A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Toyota Rav4 vai mal no teste do alce, Volkswagen Tarek em testes, novos elétricos da JAC e mais!

Bom dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco.

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

Toyota Rav4 fracassa no teste do alce

Depois da Hilux, agora foi o Toyota Rav 4 que se deu mal no teste do alce da revista sueca Teknikens Värld. De acordo com a publicação, o modelo não conseguiu fazer o desvio emergencial de forma segura porque o controle de tração atuou tarde demais, o que permitiu um sobre-esterço difícil de controlar e também o levantamento sutil de duas rodas.

A revista testou o modelo a gasolina e o modelo híbrido, ambos com o mesmo resultado, atingindo, no máximo, 68 km/h enquanto os concorrentes conseguiram a aprovação em velocidades superiores.

“O RAV4 teve uma reação rápida da dianteira quando fizemos o primeiro desvio. Quando retornamos ele escapa e fica em duas rodas. Mais uma vez a Toyota lançou um produto que fracassou no teste do alce”, diz o jornalista Linus Pröjtz.

O modelo foi comparado ao Kia Sorento e ao Nissan Qashqai, que obteve a melhor marca da história do teste, completando o desvio em segurança a 84 km/h. O Kia não se saiu tão bem, mas conseguiu o desvio a 78 km/h.

Além do fracasso da Toyota Hilux em 2016, mencionado no vídeo, a Toyota também teve problemas em 2007 com a mesma picape. A Toyota respondeu ao teste dizendo que desde 2016 atualizou seu processo de testes e que atende a todos os padrões de desvio de obstáculos, incluindo o teste do alce da Teknikens Värld. (LC)

 

Volkswagen Tarek é flagrado em testes no Brasil

Os leitores Edgard de Siqueira e Rodrigo Andrade flagraram, em diferentes ocasiões, protótipos do Volkswagen Tarek em testes com poucos disfarces. O SUV de porte médio vai chegar ao Brasil com a missão de concorrer com o Compass, líder de vendas na categoria. A versão vendida no Brasil do Tarek será levemente diferente da versão chinesa, que se chama Tharu, perdendo alguns detalhes cromados para adequar ao gosto latino-americano.

A produção do Tarek foi confirmada na Argentina, mas atrasos na fábrica de General Pacheco atrasaram a produção lá para 2021. Entretanto o SUV também será feito no México a partir de 2020 e o Brasil deve receber o carro de lá, gozando da isenção de imposto de importação devido ao acordo comercial entre Brasil e México.

O Tarek deverá chegar com preços entre os do T-Cros e do Tiguan, equipado com motor 1.4 TSI e câmbio automático de seis marchas. Ao contrário do concorrente Compass, o Tarek não deverá vir com motor diesel ou opção de tração integral. (ER)

Um evento de clássicos no traçado antigo de Interlagos

Anote aí na agenda: no próximo dia 28 de setembro a Garagem 95 irá organizar a terceira edição de seu evento “Histórias de um Templo – Interlagos”, que irá reunir carros clássicos e modernos em um passeio pelo traçado antigo de Interlagos.

Esta é uma oportunidade rara de refazer o traçado antigo de carro (incluindo o lendário anel externo), pois o autódromo estará reservado exclusivamente para o evento — será possível, por exemplo, estacionar o carro e observar o traçado em perspectiva. Além do passeio pela pista antiga, o evento terá palestras (Jan Balder já está confirmado), exibição de vídeos do circuito, exposição de miniaturas, mercado de pulgas e food trucks.

O evento, apesar de ser focado nos clássicos, é aberto para carros de qualquer ano de fabricação, as vagas são limitadas e não haverá venda de ingressos no dia do evento. O valor da entrada é R$ 75 por pessoa e menores de 13 anos não pagam.

Para garantir seu ingresso acesse este link ou escreva para [email protected] informações estão disponíveis no facebook da Garagem 95 ou pelo WhatsApp (11) 94554-8292. (LC)

 

JAC anuncia quatro novos carros elétricos para o Brasil

A JAC está apostando firme no crescimento dos carros elétricos no Brasil, tanto que anunciou nada menos que quatro novos modelos sem motor a combustão interna: um compacto, três SUVs e até uma picape. Todos eles deverão começar a ser vendidos nos próximos meses, com preços entre R$ 119.900 e R$ 229.900.

O compacto é o iEV 20, que é derivado do pequeno J2, mas é considerado um “SUV de entrada” pela JAC. Custando R$ 119.900, ele será o elétrico mais barato do Brasil – posição que, atualmente, é ocupada pelo Renault Zoe, de R$ 149.990. O iEV 20 tem uma bateria de 41 kWh, capaz de proporcionar 320 km de autonomia com uma carga.

Os SUVs são o iEV 40 e o iEV 60. O primeiro, previsto para chegar às lojas ainda neste mês, é um modelo médio, com bateria de 40 kWh e autonomia de 300 km, custando R$ 153.500. Já o iEV 60 é maior e mais caro, custando R$ 229.900 – por isso, a JAC só deverá começar a comercializá-lo em meados de 2020, possivelmente julho. O iEV60 tem uma bateria de 63 kWh e tem autonomia de 380 km.

Por fim, haverá a picape iEV 330P, que custará o mesmo que o iEV 60 e, com uma bateria de 63 kWh, oferecerá autonomia de 320 km. Ela deve ser lançada um pouco antes do SUV grande, em abril de 2020.

Fora estes modelos, a JAC também vai começar a vender o caminhão elétrico iET 1200T. Voltado para uso em cidades, ele terá uma bateria de 97 kWh para entregar 200 km de autonomia. Seu lançamento está marcado para dezembro de 2019, custando a partir de R$ 259.900. (DH)

 

Elon Musk diz que o motor Plaid chegará ao Model S em 2020

Com a notícia do suposto recorde da Tesla o CEO Elon Musk fez mais um de seus Tweets com planos futuros para a marca. Segundo o executivo a mecânica Plaid vai entrar em produção no Model S em outubro ou novembro de 2020. Ele espera que a versão de produção seja ainda mais rápida que a mula de testes.

A outra informação revelada é sobre a versão de sete lugares: o Model S já oferece um par de bancos para crianças no portamalas de seu elétrico, a nova versão acomodará pessoas maiores nesses bancos extra.

Ainda sobre Nurburgring, Elon Musk tuitou que o futuro Tesla Roadster quebrará todos os recordes da pista e que o Model 3 ganharia do Taycan em múltiplas voltas por ter maior autonomia. Agora precisamos esperar para ver se as promessas serão cumpridas nesse novo capitulo da guerra dos elétricos. (ER)

 

Preços do Fiat Argo sofrem reajuste e aumentam em até R$ 1.000

A Fiat fez um reajuste nos preços da linha Argo, mas sem mexer nos pacotes de equipamentos e mecânica do hatch compacto. Os preços subiram de R$ 400 a R$ 1.000 dependendo da versão, apenas a topo de linha HGT permaneceu com o mesmo preço.

Com o reajuste o Argo parte de R$ 49.590 na versão 1.0, que recebeu acréscimo de R$ 600. As versões Drive 1.0 e Drive 1.0 receberam acréscimos de R$ 900, subindo para R$ 53.590 e  R$ 54.590 respectivamente. A versão aventureira Trekking e a Drive 1.3 com cambio automatizado GSR receberam acréscimo de R$ 1.000, indo para R$ 59.990 e R$ 62.790 respectivamente. Já a versão Precision 1.8 recebeu acréscimo de R$ 400, passando a custar R$ 63.990. (ER)

 

Golf GTE Mk8 terá versões de 204 cv e 245 cv

Enquanto a oitava geração do Golf não é revelada – o lançamento, como já sabemos, está marcado para outubro –, lentamente vamos obtendo mais detalhes a seu respeito. Agora, os britânicos da Autocar dizem que o Golf GTE, sua versão esportiva híbrida, terá dois níveis de potência.

De acordo com a publicação, Frank Welsch, membro do departamento de pesquisa e desenvolvimento, disse que o parâmetro é o Golf GTI atual. “O Golf GTI de hoje em dia tem 245 cv, então o GTE também deverá ter 245 cv, para poder ser considerado um GTE”, disse Welsch. “Mas também há algumas pessoas que só querem continuar com um híbrido plug-in igual ao que elas têm hoje, e é por isso que também teremos uma versão de 204 cv. Ele vem sem o acabamento do GTE, e tem a aparência de um Golf normal”, completou.

Vale lembrar que o Golf Mk8 terá uma versão híbrida, mas não uma puramente elétrica – este nicho, para a VW, deve ser ocupado apenas pelo recém-revelado ID.3. (DH)

 

ATS Automobili retorna com um supercarro de competição

Você conhece a ATS Automobili? Trata-se de uma fabricante que ganhou notoriedade por fabricar o primeiro carro italiano de motor central-traseiro, o ATS 2500 GT, que foi apresentado em 1963 e teve apenas 12 exemplares fabricados até 1965, quando a fabricante foi à falência por falta de investidores.

A empresa voltou à ativa em 2014, anunciando um novo modelo chamado ATS GT, feito com base no McLaren 12C – que, como o carro dos anos 60, terá 12 unidades fabricadas. Agora, a fabricante revelou um carro de competição desenvolvido totalmente in-house: o ATS RR Turbo.

O cupê é feito a partir de um monocoque de fibra de carbono com subchassis de alumínio. Com isto, pesa apenas 780 kg – contando com gaiola de proteção completa, sistema integrado de supressão de incêndio e suspensão ajustável eletronicamente.

O motor é um quatro-cilindros Honda de dois litros, com turbo, 600 cv e 53,9 kgfm de torque, acoplado a uma caixa sequencial de seis marchas. A força vai para as rodas traseiras, através de um diferencial de deslizamento limitado.

A ATS ainda não dá números de aceleração e velocidade máxima, mas garante que o RR Turbo está de acordo com boa parte das competições sancionadas pela FIA – o que pode indicar uma futura versão de homologação para as ruas. (DH)

Matérias relacionadas

Os bancos esportivos mais legais da indústria automotiva, parte 2

Dalmo Hernandes

If in doubt, flat out: a brilhante trajetória do lendário Colin McRae | Lendas do WRC

Dalmo Hernandes

Pedágios mais caros em rodovias federais, Golf SportWagen desembarca no Brasil, Shelby GT350 na pista, um Peugeot de 500 cv e mais!

Leonardo Contesini