Genebra de 2020. (LC)

 

Pininfarina Battista nem foi lançado e já ganhou um facelift

A Pininfarina está preparando o lançamento de seu primeiro hipercarro elétrico, o Battista. Com quatro motores – um para cada roda – e potência equivalente a 1.900 cv, o Pininfarina Battista promete ser capaz de ir de zero a 100 km/h em menos de dois segundos, com máxima de pelo menos 350 km/h. E ele sequer chegou às ruas, mas já recebeu uma reestilização.

De acordo com a Pininfarina, a mudança no visual da versão apresentada no Salão de Genebra, em março deste ano, foi motivada por novos testes aerodinâmicos. As modificações são sutis, porém importantes: na dianteira, a fenda que ligava os faróis foi suprimida. Os respiros no capô tiveram o desenho alterado, ficando maiores e mais agressivos, e os retrovisores agora são outros.

O Battista foi apresentado no Salão de Turim – onde a Pininfarina aproveitou para reforçar que que ele terá 150 exemplares fabricados, com lançamento oficial previsto para o ano que vem. (DH)

Matérias relacionadas

Nós assistimos à estreia da segunda temporada de The Grand Tour e… gostamos!

Leonardo Contesini

Um Mitsubishi Evo preparado, uma perua francesa, um Civic com pimenta extra e mais novidades no GT40

Dalmo Hernandes

Toyota apresenta nova geração do RAV4, Jaguar F-Pace agora tem 550 cv e um V8 supercharged, BMW M5 terá pacote Competition e mais!

Leonardo Contesini