Truenos: o que esperar do “Velozes e Furiosos paraguaio”?

Dalmo Hernandes 3 janeiro, 2017 0
<i>Truenos</i>: o que esperar do “Velozes e Furiosos paraguaio”?

Já faz tempo que nos referimos a produtos falsificados, de origem duvidosa ou defeituosa como sendo “do Paraguai”, mesmo que sejam produtos que foram fabricados na China ou em Taiwan. É por isso que o fato de existir um filme sobre corridas de rua feito no Paraguai é quase uma piada pronta – um remake paraguaio de “Velozes e Furiosos”? Hilário!

Esta foi a primeira impressão que você teve, pode confessar – também foi assim aqui no FlatOut. Mas os produtores de Truenos (“trovões” em espanhol) prometem mais do que isto. Será que vai rolar?

Vamos dar uma contextualizada nas coisas. Truenos é o primeiro filme de corrida paraguaio, e conseguiu destaque em meados de 2014, quando o primeiro teaser trailer foi divulgado. A previsão era que o filme estreasse em junho de 2015, mas isto não aconteceu.

Agora, a data de estreia foi remarcada para o próximo dia 19 de janeiro. Mas o que a gente pode esperar, de verdade, de Truenos?

O diretor do filme se chama Mario Goia, e ele também fundou a companhia responsável pela produção, escreveu o roteiro e conseguiu patrocinadores. No total, foram investidos US$ 70 mil – sim, é um orçamento bastante baixo para o que tem sido chamado de “super produção” na mídia paraguaia. Por outro lado, a quantia fica bem mais impressionante quando convertida para guaranis, a moeda do Paraguai: 402 milhões.

truenos-pelicula-paraguaya

Goia, contudo, diz que o filme é mais que uma cópia barata de “Velozes e Furiosos”. Para começar, embora as corridas de rua estejam presentes (e por mais que o material promocional de Truenos mostre um Evo tunado que parece ter vindo direto de 2001), o mote são as competições de arrancada em 1/8 de milha.

Truenos conta a história do jovem mecânico e preparador Maxi Silva, que sonha desde criança a participar da “Copa Truenos” e, quando finalmente consegue um lugar em uma equipe de ponta, precisa enfrentar o arrogante Rodrigo Spinoglio, que busca o tricampeonato e é um dos favoritos ao título. Ou ao menos foi isto o que entendemos a partir das poucas informações a respeito do enredo que se encontra na Internet.

A julgar pelos dois primeiros trailers (que nem parecem ser do mesmo filme, dada a quantidade de personagens diferentes entre ambos), a produção é caprichada na medida do possível – com destaque para o áudio, que valoriza bastante os roncos dos carros.

Falando nos carros, é através deles que vemos que Goia é realmente um entusiasta. O jovem diretor, de apenas 33 anos, se diz fã doente de Ayrton Senna – tanto que seu filho se chama Ayrton e o sobrenome Silva foi dado ao protagonista – e acompanha a cultura automotiva mundial desde sempre. Dá para notar, por exemplo, que o pano de fundo da película são as arrancadas, mas que a influência da cena JDM também é bastante forte: logo nas primeiras cenas do trailer, vemos uma reunião de Subaru Impreza WRX, um Supra, o já citado Evo VIII e um Skyline.

0003476500

Com o orçamento limitado, a solução foi evitar nomes consagrados (até porque, bem, você conhece algum ator consagrado paraguaio?) e investir em rostos novos para o elenco. Nota-se, pelo trailer, uma certa atuação de novela mexicana que pode tornar mais difícil levar Truenos a sério. Por outro lado, a falta de grana também levou o estúdio a adotar um estilo de produção mais parecido com o de um documentário, com uma pitada daqueles vídeos feitos pela comunidade entusiasta no Youtube. Uma estética no mínimo interessante.

Sendo assim, podemos esperar uma história meio capenga, cheia de clichês, e atuações um tanto forçadas. Mas, de acordo com Goia, também podemos esperar bastante autenticidade. O diretor já declarou à imprensa local que criar cenas convincentes foi uma prioridade, sem abusar de efeitos especiais computadorizados, e que tudo o que for visto na telona foi realmente executado pelos carros. E a seleção de carros também parece ser muito bacana, o que já nos dá um motivo para querer conferir.

una-momento-del-rodaje-truenos-una-locacion-particular-foto-gentileza

Tem até um Maveco!

Não fica claro se Truenos também será lançado nos cinemas do Brasil mas, pela movimentação nas redes sociais, a estreia parece bastante aguardada no Paraguai. Vamos acompanhar.